• Pr. Henrique Lino da Silva

Em Cristo digo a verdade

“Em Cristo digo a verdade, não minto (dando-me testemunho a minha consciência no Espírito Santo): Que tenho grande tristeza e contínua dor no meu coração.” (Romanos 9:1-2)

O apóstolo Paulo, nessa carta aos romanos, faz uma declaração surpreendente, porque afirma diante do Senhor Jesus Cristo e da consciência dele no Espírito Santo que está falando a verdade. Bom, devemos analisar essa declaração, porque sabemos que Paulo, esse abnegado servo do Senhor, não mentia em hipótese alguma, nem mesmo para se defender, como vemos em sua trajetória. Portanto, ele, ao dizer que não está mentindo e afirmando diante do Senhor, faz essa declaração porque muitos poderiam duvidar, não acreditar. Ele confessa que tem grande tristeza, grande dor no coração, por isso é necessário compreender a tristeza desse homem de Deus, e, como o conhecemos, sabemos que ela não é causada por coisas materiais, ou por estar com alguma enfermidade. Sabemos que Paulo, depois que o Senhor o chamou, o convocou, ele decidiu seguir Jesus, portanto, ele não dava valor às coisas materiais, e sim buscava cada vez mais se aproximar do Senhor, queria agradar-lhe sempre. Mas como um grande pregador, como um grande homem de Deus, sabemos que ele, com certeza, sofre por causa do povo, por causa das ovelhas do rebanho do Senhor. Assim também são os verdadeiros homens de Deus, que sofrem por causa do rebanho do Senhor que estão sob responsabilidade deles. Quando uma ovelha se desvia, quando abandona o Senhor, por mais que não demonstre, o pastor sofre calado. Devemos imaginar a tristeza desse homem que afirma ter constante dor no coração. Por essa afirmação e, principalmente, a vinda dele, sabemos que realmente há um sentimento muito forte da parte desse homem. Mas, se ele não falasse, ninguém iria perceber, pois em nenhum momento sabemos que esteve cabisbaixo ou demonstrou essa tristeza que sentia. Ao contrário, ele sempre estava exortando, incentivando as pessoas a prosseguirem, a perseverarem em seguir Cristo, apesar de no fundo estar extremamente triste. Temos que compreender que, quando resolvemos abandonar Cristo, estamos deixando tristes as pessoas que nos amam em Cristo, porque sabemos qual será o final delas, que inevitavelmente irão para o sofrimento e morte eterna, e com certeza nenhum homem de Deus deseja isto para ninguém, mesmo porque, se é um homem de Deus, então ele ama o próximo como a ele mesmo, porque é o segundo mandamento do Senhor. “Porque eu mesmo poderia desejar ser anátema de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes segundo a carne; Que são israelitas, dos quais é a adoção de filhos, e a glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas; Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém.” (Romanos 9:3-5). Veja a demonstração de amor de Paulo pelos seus, pois ele afirma que desejaria ser anátema (maldito) de Cristo ou diante de Cristo por amor aos seus irmãos. Vemos que Paulo amava com o amor de Cristo, porque, como sabemos que ele não mentia, sabemos também que ele jamais faria uma declaração dessa diante do Senhor se não fosse verdade. Apesar de serem o povo escolhido por Deus para receber a Promessa, eles a negligenciaram, eles não deram valor, fizeram como Esaú, que não valorizou a primogenitura, porque os hebreus, os israelitas, os judeus foram aqueles que receberam a Promessa inicial do Senhor, eles foram os primeiros a receberem a Promessa de adoção, de se tornarem filhos de Deus e coirmãos do nosso Senhor Jesus Cristo. Foram dos judeus as alianças do Senhor, eles que viram, presenciaram a Glória do Senhor, que viram todos os tipos de sinais e milagres desde o início. Foram eles que receberam a Promessa de que veriam o Messias, o Salvador de Israel, que quer dizer povo de Deus, mas eles não acreditaram e não quiseram viver segundo as ordenanças do Senhor, e sim segundo a vontade da carne e na direção do príncipe deste mundo. Os hebreus receberam todos os tipos de sinais, todas as promessas, viram todos os tipos de sinais, e o Messias veio e eles não o reconheceram, não o aceitaram, ao contrário, o perseguiram, o maltrataram, o prenderam, o chicotearam e o crucificaram, e Ele morreu por todos nós. “Não que a Palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas; Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência.” (Romanos 9:6-7). O povo que tinha a herança do Senhor a rejeitou, pois eles não quiseram seguir o Mestre, o Messias, o Salvador prometido por Deus Pai, que eles conheciam bem. Por isso eles perderam a salvação, quando digo perderam, é porque todos os que não forem a Jesus não serão salvos, e essa é a Palavra de Deus, porque, como sempre lembro, os judeus ortodoxos até hoje ainda estão esperando a vinda do Messias. Isto porque rejeitaram Jesus e continuam nessa rejeição até hoje. Mas isso não quer dizer que a Palavra de Deus falhou, porque Ele mesmo explica tudo, e mais: devido à rejeição dos judeus que fomos alcançados pelo Senhor, mas tudo já estava previsto pelo Senhor como vemos em sua Palavra. Por isso devemos orar sim ao Senhor para que Israel venha a se converter e assim poderem ser salvos. “Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência. Porque a Palavra da Promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho. E não somente esta, mas também Rebeca, quando concebeu de um, de Isaque, nosso pai; porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), Foi-lhe dito a ela: O maior servirá ao menor. Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú. Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma.” (Romanos 9:8-14). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço. Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram