top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Ser como luzes



“Se, pois, fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em glória. Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; nas quais também em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas; mas agora despojai-vos também de tudo isto: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca; não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do homem velho com os seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo ou livre, mas Cristo é tudo em todos.” (Colossenses 3:1-11)


Quando afirmamos que somos cristãos, seguidores de Jesus, estamos afirmando que morremos junto com Ele e que renascemos Nele, que a nossa vida agora está Nele. Isto quer dizer que não vivemos mais segundo o nosso entendimento, ou segundo a lógica e ensinamentos do mundo, nós vivemos exclusivamente segundo a vontade de Deus. Por isto somos diferentes, pois praticamos a lei do Senhor, não mais nos preocupamos em ser agradados, ou agradar às pessoas aqui, pensamos em salvação para nós e para o próximo. Por isto falamos de Cristo e ensinamos sobre Ele, para que, quem sabe, as pessoas se convertam e venham a ser salvas também. Assim a nossa maneira de nos portar é diferente, pois não participamos dos prazeres do mundo, não nos envolvemos com nada que não esteja rigorosamente em conformidade com o Evangelho. Se somos seguidores de Cristo, somos pessoas verdadeiras e jamais mentimos, nem mesmo para salvar as nossas vidas ou a vida de um filho ou filha. Todo o tempo proclamamos a Verdade, e temos consciência de que não somos melhores do que ninguém, que somos todos iguais, e que só estamos vivos e só teremos vida graças à misericórdia do Senhor.

“Revestí-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade, suportando-vos e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como o Senhor vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revestí-vos do amor, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Cristo, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. A Palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria; ensinai-vos e admoestai-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a Deus com gratidão em vossos corações. E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em Nome do Senhor Jesus, dando por Ele graças a Deus Pai.” (Colossenses 3:12-17). Jesus nos ensinou como devemos nos portar e disse que devemos ser como luzes: aonde chegarmos, onde estivermos, devemos iluminar, não podem acontecer trevas junto a nós, pois trevas é tudo o que não presta, tudo o que é errado, tudo o que tem que ficar escondido, toda ignorância. A luz é conhecimento, e se somos luzes, é porque estamos na Luz verdadeira, que é Jesus, e assim temos conhecimento e sabemos aonde devemos ir e como ir. E vemos os buracos, os muros, os obstáculos, e nos desviamos deles, já quem está nas trevas nada vê e assim se destrói. Também Jesus fez referência ao sal, pois devemos ser o tempero do mundo, temos que ser diferentes, porque, neste mundo insosso, somos o sal, as pessoas têm que nos ver e saber que somos diferentes pelo nosso comportamento e assim mostrar o Reino a todos. Quem procura ser igual ao mundo é do mundo e não está na Luz, não conhece Jesus e não passa de um religioso, um frequentador de templos, mas longe do Senhor. Nós sabemos que somos diferentes e gostamos e queremos sempre ser assim, pois condenamos as obras das trevas, as obras do mundo, assim também somos perseguidos e rejeitados pelo mundo, mas em tudo somos mais do que vencedores em Cristo Jesus. A nossa vida, nosso comportamento no casamento, com os filhos, com nosso país e com todos é baseado na Palavra de Deus. “Vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos, como convém no Senhor. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não as trateis asperamente. Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais; porque isto é agradável ao Senhor. Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não fiquem desanimados. Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo somente à vista como para agradar aos homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor. E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens, sabendo que do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi a Cristo, o Senhor. Pois quem faz injustiça receberá a paga da injustiça que fez; e não há acepção de pessoas.” (Colossenses 3:18-25).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page