top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Convocado pelo Senhor



“Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por intermédio de homem algum, mas sim por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos), e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, o qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, a quem seja a Glória para todo o sempre. Amém. Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na Graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o Evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Pois busco eu agora o favor dos homens, ou o favor de Deus? ou procuro agradar aos homens? se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.” (Gálatas 1:1-10)

Paulo inicia essa carta à igreja na Gálacia explicando que ele é apóstolo não porque um homem, uma congregação, ou o que quer que seja o chamou e o ungiu, e sim porque ele foi convocado pelo Senhor Jesus para pregar o Evangelho Dele. Assim também são os verdadeiros pastores, que são convocados pelo Senhor não porque estudaram teologia, ou porque alguém disse que eles tinham um chamado, mas sim porque o Senhor os convocou, os treinou e os enviou. Hoje está difícil achar verdadeiros pastores, o que encontramos são pessoas que acham que o são, mas elas não foram chamadas, e por isto pregam outros evangelhos que não o de Jesus Cristo. Infelizmente, as pessoas estão ouvindo outros evangelhos que não são de Cristo pregados, ensinados por pessoas que são malditas, pois, apesar de citarem o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), ensinam e pregam contra, pois o interesse dessas pessoas é comercial, financeiro, elas fazem das outras pessoas um comércio. Esses evangelhos de prosperidades, de bênçãos, de pular, de dançar, de falar em línguas abençoando os pecados, não são o Evangelho de Jesus Cristo. É necessário que as pessoas abram os olhos, pois estão sendo enganadas dentro de templos onde citam e levam o Nome do Senhor, mas cuja função é conduzir as pessoas ao sofrimento e morte eterna.

“Mas faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens; porque não o recebi de homem algum, nem me foi ensinado; mas o recebi por revelação de Jesus Cristo. Pois já ouvistes qual foi outrora o meu procedimento no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava, e na minha nação excedia em judaísmo a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua Graça, revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, não consultei carne e sangue, nem subi a Jerusalém para estar com os que já antes de mim eram apóstolos, mas parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco. Depois, passados três anos, subi a Jerusalém para visitar a Cefas, e demorei com ele quinze dias. Mas não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor.” (Gálatas 1:11-19). A maioria desses que se fazem pregadores, que estudam para se tornarem pregadores acabam se afastando da verdade, isto porque eles não estudam a Bíblia, eles estudam livros escritos por homens, e na maioria das vezes o ensinamento nada se aproxima da Verdade de Cristo. Esses pregadores preparam as suas pregações com antecedência para convencerem as pessoas, e não fazem o que o Senhor nos manda, que é falar sobre Ele, ensinar sobre Ele. Os pregadores de hoje tudo fazem para atrair as pessoas a suas congregações, contratam cantores e pregadores famosos, fazem eventos, shows, colocam jogos de luzes, fumaça, mudam as cores do altar, enfim, fazem de tudo, mas o que não fazem é ensinar sobre Jesus. E as pessoas que vão a esses lugares não encontram Jesus porque foram em busca de outras coisas. O Evangelho é simples, e os verdadeiros pastores, os que foram chamados, convocados para cuidar de ovelhas, eles têm uma única preocupação, que é ensinar o Evangelho, explicar a Bíblia, trazer entendimento sobre o Evangelho para todos, sempre pregando e exigindo santidade, abandono de pecado, pois ensinam e não deixam de falar sobre salvação. Os pastores verdadeiros, os que são convocados pelo Senhor, não ficam falando de coisas materiais, não são coachs, nem conferencistas, nem pregadores, são simplesmente pastores, não utilizam títulos pomposos para dar a entender que são alguma coisa. Temos que ter discernimento para saber o que ouvir e onde ouvir, caso contrário, estaremos sendo enganados e enganando. “Ora, acerca do que vos escrevo, eis que diante de Deus testifico que não minto. Depois fui para as regiões da Síria e da Cilícia. Não era conhecido de vista das igrejas de Cristo na Judéia; mas somente tinham ouvido dizer: Aquele que outrora nos perseguia agora prega a fé que antes procurava destruir; e glorificavam a Deus a respeito de mim.” (Gálatas 1:20-24).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page