top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Viver o Evangelho



“Pelo que, tendo este ministério, assim como já alcançamos misericórdia, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas, que são vergonhosas, não andando com astúcia, nem adulterando a Palavra de Deus; mas, pela manifestação da verdade, nós nos recomendamos à consciência de todos os homens diante de Deus. Mas, se ainda o nosso Evangelho está encoberto, é naqueles que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do Evangelho da Glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus. Pois não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor; e a nós mesmos como vossos servos por amor de Jesus.” (2 Coríntios 4:1-5)

Todos nós que conhecemos o Senhor, que abandonamos os pecados e viemos para a Verdade temos o ministério de viver o Evangelho e pregar, pois com as nossas atitudes, nossos atos estamos divulgando o Evangelho de Jesus Cristo. Sabemos que não é fácil ser luz em um mundo que jaz nas trevas, mas não desistimos, não desfalecemos, nós perseveramos e seguimos adiante em direção ao nosso mestre. Assim, condenamos toda hipocrisia, todas as mentiras, todas as coisas erradas comuns no mundo, não aceitamos viver falsos evangelhos, como muitos se especializaram em viver, assim não permitimos que adulterem o Evangelho de Jesus Cristo, sempre ensinamos a Verdade como ela é. São muitos os que pensam que o Evangelho é fonte de lucro, e assim ensinam, são muitos os mentirosos que citam indevidamente o Nome do Senhor (que é Santo para sempre amém). Muitos se transformaram em religiosos somente, pois não vivem a verdade, citam o Nome do Senhor, mas vivem em mentiras, desonestidades, prostituições, e tudo mais que o Senhor condena. Assim também há pessoas que se dizem pregadores, que ocupam os púlpitos de várias denominações, várias congregações para levar os ensinos de Balaão. Somente as pessoas que vão perecer, vão passar o resto das suas vidas na eternidade no sofrimento, o nosso Evangelho, que é o Evangelho de Jesus Cristo, está encoberto, pois eles não aceitam e não creem nesse Evangelho. Criaram outros evangelhos para eles cheios de tolerâncias com o pecado, com permissões para pecar, os evangelhos de prosperidades, das barganhas e das riquezas mundanas.

“Porque Deus, que disse: Das trevas brilhará a luz, é quem brilhou em nossos corações, para iluminação do conhecimento da Glória de Deus na face de Cristo. Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do Poder seja de Deus, e não da nossa parte. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desesperados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; trazendo sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossos corpos; pois nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal. De modo que em nós opera a morte, mas em vós a vida.” (2 Coríntios 4:6-12). Não somos melhores do que ninguém, ao contrário, sabemos que somos pecadores, temos esse conhecimento, por isto fazemos questão de nos humilhar na presença do Senhor, e por isto mostramos essa verdade a todos para que também possam se arrepender e se converter ao Senhor e serem salvos por Ele. Muitos estão nas trevas, na escuridão, sem nada enxergar, mas indo para Cristo irão para a Luz, e então seus olhos se abrirão, e as trevas serão luzes por causa da Luz de Cristo. Por isto sabemos das nossas fraquezas, e por isto passamos por todos os tipos de lutas e batalhas, passamos por necessidades e aflições, mas temos a certeza de que não estamos sofrendo a ira do Senhor, ao contrário, o seu Amor, mesmo porque Ele não nos prometeu boa vida aqui, Ele não disse que iríamos reinar aqui e sim padecer, e por amor a Ele sofremos com alegria, padecemos com prazer, por amor ao nosso Salvador. Não temos medo de morrer, pois sabemos para onde iremos, e assim prosseguimos em direção ao nosso Alvo, que é Jesus Cristo. “Ora, temos o mesmo espírito de fé, conforme está escrito: Cri, por isso falei; também nós cremos, por isso também falamos, sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará a nós com Jesus, e nos apresentará convosco. Pois tudo é por amor de vós, para que a Graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para Glória de Deus. Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; não atentando nós nas coisas que se veem, mas sim nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, enquanto as que se não veem são eternas.” (2 Coríntios 4:13-18).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page