top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Traindo

“E, no primeiro dia da festa dos pães ázimos, chegaram os discípulos junto de Jesus, dizendo: Onde queres que façamos os preparativos para comeres a páscoa? E ele disse: Ide à cidade, a um certo homem, e dizei-lhe: O Mestre diz: O meu tempo está próximo; em tua casa celebrarei a páscoa com os meus discípulos. E os discípulos fizeram como Jesus lhes ordenara, e prepararam a páscoa.” (Mateus 26:17-19)

Chegando o dia de os judeus comemorarem a páscoa, os discípulos de Jesus lhe perguntam onde Ele gostaria que eles preparassem o lugar para comemorarem. Mas Jesus já tinha organizado tudo antecipadamente, pois tinha providenciado o lugar e pedido até mesmo a um homem que, quando fosse procurado pelos seus discípulos, os conduzisse ao local. Nos outros Evangelhos, especialmente no de Marcos, encontraremos mais detalhes, pois o que era raro de acontecer era um homem ficar buscando água, e o homem estava exatamente com uma vasilha de buscar água, para que pudesse ser identificado pelos discípulos. Muitos acham que Jesus previu o que aconteceu, que Ele viu o futuro, viu o homem, mas não foi o que aconteceu. O fato é que Ele já tinha de antemão feito os arranjos para que tivessem um lugar para passar a páscoa com os seus discípulos. Jesus tudo fez para que a Palavra se cumprisse fielmente, e cumpriu. Ele, apesar de ser Deus, veio ao mundo como homem e desprovido de bens materiais, portanto, nem casa Ele tinha, além da casa de Maria. Ele mesmo nada tinha, e sempre o veremos dormindo no Horto, no Jardins do Getsêmani. Quando os discípulos fizeram o que Jesus tinha mandado, encontraram tudo como Ele dissera que encontrariam, e então fizeram a páscoa, pois o Senhor sabia aquela seria a sua última aqui. “E, chegada à tarde, assentou-se à mesa com os doze. E, comendo eles, disse: Em verdade vos digo que um de vós me há de trair.” (Mateus 26:20-21). No final da tarde, depois de tudo pronto, Jesus senta-se à mesa com eles para comer, comemorar a sua última ceia. E na mesa Jesus então lhes dá uma notícia que entristece a todos, pois revela que no meio deles existia um traidor, alguém que iria entregá-lo para os religiosos, que estavam em busca Dele para o matar. “E eles, entristecendo-se muito, começaram cada um a dizer-lhe: Porventura sou eu, Senhor? E ele, respondendo, disse: O que põe comigo a mão no prato, esse me há de trair.” (Mateus 26:22-23). Os seus discípulos nessa hora começam a lhe perguntar quem seria, mas essa pergunta é feita de maneira individual, um após outro pergunta se seria ele. Mas Jesus simplesmente diz que um deles, um daqueles que estavam comendo, se alimentando, participando do mesmo prato era quem o trairia. A alimentação, a ceia era uma vasilha com molho ou carne, e outra com suco concentrado de uva, que era chamado também de vinho, e o pão do qual todos tiravam um pedaço e molhavam no molho, e depois bebiam da mesma vasilha ou caneca. Portanto, Jesus estava dizendo que um dos doze discípulos que estava com Ele, comendo junto, era o traidor, e temos que observar que ali só estavam os doze discípulos, não que Ele não tivesse mais, mas naquele momento eram só esses. “Em verdade o Filho do homem vai, como acerca Dele está escrito, mas aí daquele homem por quem o Filho do homem é traído! Bom seria para esse homem se não houvera nascido.” (Mateus 26:24). Jesus fala que tudo vai acontecer com Ele como está escrito, pois sabemos que Deus Pai, através dos profetas, tinha revelado tudo o que iria acontecer com Ele. Tudo foi revelado desde o seu nascimento em uma manjedoura até a sua morte na cruz. Profetas como Isaías, Ezequiel e o próprio Davi e Moisés falaram o que aconteceria com Jesus, pois Deus fez questão de mostrar tudo o que viria, para que, quando acontecesse, soubessem que Ele era Deus. Mas também foi falado do sofrimento que esperava aquele que o traísse, pois também a respeito do traidor fora revelado, até mesmo que com o dinheiro seria comprado um cemitério que levaria o nome de campo de sangue. Vemos que, apesar de Jesus já falar que sabia que seria traído, Judas Iscariotes, o traidor, não desistiu do seu intento. “E, respondendo Judas, o que o traía, disse: Porventura sou eu, Rabi? Ele disse: Tu o disseste.” (Mateus 26:25). Judas ainda teve a cara de pau de perguntar como os demais se seria Ele, e vemos que Jesus responde que ele é quem estava dizendo. Jesus não quis ser mais claro, para não permitir que houvesse um desfecho diferente do que estava escrito nas Escrituras, porque se Ele afirmasse abertamente que era Judas, os discípulos poderiam querer fazer alguma coisa com ele, ou até mesmo expulsá-lo do meio deles. Jesus veio para cumprir uma missão e foi obediente ao Pai. Tudo fez para que acontecesse exatamente como Deus tinha determinado e foi vitorioso, por isto Ele recebeu Todo o Poder, e hoje todos os joelhos se dobram diante Dele. “E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, e disse: Tomai, comei, isto é o meu Corpo. E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; Porque isto é o meu Sangue, o Sangue do Novo Testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.”(Mateus 26:26-28). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page