• Pr. Henrique Lino da Silva

A unica Verdade que liberta



“Jesus dizia, pois, aos judeus que criam Nele: Se vós permanecerdes na minha Palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará.” (João 8:31-32)           Jesus falava para os judeus, para os israelitas que acreditavam Nele, para os que sabiam que Ele era o Filho de Deus. Temos que observar que Jesus não está falando para todos, somente para os que acreditavam Nele, por isso, quando Ele diz: “não fostes vós que escolhestes, mas eu vos escolhi para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça”. Ele está citando de maneira clara que as pessoas que são convertidas, as pessoas que acreditam Nele são as que foram escolhidas por Ele. E as que não têm fé, as que não acreditam Nele são as que nunca entendem, compreendem a Palavra de Deus, são as pessoas que não conseguem obedecer-lhe e, portanto, o Senhor não lhes manda obedecer a sua Palavra, porque os que são chamados são compungidos a obedecer-lhe, a permanecer no Evangelho, porque o Espírito Santo é quem convence. Os que são chamados têm medo de pecar, não querem sair da presença do Senhor, porque sabem quem é o Filho de Deus, e Ele sempre estará alertando, exortando, para que não saiam da sua presença, para que não saiam do seu Evangelho. Quando permanecemos na Palavra de Cristo, somos os seus discípulos e, consequentemente, conhecemos Jesus, que é a Verdade, e Ele nos libertará do jugo do pecado e teremos vida em abundância, teremos vida eterna. Quando temos um coração endurecido, quando somos materialistas, quando não abrimos mão das coisas do mundo, não conseguimos acreditar em Jesus e, portanto, não conseguimos obedecer-lhe, e assim não somos os seus discípulos, mas no máximo pessoas religiosas que praticam alguns rituais que para nada servem. Mas os que têm um coração aberto para Ele, os que têm sede e fome da sua Palavra, os que querem ter vida, os que sabem que Jesus Cristo é o Filho de Deus sempre estarão recebendo palavras de conforto e de ânimo do Senhor. Quem é discípulo segue o Mestre, quer agir da mesma maneira, quer obedecer, quer seguir em frente junto com Ele, assim são praticantes da sua Palavra e ouvem a voz do Mestre. Portanto, sabemos que quem ouve Jesus falando são somente os que creem Nele, os que acreditam em sua Palavra, os que creem no seu Evangelho, os que sabem que Ele é a Verdade plena e absoluta, e que fora Dele não há nada. “Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. Ora o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre.” (João 8:33-35). Quando Jesus fala que somente os seus discípulos é que serão livres, libertos, que somente quem crê Nele é que alcançará a libertação através Deles, as pessoas não aceitam, não concordam e dizem que já são libertas. Elas acham que Jesus é uma figura abstrata, que é extremamente bonzinho, que concorda com o pecado e o tolera em prol da felicidade e alegria das pessoas. Não percebem que estão em erro, elas teimam em citar o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) e acham que com isso estão demonstrando amor a Ele. Vemos as pessoas nos vícios, nos pecados e teimosia, e acham que são livres, não percebem que estão presas no laço do diabo, não percebem que estão prisioneiras nas trevas. Todos gostam de se identificar como filhos de Deus, todos dizem que amam Deus, mas não percebem que são somente feituras, criaturas de Deus, porque filhos são somente aqueles que obedecem, que praticam as suas ordenanças, são somente os que creem em Jesus Cristo e sabem que Ele é o Filho de Deus, e quem assim crê sabe que tem que obedecer, tem que praticar a sua Palavra, porque é a única maneira de demonstrar amor a Ele. Todos os que vivem na prática do pecado são servos do pecado, todos os que vivem em desobediência à Palavra de Deus são servos, estão a serviço das trevas, e com certeza essas trevas os engolirão. O servo, o empregado, o escravo não fica sempre na casa, não fica na presença do Senhor, porque será despedido, será enviado para longe, pois não é filho, e a herança é dos filhos, não de servos ou de empregados, e muito menos de escravos. Portanto, temos que procurar ser sempre filhos de Deus e sermos libertos por Jesus do jugo da servidão. “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8:36). O único que pode e tem Poder para nos libertar é Jesus, e, quando Ele nos liberta, somos livres para sempre. Mas quando percebemos que alguém que se diz liberto vive nas práticas do pecado, do erro, então sabemos que essa pessoa não foi liberta por Jesus, no máximo é somente uma religiosa. As pessoas têm o hábito de afirmar que Jesus está falando de libertação física, mas o que Ele nos ensina é espiritual, pois, se continuarmos em práticas erradas, estamos presos espiritualmente ao adversário das nossas almas e, portanto, a única coisa que teremos é a morte eterna. Sejamos libertos por Jesus, sejamos livres por Ele, aceitemos o seu chamado, e, principalmente, vamos ouvir a sua voz e seguirmos as suas pegadas; abandonemos os pecados, as rebeldias, abandonemos este mundo infame que jaz no maligno, pois só assim demonstraremos que somos libertos por Ele. “Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me, porque a minha Palavra não entra em vós. Eu falo do que vi junto de meu Pai, e vós fazeis o que também vistes junto de vosso pai. Responderam, e disseram-lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão. Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus tem ouvido; Abraão não fez isto. Vós fazeis as obras de vosso pai. Disseram-lhe, pois: Nós não somos nascidos de fornicação; temos um Pai, que é Deus. Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas Ele me enviou. Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha Palavra. Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. Mas, porque vos digo a verdade, não me credes. Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes? Quem é de Deus escuta as Palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.” (João 8:37-47). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço. Pr. Henrique Lino Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

15 visualizações

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram