• Pr. Henrique Lino da Silva

Testamentos

“Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer.” (Mateus 12:1)

São muitos os que querem ainda viver a antiga lei; muitas religiões e seitas tentam fazer crer que ainda se aplica o Velho Testamento, creio que a maioria, por não conhecer as Escrituras, se confunde, porém outros assim fazem por conveniência, como algumas seitas. As pessoas têm que entender que não existem dois testamentos, pois, quando se faz um segundo, o primeiro torna-se inválido, portanto, sabemos que vivemos no Novo Testamento, vivemos na Graça, vivemos em Jesus Cristo, e somente o que Ele fala é que vale, o resto já passou, com Cristo tudo se fez novo. A lei de Moisés valeu até a vinda de Cristo, foi somente um aio que conduzia a Cristo, portanto, como o Senhor mesmo afirmou, a lei e os profetas vigoraram até a vinda de Jesus. São muitas as pessoas que entendem que não devem comer isso ou aquilo, que não devem comer carne de porco ou de outro animal, porque Moisés proibiu. Outras teimam em guardar o sábado, e vejo isto de maneira conveniente, pois não querem trabalhar nos sábados, mas, em compensação, fazem todo o resto, como passear, ir a restaurantes. Vemos no versículo citado quando os discípulos de Jesus, com fome, passaram perto de uma plantação e, apesar de ser sábado e de estarem com fome, apanharam grãos e comeram. Jesus não os criticou ou lhes chamou a atenção. “E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado.” (Mateus 12:2). Talvez por desconhecerem o Messias, Jesus Cristo, ou por não aceitarem, concordarem, os religiosos da época entenderam de criticar os discípulos, e questionaram Jesus. Sabemos que quem exerce o papel de acusador é o diabo, e ele começou acusando Jesus, ou tentando, e agora vemos ele novamente tentando acusar Jesus pelo fato de os seus discípulos estarem comendo, ou melhor, colhendo espigas em um dia de sábado. Assim também encontramos pessoas e seitas que teimam em fazer a mesma coisa, pois entendem que todos deveriam no dia de sábado nada fazer, deveriam ficar inertes, mas temos que compreender o que Jesus fala, devemos ouvi-lo, e não mais Moisés ou os profetas. Deus Pai, no monte da transfiguração, deixou bem claro que devemos ouvir Jesus, e não Moisés ou os profetas, portanto temos que ouvir o que Ele diz a respeito do sábado. “Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem aos que com ele estavam, mas só aos sacerdotes? Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?” (Mateus 12:3-5). Jesus responde de maneira retroativa, ou seja, primeiro mostra que mesmo em pleno vigor da lei de Moisés as pessoas na hora da necessidade violaram essa exigência, e nem por isto foram punidas. Como exemplo, o Senhor cita Davi, que, fugindo de Saul, foi ao templo e recebeu pães do sacerdote para ele e para os seus companheiros, quando não podiam em hipótese alguma comer, a não ser os próprios sacerdotes. Também mostrou a maneira como os próprios sacerdotes desrespeitavam a própria lei pela qual eles deveriam zelar, a qual deveriam ensinar e viver. Jesus mostra o erro deles, e só depois então traz para o momento a resposta, deixando bem claro que Ele é o Senhor e não proíbe nenhuma atividade nos sábados, uma vez que eles já fazem isso, apesar de tentarem parecer que não. “Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo. Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes. Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor.” (Mateus 12:6-8). Jesus então se identifica e fala abertamente que Ele é o Senhor, pois diz que é maior do que o templo; fala que o Senhor deseja misericórdias e não sacrifícios. Com certeza, seria um sacrifício para as pessoas nos dias de sábado não poderem fazer nada, já que estariam pecando, e muitas vezes torna-se necessário fazer as coisas aos sábados. Como seria se uma pessoa ficasse doente? Não poderiam levá-la ao médico, porque isso seria uma ação, e o médico não poderia atendê-la, já que também não poderia fazer nada. Isto é só um exemplo, porque Jesus está falando de sacrifícios ao não se fazer nada em um dia especial, e Ele fala que é o Senhor dos sábados. As pessoas, os religiosos condenam os inocentes do Senhor, ao afirmarem que não devem fazer nada aos sábados e quem os faz está em pecado, o que é engano, ou melhor, mentira, porque o Senhor deixou bem claro que Ele é o Senhor dos sábados. Um dos motivos, ou melhor, das desculpas que acharam para acusar Jesus foi de Ele operar milagres aos sábados. Jesus trabalhava em dias de sábado, que Ele tratava como um dia normal, portanto, nós devemos fazer o mesmo. “E, partindo dali, chegou à sinagoga deles. E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados? E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que tendo uma ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não lançará mão dela, e a levantará? Pois, quanto mais vale um homem do que uma ovelha? É, por consequência, lícito fazer bem nos sábados. Então disse àquele homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e ficou sã como a outra. E os fariseus, tendo saído, formaram conselho contra Ele, para o matarem.” (Mateus 12:9-14). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram