top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Sã Doutrina



“Tu, porém, fala o que convém à Sã Doutrina. Exorta os velhos a que sejam temperantes, sérios, sóbrios, sãos na fé, no amor, e na constância; as mulheres idosas, semelhantemente, que sejam reverentes no seu viver, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras do bem, para que ensinem as mulheres novas a amarem aos seus maridos e filhos, a serem moderadas, castas, operosas donas de casa, bondosas, submissas a seus maridos, para que a Palavra de Deus não seja blasfemada.” (Tito 2:1-5)

Nós, como servos do Senhor, temos que falar e ensinar a Palavra de Deus, e isso em todas as circunstâncias, situações ou ambiente. Temos a obrigação de ensinar todos a serem homens e mulheres de Deus, ensinar a se comportarem em todas as situações, evidentemente que para ensinar nós devemos primeiramente nos examinar para ver se realmente estamos vivendo o que vamos ensinar. Independentemente da nossa idade, devemos ensinar as pessoas mais velhas com todo o respeito e amor a se comportarem de acordo com a Palavra de Deus, pois são muitos os que, apesar da idade avançada, ainda não aprenderam o Evangelho, e é nossa obrigação ensinar-lhes para que possam praticá-lo, se converterem e assim alcançarem a salvação. No caso deles urge, pois, como estão já avançados em idade, está mais próxima a sua partida, e se pudermos fazer com que venham a conhecer o Senhor, será uma alma que salvaremos, e ela não perecerá, a morte não terá poder sobre ela. Assim também as mulheres sempre temos que procurar ensinar-lhes a viver em conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo, e não como pessoas carnais, que não vivam nas emoções, mas que sejam mulheres sábias que edificam o seu lar, e que saibam ensinar as mulheres mais jovens, que possam orientar sobre o casamento, para que as jovens não casem no engano, e que depois de casadas saibam tudo o têm que fazer para que o casamento dê certo. Ensinar que, se elas buscarem o Senhor, se a prioridade delas for o Senhor, então elas farão tudo para terem uma família abençoada e de paz, e irão ensinar isso a todas as outras. Devemos ensinar com palavras, mas devemos ensinar muito mais com o nosso exemplo, nossas atitudes, afinal, somos observados o tempo todo, portanto, devemos usar isso em favor do Reino.

“Exorta semelhantemente os moços a que sejam moderados. Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra integridade, sobriedade, linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se confunda, não tendo nenhum mal que dizer de nós. Exorta os servos a que sejam submissos a seus senhores em tudo, sendo-lhes agradáveis, não os contradizendo nem defraudando, antes mostrando perfeita lealdade, para que em tudo sejam ornamento da Doutrina de Deus nosso Salvador.” (Tito 2:6-10). Também devemos nos dedicar a ensinar os mais jovens, principalmente sabendo que, quando se é jovem, eles estão naquela fase que chamamos de esponja, pois querem absorver tudo, aprender tudo, então devemos aproveitar essa oportunidade para que elas aprendam sobre Jesus. Aprender a viver de maneira digna e piedosa, viver na prática do Evangelho, para que possam também influenciar outros jovens e, quem sabe, construiremos uma sociedade com valores cristãos. Como sempre friso, temos que ensinar com palavras, mas muito mais sendo exemplo, que as pessoas especialmente os jovens tenham vontade de querer nos imitar, ser como somos, e assim o Evangelho é divulgado. Todos nós, homens e mulheres, jovens e adultos, idosos e anciões, devemos viver em conformidade com o Evangelho, pois somente assim estaremos praticando por sermos exemplo, e depois por estarmos obedecendo ao Senhor, assim caminhamos, peregrinamos em direção ao Reino. Devemos todo o tempo nos policiar, nos examinar se realmente somos cristãos, ou somente religiosos, frequentadores de templos. Fomos chamados para seguir Jesus e não somente para cantar músicas que falamos que é louvor, ou por fazer longas e prolongadas orações, que muitas vezes são ofensivas ao Senhor, nem dar grandes ofertas, fazer votos, ou participar de jejuns e campanhas; fomos chamados para viver em Jesus. “Porque a Graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da Glória do nosso Grande Deus e Salvador Cristo Jesus, que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo todo seu, zeloso de boas obras. Fala estas coisas, exorta e repreende com toda autoridade. Ninguém te despreze.” (Tito 2:11-15).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino




15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page