top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Permaneçam firmes



“Portanto, meus amados e saudosos irmãos, minha alegria e coroa, permanecei assim firmes no Senhor, amados. Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço também a ti, meu verdadeiro companheiro, que as ajudes, porque trabalharam comigo no Evangelho, e com Clemente, e com os outros meus cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco. Ora, muito me regozijo no Senhor por terdes finalmente renovado o vosso cuidado para comigo; do qual na verdade andáveis lembrados, mas vos faltava oportunidade.” (Filipenses 4:1-10)

       O apóstolo Paulo recomenda aos irmãos que permaneçam firmes no Senhor, que busquem cada vez mais o Evangelho da Cruz, e não se alegrem com as coisas do mundo, e sim se alegrem, se regozijem no Senhor. O Senhor é fonte de alegria para os seus seguidores, para todos os que o conhecem, pois sabem que Ele é o Deus da provisão, isto é, Ele cuida de cada um de nós da melhor maneira possível, não como o mundo fala, deseja ou busca, mas como é necessário. Não devemos viver dominados pela ansiedade por qualquer coisa, mas conhecendo Deus e sabendo qual a sua vontade, o que realmente for necessário e estiver de acordo com a sua Palavra, devemos ir a Ele em oração e pedir, pois receberemos. Mas devemos tomar muito cuidado em pedir as coisas, porque muitas vezes pedimos o que queremos, e não de acordo com a vontade do Senhor; a bem da verdade, quando conhecemos o Senhor, não temos nem coragem de fazer pedidos de coisas para nós mesmos, pois percebemos que o Senhor tem cuidado de nós muito mais do que merecemos. O que temos que fazer é buscar nos aperfeiçoar cada vez mais em conhecê-lo, e o mais Ele fará, e sabemos que a ansiedade é oposta à fé.

         “Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre. Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece. Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição. Também vós sabeis, ó filipenses, que, no princípio do Evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja comunicou comigo no sentido de dar e de receber, senão vós somente; porque estando eu ainda em Tessalônica, não uma só vez, mas duas, mandastes suprir-me as necessidades. Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que cresça para a vossa conta. Mas tenho tudo; tenho-o até em abundância; cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que dá vossa parte me foi enviado, como cheiro suave, como sacrifício aceitável e aprazível a Deus.” (Filipenses 4:11-18). Vejo supostos crentes ou líderes espirituais que se identificam como pastores vivendo em uma ansiedade, em uma lamentação interminável, reclamando e pedindo cada vez mais. Mas não compreendemos o porquê disso, uma vez que dizem conhecer o Senhor. Porém, se isso fosse verdade, com certeza viveriam em constante alegria, viveriam se regozijando, uma vez que sabemos que o Senhor está no comando de todas as coisas. Paulo vivia bem tendo as coisas de primeira necessidade ou não, e assim devemos viver, temos que ser imitadores de Paulo, assim como ele foi de Cristo, e não nos preocuparmos se temos as coisas hoje ou não, o que devemos fazer é a vontade do Senhor. Tudo o que temos, vestimos ou comemos aqui não serve para outra coisa a não ser para alimentar a nossa carne, mas, quando nos moldamos a Cristo, estamos buscando vida. Assim, não nos desesperemos se temos ou não temos, e em tudo somos mais do que vencedores em Cristo Jesus. “Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na Glória em Cristo Jesus. Ora, a nosso Deus e Pai seja dada Glória pelos séculos dos séculos. Amém. Saudai a cada um dos santos em Cristo Jesus. Os irmãos que estão comigo vos saúdam. Todos os santos vos saúdam, especialmente os que são da casa de César. A Graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito.” (Filipenses 4:19-23).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page