• Pr. Henrique Lino da Silva

Uma carta



“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa, a Timóteo meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus nosso Pai, e da de Cristo Jesus, nosso Senhor.” (1 Timóteo 1:1-2)


Nesta primeira carta de Paulo a Timóteo, ele inicia se identificando, falando quem ele é e o que faz, mostrando que é um apóstolo não porque foi ungido ou consagrado por algum homem ou templo, mas segundo a vontade e a ordem direta do Senhor. Demonstra que o Senhor Jesus Cristo é a Esperança de todos, porque todos os que são cristãos sabem que são dependentes de Cristo para que possam alcançar a vida eterna. O apóstolo Paulo também explica que essa carta é para Timóteo, o seu filho na fé. Temos que entender que filhos na fé são pessoas que não somente aceitam os nossos ensinamentos como também procuram viver de maneira semelhante à nossa. Filhos na fé são pessoas que acreditam e aceitam que somos realmente praticantes do Evangelho de Jesus Cristo, e isso nos traz responsabilidades, porque temos que tomar muito cuidado para não decepcionar essas pessoas e, principalmente, para não ensinarmos de maneira errada com a nossa maneira de nos portar. O apóstolo Paulo termina com o cumprimento cristão desejando Graça, misericórdia e paz da parte de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor. “Como te roguei, quando parti para a macedônia, que ficasses em Éfeso, para advertires a alguns, que não ensinem outra doutrina, Nem se deem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora.”(1 Timóteo 1:3-4). O apóstolo agora lembra a Timóteo que, quando partiu, tinha deixado-o em Éfeso, com a missão de administrar a igreja local, mas que era para chamar a atenção, exortar alguns que não ensinassem outra doutrina que não fosse o Evangelho de Jesus Cristo, que não se prendessem a histórias ou genealogias falando do passado, que se ativessem ao Evangelho de Jesus Cristo, que pregassem e ensinassem a Graça, porque a Igreja tem que falar, tem que pregar, tem que ensinar sobre Jesus. A Igreja não pode ficar presa a uma lei que já se cumpriu, não pode ficar falando do passado esperando ou dando a entender que o que aconteceu com as pessoas em épocas passadas irá acontecer agora, porque sabemos que a lei e os profetas são uma página virada. “Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida. Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas; Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam.”(1 Timóteo 1:5-7). Sabemos que hoje vivemos em Jesus, e a nossa salvação está Nele, mesmo porque a lei e os profetas não tinham e não têm a mínima condição de salvar alguém. Em Jesus está a salvação, portanto, sendo sabedores disso, nós nos voltamos para Ele sabendo que, se perseverarmos Nele, com certeza obteremos a salvação, e essa salvação nós a alcançamos através da fé, mas uma fé firme, verdadeira no Senhor. Portanto, não podemos ficar ensinando ou tentando ensinar as pessoas a crerem em Davi ou em José, Jacó, ou qualquer outra pessoa que tenha vivido no passado, assim como não podemos adorar ou depender de ninguém, uma vez que é impossível alguém nos salvar, um dos motivos pelos quais sempre alertamos os católicos de que Maria não pode ser adorada, pois ela nada pode fazer por ninguém, ela simplesmente recebeu uma bênção, foi abençoada, mas ela não tem poder de interceder por ninguém. São muitos os que utilizam o Antigo Testamento para incutir nas pessoas promessas que, segundo eles, se cumprirão na vida das pessoas, mas isto é um engano, é uma mentira. “Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, Conforme o Evangelho da Glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado.” (1 Timóteo 1:8-11). Temos o dever de ensinar que a lei foi feita para ser cumprida, e ela foi cumprida integralmente em Jesus, e hoje vivemos na lei de Jesus. O que Ele nos ensina, sobre o que Ele nos fala essa é a lei que deve ser obedecida para sempre. Se procuramos viver em Jesus, viver segundo os preceitos do Senhor, não nos preocupamos com a lei, que era para apontar os erros, os pecados e as rebeldias, porque quem está em Cristo não comete nada disso. Mas os que não conhecem Cristo, mas vivem segundo os prazeres desse mundo, vivem no mundo do pecado, sabem que já estão condenados pela própria lei. “E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério; A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade. E a Graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo. Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” (1 Timóteo 1:12-15). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tempo

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram