top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Testemunho de nosso Senhor



“Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. Portanto não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa comigo dos sofrimentos do Evangelho segundo o Poder de Deus, que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e a Graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos, e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual destruiu a morte, e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo Evangelho, do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre.” (2 Timóteo 1:7-11)

Não podemos falar que somos cristãos, seguidores de Cristo se somos covardes, se temos medo de nos identificar como cristãos, se temos medo de condenar o pecado, se temos medo de, em qualquer lugar, falar que pecado é pecado e que os praticantes não herdarão o Reino de Deus. Não podemos nos acovardar diante de qualquer situação, a todo tempo temos que proclamar o Evangelho com as nossas ações e com palavras. Temos que ser luzes, se estivermos na Luz que é Jesus, e então condenamos todas as trevas. Não podemos agir com covardia, dizendo que não podemos julgar, pois temos a incumbência de julgar a todos começando por nós mesmos. Não podemos nos envergonhar de pessoas verdadeiramente cristãs que estão passando por lutas, por aflições e necessidades, ao contrário, devemos nos juntar a elas, nos compadecer delas, ajudá-las, socorrê-las e defendê-las. Temos que ser autênticos homens e mulheres de Deus, sem ter do que nos envergonhar diante do Senhor. Fomos salvos, chamados por Cristo para vivermos Nele, e de maneira santa, isto é, viver não mais para nós mesmos, mas viver para Cristo. Temos que nos permitir ser dirigidos, guiados pelo seu Espírito, pois Ele nos conduz à vida, à salvação e descanso eternos, que Ele já providenciou e só espera que o aceitemos e atinjamos a perfeição que Ele determina.

“Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que Ele é Poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia. Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido na fé e no amor que há em Cristo Jesus; guarda o bom depósito com o auxílio do Espírito Santo, que habita em nós.” (2 Timóteo 1: 12-14). Assim como o apóstolo Paulo, temos que passar por lutas e privações, por causa do Evangelho, porque, se o nosso objetivo é procurar templos, congregações, ou orar em busca de coisas boas, conforto, luxos, prosperidade aqui, então não somos convertidos ao Senhor, mas simplesmente religiosos. Não podemos ter vergonha de Jesus, o nosso Mestre, que nasceu em uma manjedoura e viveu toda a sua vida aqui como homem, ser humano, sem comprar ou vender nada. Ele não adquiriu nada, e durante os três anos de seu Ministério terreno sofreu todos os tipos de críticas, perseguições, afrontas, e no final foi preso e crucificado sem roupa na cruz do Calvário. Por isto o que falamos e ensinamos aqui são somente as palavras do Senhor, não temos vergonha de expor o Evangelho do nosso Mestre e condenamos todos os tipos de religiosos, especialmente os que se autointitulam evangélicos, pois estão enlameando o Evangelho de Jesus Cristo conduzindo muitos ao sofrimento e morte eterna. Esses evangelhos adocicados, de prosperidade, de facilidades, de bênçãos desmedidas não são o Evangelho de Jesus Cristo. Se você está indo a templos em busca de conseguir ser próspero, conseguir qualquer coisa que não seja aprender mais sobre Jesus, você é um fracassado e destinado ao sofrimento e morte eterna. Temos que aprender o que é viver em Cristo, para podermos ser salvos Nele. “Bem sabes isto, que me abandonaram todos os que estão na Ásia, entre eles Fígelo e Hermógenes. O Senhor conceda misericórdia à casa de Onesíforo, porque muitas vezes ele me recreou, e não se envergonhou das minhas cadeias; antes quando veio a Roma, diligentemente me procurou e me achou. O Senhor lhe conceda que naquele dia ache misericórdia diante do Senhor. E quantos serviços prestou em Éfeso melhor o sabes tu.” (2 Timóteo 1:15-18).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page