top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Criancinhas



“E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo. Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podeis suportar; nem ainda agora podeis; porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens?” (1 Coríntios 3:1-3)

Muitas vezes somos impedidos de falar mais claramente sobre o Evangelho para pessoas que são frequentadoras de templos (congregações) há anos. Isto porque as pessoas se transformaram em religiosas e simplesmente vivem na prática de doutrinas de homens, cumprindo rituais que para nada servem, e não se aprofundam em conhecer o Senhor, porque não meditam em sua Palavra. Simplesmente, muitas acham que, por frequentarem uma congregação denominacional qualquer, já cumpriram com a sua obrigação, acham que elas já têm garantida a salvação, acreditam que a denominação é a expressão da verdade, e não percebem que são dirigidas por homens. Muitas vezes ficamos observando as pessoas tentando falar de um evangelho que praticam como se fosse o Evangelho de Jesus Cristo. Infelizmente, as pessoas adquiriram o hábito de se identificar como evangélicos desta ou daquela denominação, e não como servos de Cristo. Temos que nos identificar como servos, seguidores de Cristo, a denominação à qual vamos é simplesmente um local onde nos reunimos com os irmãos para cumprir a Palavra de Deus, pois precisamos ouvir e aprender a Palavra de Deus, precisamos participar da Ceia do Senhor, temos que devolver os nossos dízimos. Mas nós congregamos é no Senhor, assim sendo, temos que procurar aprender cada vez mais Dele, para que possamos não somente viver, mas também ensinar. Quando estamos vivendo nas práticas de doutrinas humanas, é porque não somos servos do Senhor. Se estamos falando que somos pertencentes a esta ou àquela denominação, então não pertencemos a Cristo; se vamos a templos para cumprir rituais, então somos somente religiosos; se vamos em busca de bênçãos, de prosperidades, mas não vamos para adorar o Senhor, para nos humilhar, nos quebrantar, então não o conhecemos.

“Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; não sois apenas homens? Pois, que é Apolo, e que é Paulo, senão ministros pelos quais crestes, e isso conforme o que o Senhor concedeu a cada um? Eu plantei; Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. De modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.” (1 Coríntios 3:4-7). Quando alguém se identifica como Batista, Assembleianos, Presbiteriano, ou outra denominação qualquer, está afirmando que ainda não é convertido a Cristo, e pode ser que nunca venha a se converter, apesar de estar vivendo dentro de templos. Por isto muitas vezes não podemos falar de maneira clara sobre o Evangelho, porque há pessoas que se escandalizam. Na verdade, elas não querem ouvir a Verdade, preferem viver em uma ilusão religiosa. Não importa o quão fiel é o pastor, ele simplesmente é um servo do Senhor, que tem a obrigação, a responsabilidade de ensinar o Evangelho verdadeiro de Cristo, mas ele mesmo nada pode fazer por ele mesmo, tudo é Cristo. Portanto, temos que nos apegar é a Cristo, pois foi Ele quem morreu em nosso lugar, somente Ele pode nos salvar. Todos nós que temos a função de ensinar o Evangelho, de cuidar das ovelhas do rebanho do Senhor, temos que ensinar somente a Verdade, que é Cristo, porque iremos prestar contas de como ensinamos. Se o nosso ensino foi o de Cristo, então a nossa obra permanecerá, mas, se não foi, se foram doutrinas estranhas, mentiras, então com certeza nossa obra será destruída e nós também, com certeza. Nada somos, mas Cristo é tudo em todos, portanto, devemos nos filiar em Cristo, e não nesta ou naquela denominação, temos que estar em Jesus, caso contrário, caminhamos em vão e vamos padecer por toda a eternidade. Examinemo-nos para que assim possamos nos julgar para saber se somos cristãos, se somos convertidos a Cristo ou somente frequentadores de igrejas, somente faladores. “Ora, uma só coisa é o que planta e o que rega; e cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. Segundo a Graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” (1 Coríntios 3:7-11).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Imitadores

Comments


bottom of page