top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Verdadeira Luz



“Mas Jesus foi para o Monte das Oliveiras. Pela manhã cedo voltou ao templo, e todo o povo vinha ter com Ele; e Jesus, sentando-se o ensinava. Então os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; e pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. Ora, Moisés nos ordena na lei que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? Isto diziam eles, tentando-o, para terem de que o acusar. Jesus, porém, inclinando-se, começou a escrever no chão com o dedo. Mas, como insistissem em perguntar-lhe, ergueu-se e disse-lhes: Aquele dentre vós que está sem pecado seja o primeiro que lhe atire uma pedra. E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Quando ouviram isto foram saindo um a um, a começar pelos mais velhos, até os últimos; ficou só Jesus, e a mulher ali em pé. Então, erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém senão a mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu te condeno; vai-te, e não peques mais.” (João 8:1-11)

Como sempre faço questão de lembrar, Jesus não tinha uma casa, um imóvel. Ele fazia uso da casa de Maria, e muitas vezes simplesmente se oferecia para dormir, comer na casa das pessoas, inclusive dos fariseus. Aqui vemos que Ele, no final do dia, saiu do templo e foi para o Monte das Oliveiras, onde passou a noite com os discípulos. Pela manhã Ele retornou ao templo, onde sempre que possível estava ensinando o Evangelho. Nisso os fariseus, os religiosos vieram até Ele trazendo uma mulher que tinha sido apanhada em franco adultério, ou seja, foi flagrada em intimidades com um outro homem que não era o seu marido. Pela lei de Moisés que vigorava naquela época, deveriam ambos ser apedrejados até a morte. Mas já observamos o erro dos fariseus e dos religiosos, pois trouxeram somente a mulher, o adúltero deixaram para trás, queriam punir somente a mulher. Portanto, vieram questionar Jesus sobre o que deveriam fazer, com a intenção de colocar Jesus em uma situação difícil ou dar uma sentença injusta. Jesus estava agachado escrevendo com o dedo na areia, e ninguém sabe o que Ele estava escrevendo, pois a Bíblia não fala, e assim continuou, mas depois de muita insistência desses religiosos, Ele se levanta e manda que as pessoas que não tivessem pecados que iniciassem o apedrejamento. Mas ninguém podia afirmar que não tinha pecado, que nunca tinha errado; assim eles se afastaram e deixaram a mulher. Depois que Jesus constatou isso, ainda pergunta à mulher por eles, e então diz a ela que Ele não vai acusá-la, mas que ela deveria ir, que não pecasse mais, ou seja, ela recebeu ali na hora o perdão.

“Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu Sou a Luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a Luz da vida. Disseram-lhe, pois, os fariseus: Tu dás testemunho de ti mesmo; o teu testemunho não é verdadeiro. Respondeu-lhes Jesus: Ainda que eu dou testemunho de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro; porque sei donde vim, e para onde vou; mas vós não sabeis donde venho, nem para onde vou. Vós julgais segundo a carne; eu a ninguém julgo. E, mesmo que eu julgue, o meu Juízo é verdadeiro; porque não sou eu só, mas eu e o Pai que me enviou. Ora, na vossa lei está escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro. Sou eu que dou testemunho de mim mesmo, e o Pai que me enviou, também dá testemunho de mim. Perguntavam-lhe, pois: Onde está teu pai? Jesus respondeu: Não me conheceis a mim, nem a meu Pai; se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai.” (João 8:10-19). Jesus é a única e verdadeira Luz do mundo, e é Ele que tudo ilumina, e sabemos que onde há luz, há conhecimento, e se temos conhecimento, não estamos nas trevas, não estamos na escuridão, portanto, vemos por onde andamos, e não nos desviamos do mal, dos buracos. Mas, para que tenhamos conhecimento, é necessário seguirmos Jesus, pois Luz só encontramos Nele. Não encontramos em denominações ou em seres humanos, mas no Senhor, e se encontramos alguém que também segue o Senhor, então sabemos que faz parte do mesmo corpo de Cristo. Por isto, quem conhece o Senhor está na Luz e sabe o Caminho que deve andar, e ao optar, escolher andar, viver no erro, está abrindo mão do Senhor, está negando Cristo, e assim não tem perdão, por isto é impossível se arrepender e ser salvo. “Essas palavras proferiram Jesus no lugar do tesouro, quando ensinava no templo; e ninguém o prendeu, porque ainda não era chegada a sua hora. Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu me retiro; buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir. Então diziam os judeus: Será que Ele vai suicidar-se, pois diz: Para onde eu vou, vós não podeis ir? Disse-lhes Ele: Vós sois de baixo, eu Sou de cima; vós sois deste mundo, eu não Sou deste mundo. Por isso vos disse que morrereis em vossos pecados; porque, se não crerdes que eu Sou, morrereis em vossos pecados.” (João 8:20-24).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page