top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Vivermos como se o Senhor estivesse voltando agora





“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios; porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite. Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação; Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com Ele.” (1 Tessalonicenses 5:1-10)

       No mundo denominado evangélico, muito se fala sobre salvação, mas, na prática, não vemos essa busca como de fato deveria ser, isto porque, apesar de falarem em salvação, ainda se preocupam com o dia de hoje, com as coisas materiais, com o bem-estar imediato. O que todos nós que conhecemos o Senhor devemos fazer é vivermos como se o Senhor estivesse voltando agora, no minuto seguinte, portanto, devemos viver em constante santidade. O cristão, o seguidor de Cristo, não vive preocupado com as coisas do mundo, não vive essa busca incansável por adquirir estabilidade ou riquezas materiais, porque vive de uma maneira inteligente, sabendo que a qualquer momento o Senhor poderá voltar, e aí todo o esforço de determinadas pessoas em busca de coisas materiais e de estabilidade foi em vão, e ainda serviu para as afastar do Senhor. Essas pessoas irão perecer por toda a eternidade. Também devemos  ser conscientes de que a qualquer momento podemos ser chamados e partirmos daqui, e se partirmos sem estar vivendo em conformidade com a Palavra do Senhor, sem estarmos em sua presença, iremos perecer por toda a eternidade, e nada e nem ninguém poderá nos salvar, não adiantam rezas, orações, pedidos, cultos, missas, porque não teremos mais a oportunidade de sermos salvos, uma vez que a nossa salvação  a conseguimos  aqui, pois somente Cristo nos salva, e para Ele nos salvar, devemos nos  unir a Ele.

         “Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis. E rogamos-vos, irmãos, que reconheçais os que trabalham entre vós e que presidem sobre vós no Senhor, e vos admoestam; E que os tenhais em grande estima e amor, por causa da sua obra. Tende paz entre vós. Rogamos-vos, também, irmãos, que admoesteis os desordeiros, consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos, e sejais pacientes para com todos. Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos. Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (1 Tessalonicenses 5:11-18). Se somos realmente seguidores de Cristo, se somos pessoas comprometidas com Ele e com a nossa salvação, então devemos viver em santidade, vigiando o tempo todo e sabendo que é nossa obrigação amar o próximo como a nós mesmos, porque essa foi a determinação do Senhor. Por isto temos que alertar sempre os irmãos e a todos para abandonarem o pecado, o erro, porque a nossa obrigação é desejar que todos sejam salvos, porque Jesus veio ao mundo, sofreu e morreu não foi só por nós, mas por todos. Assim, independentemente de as pessoas gostarem ou não, falamos sobre Jesus e o seu Evangelho, falamos da necessidade de abandonar os pecados para que possam ser salvos, porque sabemos que, estando no pecado, ninguém será salvo, por mais que estejam frequentando templos denominacionais, que estejam cantando ou orando, porque sem santidade ninguém verá Cristo. Ser cristão é praticar o Evangelho de Jesus Cristo na sua totalidade, é enfrentar as lutas e batalhas por viver, pregar e ensinar o Evangelho, porque esse evangelho que muito se apregoa por aí não é o Evangelho de Jesus Cristo, e sim outra coisa qualquer, e os seus praticantes irão padecer por toda a eternidade. Por isso a nossa necessidade de estarmos sempre abrindo os olhos de todos para que possam alcançar a salvação, para que possam buscar o Senhor. Creia, Jesus está voltando, e isso pode acontecer no minuto seguinte, e para onde iremos? “Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, o qual também o fará. Irmãos, orai por nós. Saudai a todos os irmãos com ósculo santo. Pelo Senhor vos conjuro que esta epístola seja lida a todos os santos irmãos. A Graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.” (1 Tessalonicenses 5:19-28).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

 Um abraço,

Pr. Henrique Lino

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Imitadores

Comments


bottom of page