top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Ensinar a Verdade




“E logo, falando Ele ainda, veio Judas, que era um dos doze, da parte

dos principais dos sacerdotes, e dos escribas e dos anciãos, e

com Ele uma grande multidão com espadas e varapaus.   Ora, o que o

traía, tinha-lhes dado um sinal, dizendo: Aquele que eu beijar, esse é;

prendei-o, e levai-o com segurança.   E, logo que chegou, aproximou-

se Dele, e disse-lhe: Rabi, Rabi. E beijou-o.   E lançaram-lhe as mãos, e

o prenderam.   E um dos que ali estavam presentes, puxando da

espada, feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe uma orelha.   E,

respondendo Jesus, disse-lhes: Saístes com espadas e varapaus a

prender-me, como a um salteador?   Todos os dias estava convosco

ensinando no templo, e não me prendestes; mas isto é para que as

Escrituras se cumpram.   Então, deixando-o, todos fugiram.   E um certo

jovem o seguia, envolto em um lençol sobre o corpo nu. E lançaram-

lhe a mão.   Mas ele, largando o lençol, fugiu nu.   E levaram Jesus ao

sumo sacerdote, e ajuntaram-se todos os principais dos sacerdotes, e

os anciãos e os escribas.   E Pedro o seguiu de longe até dentro do

pátio do sumo sacerdote, e estava assentado com os servidores,

aquentando-se ao lume.   E os principais dos sacerdotes e todo o

concílio buscavam algum testemunho contra Jesus, para o matar, e

não o achavam.   Porque muitos testificavam falsamente contra Ele,

mas os testemunhos não eram coerentes. E, levantando-se alguns,

testificaram falsamente contra Ele, dizendo:   Nós ouvimos-lhe dizer: Eu

derrubarei este templo, construído por mãos de homens, e em três

dias edificarei outro, não feito por mãos de homens.   E nem assim o

seu testemunho era coerente.” (Marcos 14:43-59)

         

Acho que os líderes, os que se dizem pastores, deveriam se

aprimorar mais, buscar conhecer mais o Senhor, para poderem ensinar a

Verdade, para capacitarem as pessoas para o Reino de Deus, porque, a

bem da verdade, a maioria deles ensinam mentiras, histórias, fábulas,

porque chamam as pessoas para viverem uma mentira e esperar, batalhar

pelo que o Senhor jamais prometeu. Se ser cristão é ser seguidor, aprendiz

de Jesus, então temos que saber que iremos enfrentar lutas, que as

dificuldades são normais em nossas vidas, pois o Nosso Mestre, aquele que

falamos que seguimos, passou por todos os tipos de humilhações e torturas,

e em nenhum momento reclamou ou clamou inocência. Mas nós não

podemos passar por nenhuma dificuldade que logo nos desesperamos,

falamos bobagens, fazemos orações tolas, e mesmo assim falamos que

somos cristãos. Esquecemos que Jesus sabia antecipadamente tudo o que

ia acontecer e permaneceu firme sem reclamar, e tudo fez por obediência ao

Pai, e nós falamos que somos obedientes, mas não queremos sofrer por

nada. Jesus sabia quem ia traí-lo, ou melhor, sabia que iria ser traído por um

dos seus, sabia de tudo o que lhe aconteceria, sabia que todos os seus

iriam lhe abandonar, como abandonaram, correram, fugiram até mesmo


pelado, como vimos no texto acima. Ele sabia que iriam levantar acusações

falsas contra Ele, mas foi obediente até  a morte, e morte em cruz. Mas 

agora nos deparamos com pessoas que se dizem cristãs,  dizem que são

obedientes ao Senhor, mas só sabem pedir, lamentar, reclamar, e os seus

líderes ainda as incentivam a buscarem mais o Senhor, implorando  e

reclamando. Infelizmente, vivemos uma época em que está muito difícil,

quase impossível achar denominações, congregações, pessoas

comprometidas com o Evangelho de Jesus Cristo, pessoas que não estejam

em busca de soluções para os seus problemas materiais, ou que não

estejam buscando prosperidade em alguma área da sua vida. A

prosperidade que devemos buscar, pedir ao Pai é a prosperidade espiritual,

é o nosso crescimento espiritual, é nos aproximar mais do Senhor, pois

sabemos que a nossa vida está com Ele, e aqui tudo é passageiro, nada

levaremos daqui. Portanto, não importa o que falam a nosso respeito, não

importam as nossas lutas, não devemos nos entristecer, mas, ao contrário,

nos alegrar, pois sabemos que o mundo está nos tratando como tratou o

nosso Mestre, e isso é motivo de orgulho. “E, levantando-se o sumo

sacerdote no Sinédrio, perguntou a Jesus, dizendo: Nada respondes? Que

testificam estes contra ti?   Mas Ele calou-se, e nada respondeu. O sumo

sacerdote lhe tornou a perguntar, e disse-lhe: És tu o Cristo, Filho do Deus

Bendito?   E Jesus disse-lhe: Eu o Sou, e vereis o Filho do homem assentado

à direita do Poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu.” (Marcos

14:60-62).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page