top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Trazidos à vida



“Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela Graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com Ele, e com Ele nos fez sentar nas regiões Celestes em Cristo Jesus, para mostrar nos séculos vindouros a Suprema riqueza da sua Graça, pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela Graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é Dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie. Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.” (Efésios 2:1-10)

Estávamos mortos e fomos vivificados, isto quer dizer que fomos trazidos à vida por Cristo Jesus, mas não podemos generalizar achando que Cristo trouxe todos à vida, pois não é assim. As pessoas que são vivificadas Nele são somente aquelas que entenderam isto e tinham conhecimento de que estavam no erro, nos pecados, e abandonaram tudo e foram para o Senhor. O Evangelho é Renúncia das vontades e dos desejos carnais, e renunciar ao mundo é ir para Cristo e se entregar a Ele, é se submeter inteiramente a Ele. Todos nós somos criaturas, feituras Dele, mas somente os que vivem em obediência a Ele são filhos, portanto, devemos saber que, para alcançar a salvação em Cristo, devemos viver aqui em obediência a Ele. Não podemos simplesmente estar em uma religião qualquer e achar que com isto somos salvos. O Senhor deixou o manual de vida para nós, e se vivermos em conformidade com o manual, que é a Bíblia, nós alcançaremos a salvação Nele. Quando estamos debaixo de obediência a Ele, sabemos que Ele nos deu vida novamente, porque todos os que estão na prática do pecado estão mortos nos pecados, como a própria Bíblia nos fala.

“Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens; estáveis naquele tempo sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos pactos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo Sangue de Cristo chegastes perto. Porque Ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos contidos em ordenanças, para criar, em si mesmo, dos dois um novo homem, assim fazendo a paz, e pela cruz reconciliar ambos com Deus em um só corpo, tendo por ela matado a inimizade; e, vindo, Ele evangelizou paz a vós que estáveis longe, e paz aos que estavam perto; porque por Ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.” (Efésios 2:11-18). Não podemos esquecer que primeiro estávamos mortos nos pecados, porque, mesmo que não tivéssemos cometido pecado algum, mesmo assim éramos pecadores, pois já nascemos no pecado. Nossa herança adâmica nos conduz à morte, e isto a todos sem exceção, e só poderemos nos livrar desse fardo em Jesus Cristo. Além disto, a maioria de nós só conhece Jesus depois de adultos, porque são muito poucos os que realmente nasceram e foram criados em um lar cristão, não falo de lar evangélico, mas cristão, no qual os pais eram ou são realmente servos de Cristo. A maioria, assim como eu, somente viemos conhecer Cristo depois de adulto, depois de velho, portanto, antes vivíamos em pecado, e, após termos esse conhecimento, nós nos rendemos a Cristo, e literalmente entregamos nossas vidas a Ele. Mas muitos preferem viver no pecado, satisfazer a vontade da carne, querem curtir, se divertir, não querem abandonar o erro, portanto, essas pessoas estão mortas e não foram ainda vivificadas; mas poderão ser ainda vivificadas se vierem a se arrepender e abandonar os seus erros. “Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo Santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.” (Efésios 2:19-22).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page