• Pr. Henrique Lino da Silva

Os que temeis a Deus

“E, levantando-se Paulo, e pedindo silêncio com a mão, disse: Homens israelitas, e os que temeis a Deus, ouvi: O Deus deste povo de Israel escolheu a nossos pais, e exaltou o povo, sendo eles estrangeiros na terra do Egito; e com braço poderoso os tirou dela; E suportou os seus costumes no deserto por espaço de quase quarenta anos.” (Atos 13:16-18)

Paulo e Barnabé, após terem sido abandonados por João Marcos, seguiram para Antioquia da Pisídia, e, no sábado, foram a sinagoga. Após a leitura dos livros da lei e dos profetas, os chefes da sinagoga mandaram um recado para eles: se tivessem alguma palavra de encorajamento para a igreja, que eles falassem. Então Paulo, colocando-se de pé, traz a mensagem de encorajamento. Devemos observar que a mensagem dele não se resume a falar de qualquer coisa do seu entendimento, mas de falar, testemunhar, relatar a Bíblia. Hoje em dia os pregadores se limitam a ler um versículo da Bíblia e, a partir daí, pregar segundo o seu entendimento. Na verdade, eles distorcem a Palavra de Deus, pois falam palavras de incentivo, e não a Bíblia. Vejamos que ele inicia chamando atenção para o povo, dizendo que aqueles que temem Deus deveriam ouvir o que ele tem para dizer. Inicia testemunhando sobre o amor de Deus pelo povo hebreu, que o Senhor os tirou da terra, do Egito, e os conduziu ao deserto para que pudessem entrar em Canãa, mas eles desobedeceram, eles pecaram, e por esse motivo pereceram no deserto e não alcançaram a terra prometida. Porém, a Palavra de Deus se cumpriu, e os seus filhos tomaram posse da terra que Deus havia prometido. “E, destruindo a sete nações na terra de Canaã, deu-lhes por sorte a terra deles. E, depois disto, por quase quatrocentos e cinquenta anos, lhes deu juízes, até ao profeta Samuel. E depois pediram um rei, e Deus lhes deu por quarenta anos, a Saul filho de Quis, homem da tribo de Benjamim.” (Atos 13:19-21). Paulo fala exclusivamente da Palavra, nem mesmo coloca a sua opinião, e olha que ele foi chamado para trazer uma palavra de encorajamento. Temos que seguir o seu exemplo e sempre, quando formos chamados para pregar, quando nos convidarem a trazer uma mensagem, que não sejamos nós a falar, que seja a Palavra de Deus, e que mostremos, apresentemos o Senhor e deixemos de trazer palavrinhas doces para alegrar as pessoas. “E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade. Da descendência deste, conforme a promessa, levantou Deus a Jesus para Salvador de Israel; Tendo primeiramente João, antes da vinda Dele, pregado a todo o povo de Israel o batismo de arrependimento.” (Atos 13:22-24). Paulo discorre sobre a Palavra, lembra a todos o que Deus fez e faz, que a sua Palavra sempre se cumpre, pois tudo o que aconteceu já tinha sido antes revelado pelos profetas. Lembra, inclusive, a vinda de Jesus e de qual tribo seria proveniente, e lembra que Ele tinha prometido que antes viria um preparador do seu caminho, e assim aconteceu com a vinda de João Batista. Mostra através das Escrituras que Jesus foi o prometido do Senhor, foi o Messias, o Salvador, e que agora todos nós somos dependentes Dele, e não de nenhuma lei ou profeta. O que acho espetacular é que em todas as pregações de Paulo ele sempre fala da Bíblia, sempre testemunhando, falando do Senhor e não dele mesmo, prova tal que, mesmo depois de preso, todas as vezes em que foi chamado para apresentar a sua defesa ele simplesmente falava de Jesus, ele pregava o Evangelho. Paulo era e é um pregador do Evangelho, pois até hoje os seus escritos, os seus testemunhos, que foram escritos guiados pelo Espírito Santo, nos mostram o Amor e o Poder de Deus. “Mas João, quando completava a carreira, disse: Quem pensais vós que eu sou? Eu não sou o Cristo; mas eis que após mim vem aquele a quem não sou digno de desatar as alparcas dos pés. Homens irmãos, filhos da geração de Abraão, e os que dentre vós temem a Deus, a vós vos é enviada a Palavra desta Salvação.” (Atos 13:25-26). Mas, infelizmente, os pregadores da nossa atualidade preferem pregar outra coisa que não o Evangelho do Senhor, na verdade, se especializaram em pregar palavras de autoajuda, de enganar o povo, de falar somente em bênçãos, e não apresentam o Deus verdadeiro, não permitem que as pessoas venham conhecer a verdadeira natureza do Nosso Senhor, daquele que morreu na cruz para nos dar vida. Esses pregadores estão mais preocupados em não decepcionar ou entristecer as pessoas para elas abandonarem os seus templos e assim diminuir a arrecadação. Não estão preocupados em salvar almas, em mostrar o Senhor, em apresentar a Verdade. Temos que voltar ao Evangelho, e quando estivermos no altar, temos de apresentar o Senhor, e não falarmos das nossas opiniões, não nos preocuparmos em agradar às pessoas, mas somente ao Senhor. A função do pregador é falar de Jesus e não de nós mesmos. “Por não terem conhecido a este, os que habitavam em Jerusalém, e os seus príncipes, condenaram-no, cumprindo assim as vozes dos profetas que se leem todos os sábados. E, embora não achassem alguma causa de morte, pediram a Pilatos que Ele fosse morto. E, havendo eles cumprido todas as coisas que Dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura; Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos.” (Atos 13:27-30). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram