• Pr. Henrique Lino da Silva

Os ressuscitados

“Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.” (Colossenses 3:1)

Se realmente nos convertemos a Cristo, se realmente entregamos as nossas vidas para o Senhor, temos que entender o que é uma entrega, porque as pessoas estão dizendo que entregaram as suas vidas para Cristo, mas continuam com o domínio delas, pois fazem as suas vontades e não a de Cristo, continuam desobedecendo ao Senhor, não ouvindo o que Ele fala através do seu Evangelho, que na verdade é Ele mesmo. Muitos estão tomando banho dizendo que estão se batizando, dizendo que estão sepultando o velho homem, a velha mulher para renascer em Cristo, só que não vemos esse renascimento, não vemos a mudança. Continuam com os velhos hábitos, com as mesmas práticas, continuam com os mesmos desejos e agindo de maneira carnal, só acrescentaram em seus vocabulários citações bíblicas, e o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém). Se entregamos as nossas vidas para Cristo, devemos viver para Ele, devemos nos preocupar exclusivamente em obedecer-lhe, em viver segundo os seus preceitos, segundo as suas ordenanças, não mais nos permitir atender as nossas vontades sabendo que são contrárias à Palavra de Deus. Entregar a vida para Cristo é fazer morrer as nossas carnes, é nos sepultar; e nascermos em Cristo é viver para Cristo, isto é, viver sob as suas ordenanças. É viver exclusivamente pensando nas coisas do alto, pensando no Reino, pensando em Jesus, e não nas coisas materiais ou físicas, sabendo que aqui o Senhor está cuidando de nós, porque, quando falamos que somos de Cristo, que entregamos as nossas vidas a Ele, mas continuamos fazendo as nossas vontades, agindo pela emoção, na carne, com certeza não somos verdadeiros, mas hipócritas, mentirosos e religiosos, e se realmente não houver uma conversão urgente, com certeza iremos padecer por toda a eternidade. “Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.” (Colossenses 3:2-3). Temos que nos julgar mortos para o mundo, para as coisas do mundo, para os prazeres do mundo e viver pensando na alegria e felicidade que temos e teremos em Cristo. Temos de nos julgar mortos para o mundo, ou seja, saber que nada que possam nos oferecer aqui pode causar qualquer reação, uma vez que estamos mortos. Mas sempre nos alegrar em Cristo, pois Nele estamos vivos, Nele temos vida. “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em Glória.” (Colossenses 3:4). Nossa alegria, nossa glória está em Cristo, e, quando Ele se manifestar, então nós também nos manifestaremos com Ele. Assim sabemos que aqui é somente o lugar de peregrinarmos, não é para reinarmos aqui e nem esperar grandes coisas, uma vez que somos mortos para tudo isso. Não podemos estar agindo como os religiosos, os que não conhecem Cristo, que vivem pedindo bênçãos, milagres, sinais, prosperidades e bem-estar aqui, porque a nossa herança, a nossa recompensa está em Cristo, aqui devemos caminhar, peregrinar em direção a ela. Somos espirituais, não podemos ser carnais, pois a carne não herdará o Reino, temos que mortificar a nossa carne, ou seja, matá-la, para podermos ressuscitar em novidade de vida. “Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; Nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas.”(Colossenses 3:5-7). Temos de mortificar a nossa carne, isto é, não permitir que o sexo tome lugar em nossas vidas, saber que sexo é um direito exclusivo dos casados, e que uma pessoa casada não pode sequer olhar com olhos de desejos para outra pessoa, a não ser o seu cônjuge. Não podemos em hipótese alguma viver para ganhar e juntar dinheiro, pois isso é avareza, e não iremos levar nada daqui, não podemos esquecer que os avarentos não herdarão o Reino de Deus. Não podemos adorar qualquer coisa ou pessoa, não podemos adorar ninguém, nem filhos ou pais, devemos amá-los somente e respeitá-los. O único a quem adoramos é o Senhor, pois Ele é o nosso Deus, nosso Criador, Ele é tudo. Quando agimos atendendo a nossos desejos, aos conselhos e orientação do mundo, receberemos a ira de Deus, que se manifesta de maneira que a maioria das pessoas não entendem ou percebem, mas é assim que cada vez mais elas se afundam em seus pecados para serem dignas e merecedoras de sofrimentos, desonra e morte eterna. No passado agíamos assim, mas hoje, conhecendo Cristo, se entregamos as nossas vidas para Ele, sabemos que não podemos agir assim, não podemos mais ser carnais. “Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos.” (Colossenses 3:8-11). Se morremos em Cristo, se entregamos as nossas vidas para Ele, então vivemos segundo a sua vontade, portanto, abandonamos todas essas práticas que no passado eram comuns em nossas vidas e que para o mundo são normais. Se realmente entregamos as nossas vidas a Cristo, somos seus seguidores e procuramos viver assim como Ele viveu. Então, antes de falar que entregamos as nossas vidas a Cristo, vamos nos examinar para ver se não estamos mentindo. “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.” (Colossenses 3:12-15). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram