top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

SENDO TENTADO PELO DIABO



“Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.” (Mateus 4:1)

          Jesus Cristo iniciou o seu ministério terreno depois de passar pelas tentações, e uma coisa importante que devemos analisar: quem conduziu Jesus ao deserto não foi o diabo, mas o próprio Deus Pai, através do seu Espírito, e o enviou exatamente para ser tentado. Nós gostamos de falar que somos cristãos, que somos seguidores de Jesus, mas quando vem qualquer tentaçãozinha, já nos assustamos, e se não cairmos, começamos a lamentar, começamos a clamar por misericórdia e afirmar que não iremos suportar, que não conseguiremos vencer. Isto acontece porque ainda somos carnais, ainda não conhecemos Jesus como deveríamos, ainda não o estamos seguindo, porque se nós lhe obedecêssemos, se tivéssemos tomado das nossas cruzes e o seguido, não lamentaríamos, nós permaneceríamos firmes e calados, confiando sempre Nele, porque sabemos que, se perseverarmos, seremos vencedores. Todas as tentações que nos sobrevêm são de origem humana, quando cedemos é que damos origem ao pecado. Todos os que são chamados pelo Senhor passam pelo deserto e o enfrentam, pois é necessário ser moldado, é preciso conhecer bem quem é o nosso Deus, e só o conhecemos plenamente quando estamos no deserto, porque lá não temos ninguém para nos socorrer, a não ser Ele. Caso contrário é ceder às tentações, às vontades da carne, é ceder ao adversário. Muitas pessoas acham que deserto é punição somente, é porque está em erro, mas não é essa a verdade, somos conduzidos ao deserto por várias razões, pode ser para nossa capacitação, por fortalecimento ou até mesmo por correção, mas é no deserto que a nossa fé é provada, é lá que mostramos a nossa fidelidade a Deus ou não. Se somos seguidores de Jesus, não devemos temer desertos, não precisamos nos assustar, porque estamos firmes na Palavra e, quanto mais lutas, tentações, provocações vierem, sabemos que devemos perseverar, pois nada acontece sem a vontade, sem a permissão de Deus. Se somos autênticos, então estamos revestidos com a armadura do Senhor, e pela espada, que é a Palavra de Deus, sabemos que derrotaremos todos os inimigos. Mas se ainda formos carnais, ficaremos lamentando, gritando por misericórdia, chorando e olhando para o outro lado, olhando para os pratos, para as oferendas do diabo. Quando somos carnais, não conseguimos passar por nenhum deserto ou lutas sem lamentar, sem chorar ou reclamar e, como sabemos, todas as reclamações são contra o Senhor.

      “E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães.” (Mateus 4:2-3). Jesus ficou durante quarenta dias sendo tentado pelo diabo, e nesse tempo permaneceu em jejum, ou seja, nada comeu e nada bebeu, e não sabemos se Ele dormiu ou não. Mas sabemos uma coisa: qualquer um de nós teria muita dificuldade para ficar quarenta dias diretos em jejum, quarenta dias sem comer nada, mas Jesus ficou exatamente para nos ensinar que, quando estamos realmente na presença do Senhor, Ele nos sustenta, nos alimenta. Jesus cumpriu toda a lei, Ele foi a única pessoa capaz de cumprir toda a lei em todos os sentidos. Jesus estava como um homem comum, estava como uma pessoa normal, porque Ele se destituiu da sua Divindade e veio como ser humano comum, portanto, não podemos falar que Ele conseguiu porque era Deus. Mas como homem comum, um ser humano igual a nós, Ele resistiu a todos os desejos, a todas as emoções, a toda vontade da carne, mostrando que nós seremos capazes se realmente decidirmos, se realmente quisermos ser seus seguidores. Jesus estava com muita fome, pois foram quarenta dias sem colocar qualquer alimento no estômago, e o diabo foi fazer a oferta dele, mas veremos que Jesus a rejeitou. E assim devemos fazer: rejeitar todos os pratos do adversário. O diabo veio tentar Jesus, veio provocar, mas Jesus não caiu nessa, porque Ele sabia que era o Filho de Deus e não tinha nada que provar para ninguém. “Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus.” (Mateus 4:4). Temos que aprender com Jesus a rejeitar tudo na Palavra, a agir na Palavra. Vemos que Cristo respondeu ao diabo na Palavra, mas temos que ser firmes e praticantes, porque há muitos que na verdade não estão nem mesmo esperando o diabo oferecer para rejeitar, ao contrário, andam correndo atrás das maldições do diabo, andam pedindo alimento, riquezas e prosperidade, pedindo felicidade plena aqui, ao diabo. As pessoas vivem pedindo socorro e não querem saber qual o tipo de pão nem de onde vem, querem só saciar a sua fome, e por isso são derrotadas, vivem fracassadas, porque são comprometidas com o adversário, estão sendo alimentadas pelo diabo. “Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra.” (Mateus 4:5-6). O diabo não desiste na primeira vez e sempre vai ficar insistindo, tentando, por isto temos que ser fortes e vivermos na Palavra, para podermos identificar os seus ataques e repreendê-lo em Nome de Jesus. Assim, o diabo veio agora com um desafio a Jesus, querendo que Ele provasse que era o Filho de Deus, e para isto usa um versículo isolado da Palavra do Salmo 91. Encontramos pessoas, pregadores que utilizam versículos aleatórios, isolados, para justificarem suas más ações, os intentos dos seus corações, e há muita gente caindo, porque não lê a Bíblia. “Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam.” (Mateus 4:7-11)

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page