top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Perseguição



“Tenho-vos dito estas coisas para que não vos escandalizeis. Expulsar-vos-ão das sinagogas; ainda mais, vem a hora em que qualquer que vos matar julgará prestar um serviço a Deus.” (João 16:1-2)

Jesus sempre nos alertou, nos preveniu de que não seríamos amados, idolatrados como alguns supostos pastores fazem crer. Muitos dos evangélicos acham que, por se identificarem como crentes, evangélicos, têm o direito de serem tratados de maneira diferenciada, querem ser amados, respeitados, querem privilégios. Mas não é isto o que o Senhor disse que teríamos, que receberíamos do mundo, mesmo porque condenamos as ações praticadas no mundo, e o mundo está morto no maligno. Hoje vemos vários absurdos: querem isenção de impostos para os seus templos, querem um dia especial para se comemorar o dia do evangélico, querem ter direito a tantas coisas do mundo, como se isso fosse possível a quem vive, prega o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo. Na verdade, os seguidores de Jesus esperam lutas, discriminações, perseguições, isto porque, como somos luzes, e o mundo todo está em trevas, o mundo nos odeia, afinal, temos a missão de condenar os atos praticados no mundo. Por desconhecerem Deus, os que vivem e pregam o verdadeiro Evangelho são perseguidos, porque o mundo e as pessoas, incluindo os das várias religiões evangélicas, os perseguem porque acham que estão fazendo o certo, uma vez que não conhecem Cristo. “E isto vos farão, porque não conheceram ao Pai nem a mim. Mas tenho-vos dito estas coisas, a fim de que, quando chegar àquela hora, vos lembreis de que eu vo-las tinha dito. Não vo-las disse desde o princípio, porque estava convosco.” (João 16:3-4). Jesus, quando falou isso, ainda não tinha sido crucificado, ainda não tinha passado pela morte e, consequentemente, não tinha ressuscitado, portanto, quando Ele assim falou, estava simplesmente nos prevenindo para que, quando viessem a acontecer essas coisas, nós pudéssemos entender que é somente a Palavra se cumprindo. A maioria das pessoas gosta de afirmar que são filhas de Deus, mas, na verdade, não o conhecem, prova tal é que vivem totalmente contrários a Ele, a sua Palavra, na verdade, apregoam e ensinam a ser contrário a Ele, isto fazem com palavras e, principalmente, com a maneira como vivem. Infelizmente são poucos os seguidores de Jesus, porque são poucos os que o buscam, os que querem realmente conhecê-lo, porque a maioria quer somente um deus que lhes abençoe e lhes dê boa vida.

“Agora, porém, vou para aquele que me enviou; e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais? Antes, porque vos disse isto, o vosso coração se encheu de tristeza.” (João 16:5-6). Jesus, depois de dar essas explicações aos discípulos, informa que naquela hora Ele iria subir, iria voltar para o Pai, e ninguém perguntava nada a Ele, porque tinham entendido, tinham compreendido, sabiam quem Ele era. Mas somente aqueles ali, o resto não sabia, prova tal que prenderam Jesus, o açoitaram, o humilharam e o crucificaram, achando que estavam fazendo o certo diante do Senhor. Mas como o entendimento dos discípulos não era completo ainda, porque ainda não tinha o Espírito de Deus vindo, mesmo porque Jesus não tinha subido, então eles ficaram tristes, mas, se tivessem pleno conhecimento, ficariam alegres, porque sabiam que a Palavra de Deus estava se cumprindo e que Jesus estaria Vivo para todo o sempre. “Todavia, digo-vos a verdade, convém-vos que eu vá; pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei.” (João 16:7). Novamente Jesus explica que é necessário Ele ir para o Pai, caso contrário o nosso Ajudador, o Espírito Santo não viria, e o Espírito é quem nos convence de tudo, que nos guia em todo o Caminho que se chama Jesus, o Único caminho que nos conduz à Vida. Portanto, apesar de saberem que Jesus iria morrer, deveriam se alegrar, porque Ele estaria Vivo para todo o sempre, e nós teríamos da parte Dele o Consolador. “E quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais, e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado. Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.” (João 16:8-13).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page