• Pr. Henrique Lino da Silva

Segundo nossa Esperança

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa, a Timóteo meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus nosso Pai, e da de Cristo Jesus, nosso Senhor.” (1 Timóteo 1:1-2)

Paulo, como geralmente faz, inicia essa carta a Timóteo se identificando, dizendo quem é e qual a sua missão. Vemos que ele diz que é apóstolo por mandato de Deus e do nosso Salvador Jesus Cristo. Ele não faz alusão a nenhuma outra pessoa ou sacerdote, nem muito menos a uma igreja, a uma denominação, mas fala sim daquele que o arregimentou, o convocou. Timóteo, seu filho na fé, seu discípulo, era um jovem pastor que Paulo tinha deixado em Éfeso para organizar igrejas. Não podemos esquecer que Paulo sempre saúda com o cumprimento cristão assim como Cristo mandou, deixando a paz de Cristo. Esse exemplo deve ser praticado por todos nós que nos identificamos como cristãos, assim devemos todo o tempo cumprimentar assim e sempre saudar as casas onde formos com a paz de Jesus Cristo, e nelas havendo pessoas de paz elas receberão a paz, e a paz voltará para nós. Devemos sempre aprender a colocar a Bíblia, o Evangelho de Jesus Cristo em prática, porque só assim poderemos nos unir a Ele. “Como te roguei, quando parti para a macedônia, que ficasses em Éfeso, para advertires a alguns, que não ensinem outra doutrina, Nem se deem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora.”(1 Timóteo 1:3-4). Paulo orienta Timóteo a exortar os outros pastores sobre o que ensinar, pregar, porque, assim como hoje, muitos vão para os púlpitos e falam sobre tudo, mas não pregam, não ensinam sobre Jesus, não apresentam Jesus Cristo. São muitos os que se prendem a ensinamentos do Antigo Testamento, sobre a história de Israel, tentam fazer as pessoas acreditarem que as bênçãos, os milagres que aconteceram nas vidas de alguns hebreus também irão acontecer na vida delas. Tentam convencer as pessoas que devem viver ainda parte da antiga lei de Moisés, claro, mas sem os castigos ou punições. Paulo alerta para que os pastores sejam ensinados a viver o Evangelho de Cristo, e é isto que nós vivemos, porque estamos na Graça, e não na lei, portanto, ouvimos Jesus e não Moisés, temos que compreender que a lei se cumpriu em Jesus e agora vivemos Nele. “Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida. Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas; Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam.”(1 Timóteo 1:5-7). Não podemos nos desviar do Evangelho de Jesus Cristo, não podemos esquecer que dependemos Dele para termos vida, afinal, Ele veio, se humilhou, sofreu e morreu em nosso lugar, temos que compreender que não foi Moisés e nem um dos profetas que nos salvou, que morreu em nosso lugar, mas sim Cristo, que nos comprou com o seu precioso Sangue. Por isso nós ouvimos Ele e não outro qualquer, por isso nossas pregações e ensinos têm que ser fundamentados em Jesus, no Novo Testamento, na Nova Aliança feita no Sangue de Jesus, porque são muitos os que se intitulam pastores e outros títulos eclesiásticos e fazem pregações bonitas, emotivas, mas não genuínas, pois não falam do principal, não apresentam Jesus, não falam de salvação, de arrependimento, de conversão legítima. Esses pregadores modernos se especializam em falar em bênçãos, em milagres, em receber, mas não sabem ensinar sobre se humilhar diante da potente mão do Senhor. Já naquela época existiam os falsos pregadores, e hoje ainda mais, mas, se somos sábios, então seguimos o verdadeiro Pastor, que é Jesus Cristo. “Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, Conforme o Evangelho da Glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado.”(1 Timóteo 1:8-11). As pessoas ainda não compreenderam com clareza sobre a lei, não perceberam que ela se cumpriu em Jesus, que foi o único capaz de a cumprir integralmente, e que agora vivemos em Cristo. As pessoas não compreenderam que não existem dois Testamentos válidos, mas somente um, porque Testamento é um documento jurídico, em que se expressa a vontade de alguém após a sua morte, e, quando se faz um novo testamento, o anterior perde a validade. A lei dada por Moisés servia para apontar, mostrar os nossos erros, mas não tinha poder para solucioná-los, não tinha como eliminar, e isto só foi possível com a vinda de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Portanto, vamos ficar atentos com o que se é pregado nos púlpitos, porque temos o dever de aprender, conhecer e praticar a vontade de Cristo que Reina para sempre e tudo lhe foi entregue. “E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério; A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade. E a Graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo. Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” (1 Timóteo 1:12-15). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram