• Pr. Henrique Lino da Silva

FORTES E FRACOS


“Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.” (Romanos 15:1)

 Nós, os que nos julgamos fortes espiritualmente, devemos sempre nos julgar, nos examinar à luz do Evangelho para ver se realmente estamos fortes em Cristo e se estamos fazendo o que Ele assim determinou. Devemos nos examinar para ver se estamos cuidando das pessoas que são fracas na fé, das que têm dificuldades de se firmarem no Evangelho, apesar dos seus esforços e tentativas; se estamos cuidando das ovelhas do Senhor, e digo que isso não é só para pastores ou líderes, mas para todos nós, que fomos chamados para viver em comunhão, para todos nós que compomos a igreja de Cristo, para todos nós que achamos, imaginamos que conhecemos o Senhor, que estamos firmados no Evangelho. Temos o dever de ajudar, socorrer, orientar, ensinar a todos os que ainda não têm um entendimento completo. Se somos a igreja de Cristo, se fazemos parte da noiva do Senhor, então somos conscientes das nossas responsabilidades, porque, se não estivermos cumprindo as suas ordens, então somos mentirosos e estamos longe do Senhor. Muitas vezes não passamos de religiosos, somos somente faladores, frequentadores de templos, mas não somos convertidos, pois os que são convertidos ao Senhor não agem pela própria vontade, e sim a de Cristo. “Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação. Porque também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam.”(Romanos 15:2-3). Assim, se somos realmente a igreja do Senhor, se somos discípulos de Cristo, então não temos a preocupação de nos agradar, mas de agradar ao nosso Senhor, porque, como discípulos Dele, aprendemos que Ele mesmo não se preocupou em se agradar, mas a agradar ao Pai, portanto, foi obediente até a morte, e morte de cruz. Sabemos disso, e tendo as suas determinações, sabemos que devemos obedecer a elas de todas as maneiras, isto é, cuidando do seu povo, das suas ovelhas, porque, a bem da verdade, não somos superiores a ninguém, muito pelo contrário, e sabemos que, quando estamos cuidando do nosso irmão, estamos agradando ao Pai, e Dele receberemos o galardão. Jesus determinou que amássemos o próximo como a nós mesmos, assim como temos a preocupação se sermos fiéis ao Senhor para que possamos alcançar a salvação, assim também temos que ter a mesma preocupação com o próximo.

 “Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança.” (Romanos 15:4). Devemos sempre e todo o tempo analisar, pesquisar nas Escrituras, pois é dela que tiramos conhecimento, sabendo que tudo o que foi escrito, tudo o que está escrito ali serve para que tenhamos conhecimento, para aprendermos com exemplos e obedecermos às ordens do Senhor. Temos que entender que hoje, se quisermos ver Jesus, o veremos na sua Palavra, pois Ele é a própria Palavra, Ele é o Verbo. Não vemos Jesus hoje de outra maneira a não ser na Palavra, portanto, o que Ele nos manda fazer pela sua palavra devemos obedecer-lhe, pois seremos cobrados se ignorarmos, se lhe desobedecermos. Nossa esperança está em Jesus, portanto, está na sua palavra. Sabemos que todas as promessas que estão nos Evangelhos são para nós e fatalmente acontecerão se obedecermos à Palavra, e não podemos esquecer que a maior Promessa é vida eterna, vida abundante Nele. “Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.”(Romanos 15:5-6). Devemos, portanto, louvar o Senhor com os nossos lábios, cantando hinos de louvores a Ele. Devemos amá-lo demonstrando esse amor em nossas orações, porque as pessoas pensam que oração é só ficar pedindo, mas, na verdade, temos muito mais para agradecer do que para pedir, temos que agradecer porque Ele tem cuidado e cuida de nós. Temos que louvar com as nossas atitudes obedecendo, cuidando uns dos outros, mas temos que entender que cuidar é ajudar, socorrer quem precisa, necessita e quer ajuda. Não podemos obrigar ninguém a seguir Jesus, o que devemos é simplesmente apresentar Jesus e a sua vontade a todos, e isto fazemos apresentando o seu Evangelho. Assim, se somos sábios, se conhecemos o Senhor, procuramos levar Jesus, que é o Evangelho, a todos os religiosos, aos que estão tateando às cegas buscando encontrar o Caminho. Somos cristãos, o que quer dizer aprendizes de Cristo, portanto, devemos agir como Ele agiu, como Ele determinou, caso contrário, somos mentirosos e pecadores, e sabemos que os pecadores não herdarão o Reino dos Céus. “Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus. Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais; E para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, e cantarei ao teu Nome.” (Romanos 15:7-9). Assim, sabemos que é a nossa obrigação orientarmos, ensinarmos a todos os que não conhecem o Senhor, devemos entregar a Água Viva a todos os que têm sede, pois é ordem direta do Senhor a todos nós, Não nos esqueçamos jamais do que Ele disse: devemos perdoar para sermos perdoados, e também amar o próximo como a nós mesmos. “E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, com o seu povo. E outra vez: Louvai ao Senhor, todos os gentios, e celebrai-o todos os povos. Outra vez diz Isaías: Uma raiz em Jessé haverá, e naquele que se levantar para reger os gentios, os gentios esperarão. Ora o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo.”(Romanos 15:10-13).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram