• Pr. Henrique Lino da Silva

Cego, mudo e surdo

“Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via. E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi?” (Mateus 12:22-23)

Onde Jesus estava sempre as pessoas levavam até Ele os enfermos, os doentes e endemoniados, e na mesma hora Ele os curava, os libertava. Foram inúmeros os casos de leprosos que Jesus curou, os de cegos que voltaram a ver, enfim, muitos e muitos milagres que Jesus operou, mas nem todos estão na Bíblia. Como a própria Bíblia nos fala, em João 21:25 “Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.” Por isto podemos afirmar com toda a certeza que nem todos os milagres que Jesus fez foram registrados na Bíblia. Desta vez trouxeram um endemoniado, ou seja, uma pessoa que estava possessa de demônios, e esses demônios faziam com que esse homem não escutasse, não falasse e nem visse nada. Portanto, ele era surdo, cego e mudo, mas, quando o levaram a Jesus, na mesma hora Ele o libertou, e então esse homem passou a enxergar, a ver e a falar normalmente. Sabemos que nem todos os casos de surdez, cegueira ou mudez são uma questão física, pode ser espiritual, portanto, devemos sempre orar pelos enfermos, repreender as enfermidades em Nome de Jesus. É claro que sempre iremos encontrar os que se opõem dizendo que o caso é meramente físico. Nesse episódio, como as pessoas viam os milagres acontecerem como nunca tinham visto antes, começaram a questionar se Jesus não seria o Messias, o Prometido, o Filho de Davi. Mas, a bem da verdade, não deveriam nem questionar, se conhecessem realmente a Palavra de Deus, saberiam, teriam a certeza de que era Ele. “Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios.” (Mateus 12:24). Os fariseus, os religiosos da época não queriam admitir, em hipótese alguma, que Jesus era o Messias, isto por inveja, por maldade e por serem simplesmente religiosos, por falarem, citarem o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), mas não praticarem as suas ordenanças, por não amá-lo. Assim são várias pessoas que falam que amam Deus, amam Jesus, mas não praticam a Palavra de Deus, não creem Nele e preferem sempre justificar tudo de maneira física, material, mas jamais espiritual, para não terem que admitir que tudo é obra do Senhor. “Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá.” (Mateus 12:25). Jesus conhece tudo a nosso respeito. Ele sabe não somente o que falamos como o que pensamos, mesmo porque Ele examina o nosso interior. Ele, sabendo o que esses religiosos pensavam, responde de maneira clara para todos, porque os fariseus estavam alegando que Ele estava a serviço das trevas, que expulsava demônios pelo próprio demônio. Então Jesus explica que nenhum reino dividido se mantém firme, se mantém em pé, porque ele mesmo se autodestruiria, uma vez que o que está dividido se destrói. Mas sabemos que a inveja era o que corroía esses religiosos, chegando ao ponto de acusarem Jesus. Por isso devemos sempre nos examinar para ver se não estamos permitindo que algum sentimento de inveja domine os nossos corações e nos leve a pecar diretamente contra o Senhor. “E, se Satanás expulsa a Satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino? E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam então vossos filhos? Portanto, eles mesmos serão os vossos juízes. Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o Reino de Deus.” (Mateus 12:26-28). Após explicar sobre unidade e divisão, Jesus esclarece que, se Ele expulsa satanás através de Deus, então já chegou o Reino de Deus até eles e, é claro, eles têm que se curvar para isso, porque, se Ele estivesse expulsando satanás através do próprio satanás, é claro que satanás seria destruído, mas se Ele o estava expulsando através de Deus, a Palavra de Deus estava se cumprindo. Muitas vezes a verdade está diante dos nossos olhos e não queremos enxergar, não conseguimos ver, porque a inveja, o egoísmo, a maldade nos impedem de vê-la. Mas devemos tomar muito cuidado, porque podemos estar pecando, e existem pecados que não são perdoados, pois são pecados que são para a morte, como a Bíblia nos mostra em 1 João 5:16. “Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore.” Por isto devemos sempre estar atentos para que não incorramos nos mesmos erros que muitos religiosos estão cometendo, que não sejamos incrédulos, mas crédulos, que entendamos que somos seres espirituais. “Ou, como pode alguém entrar na casa do homem valente, e furtar os seus bens, se primeiro não maniatar o valente, saqueando então a sua casa? Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.” (Mateus 12:29-30). Jesus mostra que o diabo não é covarde, mas valente, só que Jesus é mais valente, portanto, para que possamos libertar ou curar qualquer pessoa, só o conseguimos em Nome de Jesus, e é necessário em seu Nome amarrar o nosso adversário, só então conseguiremos libertar o oprimido. Jesus ainda deixa claro que não existe meio termo, que quem não está com Ele está contra Ele. Assim, sabemos que, se não estamos obedecendo ao Senhor, se não estamos praticando os seus preceitos, estamos fazendo a vontade do diabo. E às vezes pecando contra o Senhor com pecados que são imperdoáveis. “Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens. E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.”(Mateus 12:31-32). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram