top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Duro discurso



“Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Mas, sabendo Jesus em si mesmo que murmuravam disto os seus discípulos, disse-lhes: Isto vos escandaliza?” (João 6:60-61)

Eu sempre procuro ficar atento ao Senhor, ao que Ele está falando, e todos sabem que Ele fala pela sua Palavra, portanto, sempre que estivermos lendo a Bíblia, devemos nos concentrar bem para que não deixemos passar nada. Por exemplo: se observarmos bem, veremos que no versículo 60 desse capítulo 6 do Evangelho de João começa a rebelião dos discípulos de Jesus contra o seu ensino, contra a maneira como Ele apresentava o Evangelho e como exigia que eles se comportassem. Veremos que já na mente de alguns discípulos começou a rebelião, e, ao final, no versículo 66, eles abandonam Jesus. Então veremos os três seis juntos, o número da besta, que é 666, quando o homem, o ser humano faz a escolha mais nefasta da sua vida. Vejo muitas pessoas criticarem esses discípulos que abandonaram Jesus, mas não avaliam a situação delas mesmas, que já abandonaram Cristo há muito tempo, porque, principalmente agora, vivemos uma geração cheia de mimimi, que não suporta ouvir uma pregação séria, ouvir a Bíblia falando de santidade, de arrependimento, de conversão, pois o que buscam são palavras suaves e agradáveis aos seus ouvidos. As pessoas querem ouvir palavras de consolo, de incentivo, de prosperidade, querem ouvir que serão abençoadas, que Deus estará sempre com elas satisfazendo as suas vontades. Não querem ouvir que é necessário abandonar os seus pecados, que devem seguir Jesus e não os seus pensamentos e desejos carnais, porque o desejo delas são somente bênçãos. Assim, são muitos os que abandonaram Jesus, e outros estão abandonando Jesus, pois não querem ouvir que casamento é um só, que segundo e terceiros casamentos é adultério, que fornicação é pecado, que não importa quanto tempo você tenha de convivência com outra pessoa, se não houve casamento de fato e de direito, é pecado, e os pecadores não herdarão em hipótese alguma o Reino de Deus. Não querem ouvir que não se pode comprar bênção ou favor de Deus com dinheiro, com ofertas ou com qualquer outro tipo de sacrifício, pois Jesus quer tão somente que nos alimentemos Dele, que nos unamos a Ele pela obediência.

“Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O Espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são Espírito e são Vida.” (João 6:61-63). Jesus, ao perceber que os discípulos estavam insatisfeitos com o seu ensino e pregação, Ele ainda os questiona, quer saber se o que Ele estava ensinando, falando escandalizava, então muito mais se escandalizariam quando vissem Ele subir para o céu, que era onde Ele estava. E isso aconteceu, como vimos lá no livro de Atos, quando Ele subiu e todos ficaram vendo-o até desaparecer no céu. Os discípulos se escandalizam por Jesus falar que, para eles o seguirem, seria necessário se alimentarem da sua carne, ou seja, viver em obediência. Hoje continua a mesma coisa, se quisermos ser salvos por Ele, temos que comer a sua carne e beber o seu Sangue, isto é, viver em obediência total a Ele, viver Nele. Jesus explica que o que Ele está falando, ensinando, é vida, é o Espírito que conduz à vida, porque, se obedecermos a sua Palavra, nós teremos o seu Espírito e teremos vida Nele por toda a eternidade. Faço questão de lembrar que existe uma diferença entre discípulos e apóstolos, porque apóstolos foram somente os doze escolhidos por Jesus, todo o restante são discípulos; hoje não existem mais apóstolos, o último foi Paulo, que ele mesmo diz que foi chamado fora do tempo, uma vez que Jesus o convocou depois da sua morte e ressurreição para ocupar o lugar de Judas Iscariotes. Por isto temos que ser sábios como os apóstolos que ficaram e falaram o porquê. “Mas há alguns de vós que não creem. Pois Jesus sabia, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E continuou: Por isso vos disse que ninguém pode vir a mim, se pelo Pai lhe não for concedido. Por causa disso muitos dos seus discípulos voltaram para trás e não andaram mais com ele. Perguntou então Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós já temos crido e bem sabemos que tu és o Santo de Deus. Respondeu-lhes Jesus: Não vos escolhi a vós os doze? Contudo um de vós é o diabo.” (João 6:64-70).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


123 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page