top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Segundo a vossa fé



“Enquanto ainda lhes dizia essas coisas, eis que chegou um chefe da sinagoga e o adorou, dizendo: Minha filha acaba de falecer; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá. Levantou-se, pois, Jesus, e o foi seguindo, Ele e os seus discípulos. E eis que certa mulher, que havia doze anos padecia de uma hemorragia, chegou por detrás Dele e tocou-lhe a orla do manto; porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar-lhe o manto, ficarei sã. Mas Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E desde aquela hora a mulher ficou sã. Quando Jesus chegou à casa daquele chefe, e viu os tocadores de flauta e a multidão em alvoroço, disse; Retirai-vos; porque a menina não está morta, mas dorme. E riam-se Dele. Tendo-se feito sair o povo, entrou Jesus, tomou a menina pela mão, e ela se levantou. E espalhou-se a notícia disso por toda aquela terra.” (Mateus 9:18-26)

Jesus tinha acabado de dar ensinamentos, mostrando a diferença entre a lei e a Graça, quando vai até Ele um líder da igreja local (chefe da sinagoga) que chega o adorando e informando que a sua filha tinha acabado de falecer, mas sabia que, se Jesus fosse até a sua casa e impusesse as suas mãos sobre ela, ele sabia que ela voltaria à vida. Pelo pedido desse homem, vemos a sua fé, percebe-se claramente que ele acreditava em Jesus, sabia que Jesus poderia dar a vida, caso contrário, não teria ido pedir a Ele ir à sua casa impor as mãos sobre a sua filha morta. Devemos analisar esse caso, pois é um verdadeiro exemplo de fé. Ouvimos as pessoas falarem em fé, mas não as vemos buscando Jesus quando algo ruim realmente acontece, sabendo que somente Jesus pode mudar a situação. Esse homem sabia que a sua filha estava morta, mas mesmo assim foi até Jesus, para que desse vida novamente a ela. Porém nós, quando a morte paira sobre a nossa casa, nossa família, a nossa preocupação é fazer o enterro, é sepultar e chorar a perda, sendo que o correto é ir a Jesus não em busca de consolo, mas em busca de vida, pois Ele tem vida para nos dar, e muitas vezes só não recebemos porque não cremos e não nos dirigimos a Ele pedindo, não chegamos a Ele o adorando, mesmo quando existe morte em nossa casa.

“Partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, que clamavam, dizendo: Tem compaixão de nós, Filho de Davi. E, tendo Ele entrado em casa, os cegos se aproximaram Dele; e Jesus perguntou-lhes: Credes que eu posso fazer isto? Responderam- lhe eles: Sim, Senhor. Então lhes tocou os olhos, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé. E os olhos se lhes abriram. Jesus ordenou-lhes terminantemente, dizendo: Vede que ninguém o saiba. Eles, porém, saíram, e divulgaram a sua fama por toda aquela terra. Enquanto esses se retiravam, eis que lhe trouxeram um homem mudo e endemoniado. E, expulso o demônio, falou o mudo e as multidões se admiraram, dizendo: Nunca tal se viu em Israel. Os fariseus, porém, diziam: É pelo príncipe dos demônios que Ele expulsa os demônios.” (Mateus 9:27-34). Jesus foi até a casa daquele líder da sinagoga e, apesar de as pessoas dizerem que ela estava morta, que não adiantava mais nada, Jesus afirma que a menina estava viva e não morta. Vai até o quarto onde estava aquela que já era considerada pronta para ser sepultada e a pega pela mão. Manda-lhe levantar, e imediatamente ela fica de pé. O pai foi em busca de vida para aquela que estava morta, e a Vida chegou e a fez reviver, tudo porque o pai creu e recorreu a quem pode dar vida. Agora vemos dois cegos que também creram e foram até Jesus, insistiram, gritaram por socorro, e foram atendidos. Jesus ainda pergunta a eles se acreditam que Ele pode fazer eles enxergarem. Sem duvidar, eles respondem que sim. Novamente vemos aqui a fé, pois Jesus os questiona ainda para ter certeza, e eles confirmam. Isso mostra que eles foram até a verdadeira Luz para que pudessem ter luz. Eles queriam ver e viram, pois em Jesus, que é a verdadeira Luz, teremos luz se formos até Ele com fé; se o buscarmos, o encontraremos, mas devemos ir crendo, sabendo que só Ele tem Poder para mudar qualquer situação. As pessoas também conduziram a Ele um homem mudo por demônios, estava possesso, e Jesus simplesmente expulsou o demônio, e assim aquele que era mudo, agora liberto, fala, conversa tranquilamente. Se recorrermos a Jesus, a libertação daquele que está possesso acontece imediatamente, o que é mudo volta a falar, os que são cegos vão enxergar, as pessoas que padecem de hemorragia vão ficar curadas, e os que estiverem mortos voltarão à vida, mas, para que isto aconteça, é necessário crer em Jesus, saber que Ele é o Filho de Deus e que veio e sofreu em nosso lugar para nos libertar. E todos os que forem a Ele com fé encontrarão vida, pois Ele está Vivo para todo o sempre. “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando toda sorte de doenças e enfermidades. Vendo Ele as multidões, compadeceu-se delas, porque andavam desgarradas e errantes, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos: Na verdade, a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.” (Mateus 9:35-38).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page