top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Rebelando contra as autoridades



“Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela; porquanto ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal. Pelo que é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa da ira, mas também por causa da consciência. Por esta razão também pagais tributo; porque são ministros de Deus, para atenderem a isso mesmo. Daí a cada um o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.” (Romanos 13:1-7)

       Principalmente agora, nesta época que estamos vivendo, as pessoas demonstram uma insatisfação total com as autoridades políticas de nosso país, creio que sempre vão reclamar e jamais encontrarão uma que lhes agrade em tudo. Mas o que nos assusta é vermos as pessoas que se dizem evangélicas, crentes, se rebelando contra as autoridades, e querem ainda usar a Bíblia de maneira distorcida para justificar as suas indisciplinas. Nós sabemos que não podemos ir contra nenhuma autoridade, uma vez que, se elas estão no cargo que ocupam, é porque o Senhor as colocou nele ou lhes permitiu que o ocupassem, e ao irmos contra, estamos indo frontalmente contra a vontade do Senhor. Se temos sobre nós autoridades corruptas, desonestas, más, é porque merecemos, e o fato de nos rebelar mostra que não tememos Deus e não lhe obedecemos, portanto, a situação sempre vai piorar, pois abandonamos o nosso Deus e queremos fazer a nossa vontade, queremos escolher e decidir tudo, esquecendo que o nosso Governante é o Senhor Jesus Cristo. Sempre teremos medo das autoridades se estivermos fazendo as coisas erradas, se estivermos infringindo as leis, quebrando regras. Nesse caso, então, devemos temer, pois as autoridades foram instituídas por Deus exatamente para punirem os desobedientes. Todas as pessoas que procuram fazer greves e se revoltam contra as autoridades estão indo contra a Palavra de Deus, independentemente de se apresentarem como pastores ou líderes evangélicos. A única coisa que são é religiosos, cegos guiando cegos que não sabem para onde vão, e todos cairão no buraco.

         “A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco; pois quem ama ao próximo tem cumprido a lei. Com efeito: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. De modo que o amor é o cumprimento da lei. E isso fazei, conhecendo o tempo, que já é hora de despertardes do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando nos tornamos crentes.” (Romanos 13:8-11). Assim também temos que aprender a viver de maneira independente e sermos dependentes somente do Senhor, não podemos nos colocar em situação de refém de outras pessoas, pois perderemos a nossa paz e seremos aviltados. Devemos evitar ficarmos devendo às pessoas, pois elas virão cobrar, e pode acontecer de em um determinado momento não termos como  pagá-las, e isso depois de um tempo acaba em confusão e briga. Também não devemos ficar pedindo favores a outras pessoas, pois elas, uma hora, poderão jogar isso em nossa cara, cobrando e relembrando o que nos fizeram. Devemos aprender a confiar mais no Senhor, depender somente Dele, e, não importa a nossa situação, falarmos com Ele, pois toda solução só Ele tem.  Assim como cristãos que somos, devemos cumprir com todas as nossas obrigações, devemos pagar nossos impostos, nossos tributos, nossas contas e devolvermos os nossos dízimos ao Senhor. Devemos honrar as pessoas, o nosso próximo, e cuidar da nossa família, pois é mandamento do Senhor. Precisamos agir como cristãos e não somente como religiosos, sermos verdadeiros homens e mulheres de Deus, sermos exemplos para todos, pois assim estaremos pregando o Evangelho, estaremos influenciando este mundo que jaz (está morto) no maligno. “A noite é passada, e o dia é chegado; dispamo-nos, pois, das obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz. Andemos honestamente, como de dia: não em glutonarias e bebedeiras, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e inveja. Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências.” (Romanos 13:12-14).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentáře


bottom of page