• Pr. Henrique Lino da Silva

Segundo a Promessa

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus, a Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da de Cristo Jesus, Senhor nosso.” (2 Timóteo 1:1-2)

O apóstolo Paulo sempre iniciava as suas cartas se identificando, dizendo quem ele era e o que fazia, mas em tudo mostrava que era chamado por Cristo e que estava a serviço do Reino. Logo em seguida, deixava claro a quem estava sendo dirigida a carta, como neste caso a Timóteo, a quem considerava como filho na fé, para quem se levantou como um pastor e lhe deu uma série de ensinamentos. Além de se identificar, ele fazia questão de cumprimentar com a saudação que Jesus ensinou, Paulo saúda desejando paz da parte de Deus e do nosso Senhor Jesus Cristo. Muito bem, se analisarmos as cartas, o comportamento desse abnegado servo do Senhor, sabemos então como devemos nos conduzir se formos realmente seguidores de Cristo, assim como ele era. Temos que ter orgulho de nos apresentar como homens e mulheres de Deus se realmente formos, temos que saudar as pessoas como Cristo nos mandou desejando a paz Dele a todos. O problema é que muitas pessoas que se dizem evangélicas são conscientes de que vivem em erros e pecados, e por tal motivo não podem se identificar como uma pessoa verdadeira, seguidora de Cristo. Na verdade, ela se sente incomodada, com vergonha, e são muitas as que têm vergonha do Senhor, porque, quando temos vergonha de nos identificar como cristãos, estamos tendo vergonha de Cristo. “Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados sirvo com uma consciência pura, de que sem cessar faço memória de ti nas minhas orações noite e dia.” (2 Timóteo 1:3). Será que buscamos sempre servir ao Senhor ou estamos buscando-o para que Ele nos sirva, nos abençoe, nos dê coisas? Porque o correto é termos a tranquilidade de o buscarmos por Ele ser Deus e estarmos dispostos a servi-lo sempre e o servimos quando vivemos de acordo com a sua Palavra, quando vivemos e pregamos o Evangelho, e principalmente temos que sempre estar orando, intercedendo pelas pessoas. Assim como Jesus orava, intercedia, clamava por cada um dos seus, também devemos fazer, temos que ter uma consciência tranquila e orarmos pelas pessoas. “Desejando muito ver-te, lembrando-me das tuas lágrimas, para me encher de gozo; trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti.” (2 Timóteo 1:4-5). Paulo diz que está com saudades de Timóteo, que deseja muito vê-lo o mais breve possível, que se lembra das lágrimas quando partiu; Timóteo na despedida estava emocionado e derramou lágrimas. Paulo lembra também da fé legítima e verdadeira de Timóteo, lembra da sua família, como da avó, que era uma mulher de fé, e da mãe dele também. Assim nós, os que nos identificamos como cristãos, devemos proceder lembrando-nos dos nossos irmãos, orarmos por eles para que permaneçam firmes na fé; se necessário, se forem pessoas que têm parentes cristãos, devemos nos lembrar deles, para que continuem firmes na presença do Senhor. Temos que compreender que ser cristão é viver para atender à vontade do Senhor, e a vontade Dele é que oremos, intercedamos por todos, que exortemos as pessoas a permanecerem firmes em Cristo, vivendo na prática do Evangelho de Jesus Cristo, para que possam alcançar a salvação Nele. “Por cujo motivo te lembro que despertes o dom de Deus que existe em ti pela imposição das minhas mãos. Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.” (2 Timóteo 1:6-7). Paulo tinha orado com imposição de mãos sobre Timóteo, e agora manda que ele se lembre disso e saiba que tem o Espírito de Deus e o considera um verdadeiro homem de Deus, ou seja, destemido, uma vez que todos os que servem o Senhor não podem ter medo de nada, a não ser do próprio Senhor. Tememos somente ao Senhor, porque somos conscientes de que só Ele tem Todo o Poder, e nada acontece sem a sua vontade ou permissão. Essa recomendação de Paulo não é só para Timóteo, mas para todos nós, porque, se agirmos segundo essas orientações, sabemos que estamos servindo ao Senhor. Não basta sabermos que temos o Espírito de Deus, é necessário agirmos em conformidade com o dom que Deus nos deu, temos que ser pessoas destemidas, temos que pregar o Evangelho em todo o tempo e fora do tempo, temos que ser o Evangelho de Jesus Cristo, as pessoas têm que enxergar em nós Jesus, têm que ler em nós o Evangelho. “Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do Evangelho segundo o poder de Deus.” (2 Timóteo 1:8). Não podemos ter vergonha de estarmos passando por lutas ou dificuldades, não podemos deixar que alguma batalha ou luta seja motivo para não pregarmos o Evangelho, porque temos que saber que o Evangelho não promete conforto ou luxo, mas sim Salvação. Portanto, jamais podemos nos envergonhar de qualquer coisa a não o pecado, porque isto sim é vergonhoso, mas todo o resto é motivo para enaltecer e glorificarmos o Nome do Senhor. “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e Graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos.” (2 Timóteo 1:9). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram