top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Enfrentaremos



“Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram-se os seus discípulos, e Ele se pôs a ensiná-los, dizendo: Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus. Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados. Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus. Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus. Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.” (Mateus 5:1-12)

Esses versículos são chamados, conhecidos como as bem-aventuranças, mas creio que, apesar de muitas pessoas os conhecerem de cor e salteado, terem eles gravados em suas mentes, nunca os analisaram calmamente, pois, se assim fosse, teriam outro modo de falar e agir. Vemos muitos líderes de congregações, pregadores citarem esses versículos, mas, ao mesmo tempo, ensinarem contra, pois, quando analisamos calmamente esses versículos, vemos que, em outras palavras, Jesus está dizendo que nós enfrentaremos lutas, sofrimentos e aflições. Mas os pregadores já ensinam dizendo que o Senhor quer abençoar, dar presentes, atender aos pedidos das pessoas, e não falam sobre o que Jesus está dizendo, sobre nos humilhar diante Dele, de renunciarmos a tudo para que possamos alcançar o Reino de Deus. O Senhor nos fala sobre choro, misericórdias, justiça, humildade de espírito, pacificadores, e conclui dizendo que seremos perseguidos, mentirão a nosso respeito, seremos difamados. Ele não diz que poderemos ser, ao contrário, Ele afirma que seremos, assim sabemos que a vida do verdadeiro cristão aqui neste mundo não é fácil, mas olhamos para o Senhor, nosso alvo, e seguimos, pois queremos entrar no seu Reino. Sempre me lembro de que devemos atentar mais sobre o que ouvimos, mas devemos colocar em prática o que lemos, pois a Verdade está na Bíblia, nos Evangelhos, e sabemos que Jesus é a Palavra, então aprendamos com Ele.

“Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só jota ou um só til, até que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no Reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no Reino dos céus.” (Mateus 5:13-19). Os cristãos têm por obrigação fazer a diferença, têm que ser o tempero, têm que ser a luz para iluminar este mundo em trevas. Mas se os que se dizem cristãos começarem a ser somente religiosos e não buscarem fazer o que o Senhor manda, então não prestam para nada. Temos que ser fiéis ao Senhor, a sua Palavra, pois nada adianta exaltarmos a fidelidade de Deus e não sermos fiéis a Ele, portanto, temos que aprender a mortificar a nossa carne, não sermos crentes emocionais, e aprendermos a adorar em espírito e em verdade. Devemos sempre atentar para o que Jesus está dizendo, e não buscarmos escape na antiga lei, ou nos profetas, pois tudo já se cumpriu em Jesus, e hoje nós vivemos Nele. O passado já passou, já aconteceu, e o nosso presente e futuro é Jesus, portanto, temos que segui-lo, pois, caso contrário, Ele nos enviará para um lugar de tormento e dor por toda a eternidade. Temos que ensinar essas verdades, temos que falar da Bíblia, do Evangelho de Jesus Cristo e não de outra coisa, caso contrário, iremos prestar contas a Ele e não entraremos em seu Reino. Somente sendo muito ignorante para a pessoa passar alguns anos nestas lutas aqui e nada fazer para ter descanso, e depois que partir daqui ir para o sofrimento eterno, que é muito maior, nem de longe se compara ao que conhecemos por sofrimento aqui. “Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus. Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e, quem matar será réu de juízo. Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno. Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem apresentar a tua oferta.”

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page