top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

UNIDOS EM PENSAMENTOS



“Rogo-vos, porém, irmãos, pelo Nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.” (1 Coríntios 1:10)

 Devemos evitar as discussões tolas, as discórdias relacionadas ao Evangelho e à Palavra de Deus, porque não podemos e não devemos defender nenhuma denominação ou templo, e sim devemos apresentar o Evangelho de Jesus Cristo. As pessoas deveriam se apresentar como servas do Senhor, como amigas de Deus, como discípulos de Jesus, mas, ao contrário, se identificam como sendo dessa ou daquela denominação. Temos que entender que denominações, templos nada valem, que não é um prédio ou uma denominação a habitação de Cristo, porque a verdadeira moradia Dele tem que ser nós. Vejo propaganda de igrejas denominacionais afirmando que Deus mora ali, ou que a mão de Deus está ali, ou outras afirmações que são mentirosas e contrárias à Palavra de Deus. As pessoas criticam umas às outras por não frequentarem as mesmas denominações, ou não praticarem os mesmos costumes, não sabendo elas que, agindo dessa maneira, elas estão longe do Senhor. Pessoas idolatram pastores que são seres humanos como nós, como qualquer um de nós, elas, que acham que eles têm poder, esquecem que todo o Poder pertence a Deus. Todos nós devemos nos unir no mesmo pensamento, no mesmo Evangelho, devemos seguir Cristo e não denominações ou pastores. “Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo. Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado por vós? Ou fostes vós batizados em nome de Paulo?” (1 Coríntios 1:11-13). Muitos que se dizem crentes, evangélicos têm por hábito se identificarem como sendo da universal, batista, assembleia, da graça, da lagoinha, presbiteriana, ou outras dessas tantas denominações que existem em nosso País. Mas não têm coragem de se posicionarem como verdadeiros filhos ou filhas de Deus, não agem como tal em seus locais de trabalho, diversão, estudos ou mesmo em seus lares, pois só pelo fato de se identificarem através de uma denominação já estão errando. Não é uma denominação ou pastor que pode salvar alguém, não há ninguém que tenha poder de salvar, porque quem morreu em nosso lugar foi Cristo, Ele nos comprou com o seu precioso Sangue, então devemos nos identificar como sendo de Cristo.

 “Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio, Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome. E batizei também a família de Estéfanas; além destes, não sei se batizei algum outro. Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã. ” (1 Coríntios 1:14-17). Quando submetemos alguém ao batismo nas águas, estamos simplesmente obedecendo ao mandamento do Senhor, mas batizamos no Nome de Jesus e não em nosso Nome, portanto, quando as pessoas falam que foram batizadas nesta ou naquela denominação, estão errando, porque estão exaltando denominações e pastores, sendo que devemos exaltar é o Nome do Senhor. Temos que tomar muito cuidado para não nos tornarmos simplesmente religiosos, bajuladores, defensores de homens e de templos. Devemos a todo o tempo exaltar, glorificar o Nome do Senhor, e se alguém opera um milagre, um sinal, devemos glorificar ainda mais o Nome do Senhor, pois é Ele quem continua operando sinais e maravilhas, e Ele usa qualquer um e a qualquer hora e lugar. Temos que aprender a falar a linguagem do Reino, aprender a ser cristãos, a ser discípulos de Jesus, e não ficarmos agindo pelas nossas emoções ou lógica humana.“Porque a Palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.” (1 Coríntios 1:18). O Evangelho é loucura para o mundo, como para muitos que se dizem crentes, porque vivemos pela fé, assim praticamos a Palavra de Deus, pois cremos em Jesus e, crendo, sabemos que temos que lhe obedecer, temos que praticar a sua Palavra. Isto fazemos sem ver, mas crendo pela fé. O cristão tem que crer para ver, e não o contrário: ver para crer, como o mundo faz. Assim, diante da maioria das pessoas, a nossa maneira de viver é loucura, pois abrimos mãos dos prazeres e desejos mundanos para vivermos em santidade, por não adorarmos e exaltarmos o ser humano, e somente adorar a Deus. A todos os seres humanos devemos amar, mas adorar somente a Cristo, não podemos amar objetos ou coisas, porque todos eles o Senhor nos deu para nosso uso, e são somente objetos, não importa o quão valiosos sejam. Temos que ser cristãos inteligentes e fazermos um exame da nossa vida à luz do Evangelho, para que possamos ver se realmente somos seguidores, praticantes do Evangelho de Jesus Cristo ou de outra coisa qualquer. Não podemos deixar nos enganar, templos, denominações, igrejas não são um lugar santo, mas somente um lugar onde nos reunimos para adorar o Senhor, louvar, e, principalmente, aprender mais da sua Palavra. Temos que nos focar no Evangelho de Jesus Cristo, pois é por Ele que seremos salvos ou condenados. “Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes. Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?” (1 Coríntios 1:19-20). Não existe nenhum sábio que possa falar contra o Evangelho, porque todos os que são sábios são em Cristo, uma vez que a cultura, o conhecimento mundano, é simplesmente engano, e eles não têm condições mínimas de explicar nem mesmo a Criação sem falar que foi o Senhor. Tentam negar o inegável, mas sabedoria é a que vem do alto, que nos conduz à vida.“Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.” (1 Coríntios 1:21-24).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page