• Pr. Henrique Lino da Silva

Percorrendo as cidades

“E percorria as cidades e as aldeias, ensinando, e caminhando para Jerusalém.” (Lucas 13:22)

Muitas pessoas acreditam que a principal missão de Jesus, ao vir ao mundo, foi fazer milagres, mas elas esquecem que Ele veio para salvar o mundo, para nos salvar a todos do fogo eterno, do sofrimento e da morte eterna. Por tal motivo, Ele percorria as cidades e aldeias ensinando sobre o seu Evangelho, sobre a sua missão e falando quem Ele era, porque era necessário que as pessoas soubessem que o Filho de Deus tinha se manifestado ao mundo para tirar os pecados do mundo. Jesus ensinava sobre o Reino, falava sobre salvação, ensinava sobre obediência e como todos deveriam se portar a partir daquele momento, pois não seria a lei de Moisés que salvaria, não seria a obediência àquela lei, mas sim obediência ao Filho de Deus. Jesus operava milagres para mostrar que o Reino de Deus havia chegado, que o Messias, o esperado, o anunciado nas Escrituras estava ali. Jesus fazia questão de ensinar sobre o futuro, sobre o Reino, sobre a nossa condição, ou melhor, a condição da humanidade, que agora poderia escolher passar pela Porta, andar pelo Caminho, que era Ele, mostrando que era a única Verdade, e todo o resto são mentiras e engano. Sobre o que iria lhe acontecer Ele fazia questão de dizer com antecipação para que todos soubessem. E assim Ele se dirigia a Jerusalém, onde sabia que seria traído, preso, humilhado e crucificado e que morreria na cruz do Calvário. Jesus nos fala e ensina sobre obediência e nos dá exemplo, pois Ele, apesar de estar como homem, como um ser humano comum, passível de todas dores e fraquezas, Ele caminhava para Jerusalém em obediência ao Pai, por isto Ele é vencedor. “E disse-lhe um: Senhor, são poucos os que se salvam? E ele lhe respondeu: Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão.”(Lucas 13:23-24). Quando Jesus andava, sempre havia uma multidão de pessoas o seguindo, e isto por vários motivos: uns queriam receber algum milagre, outros queriam se alimentar, como aconteceu na multiplicação dos pães, e ainda havia outros religiosos cujo objetivo era vigiar, para ver se o pegavam em alguma contradição ou em algo do qual pudessem acusá-lo, ou seja, sempre estavam ali para tentar arrumar ou armar alguma cilada contra Ele. Como sempre, no meio da multidão há todo tipo de pessoas. No meio daquele povo, uma pessoa pergunta a Jesus se seriam poucos os que seriam salvos. Jesus responde que teriam que lutar para entrar, pois muitos tentariam e não conseguiriam, porque a Porta é estreita, ou seja, não se pode passar por ela com bagagem ou outra coisa qualquer, a única maneira é pela fé em Jesus Cristo. “Quando o pai de família se levantar e cerrar a porta, e começardes, de fora, a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois; Então começareis a dizer: Temos comido e bebido na tua presença, e tu tens ensinado nas nossas ruas.”(Lucas 13:25-26). Jesus então dá um exemplo e, ao mesmo tempo, fala abertamente que, depois que a Porta for encerrada, não adianta tentar se justificar de alguma maneira que nada resolverá. O Senhor nos mostra que não adianta falar em línguas, rodar, pular, ou fazer prodígios e sinais, porque sabemos que o diabo também faz sinais. Se não estivermos vivendo de acordo com os estatutos do Reino, se não estivermos vivendo de acordo com as ordenanças do Senhor, Ele simplesmente nos dirá: “afaste, pois não vos conheço”. As pessoas podem ter passado a maior parte do tempo na religião, frequentando templos ou fazendo longas orações, mas, se não estiverem vivendo de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, com certeza não entrarão pela Porta, o Senhor não as conhecerá. Por isso, se somos sábios, então não nos preocupamos em fazer nada para mostrar às pessoas, mas tudo fazemos para vivermos e nos adaptarmos ao Evangelho de Jesus Cristo. Temos que ser conscientes de que aqui somos peregrinos, estamos de passagem, e que tudo fazemos para alcançar a vida vindoura em Cristo Jesus. “E ele vos responderá: Digo-vos que não vos conheço nem sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniquidade. Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no Reino de Deus, e vós lançados fora.”(Lucas 13:27-28). Não importa o que tenhamos feito aqui se não vivemos segundo a sua vontade, e no dia Ele nos dirá que não nos conhece e ainda nos enviará para o lugar de sofrimento e tormento eterno. Temos que entender que não é o diabo que nos envia para o inferno, mas o próprio Senhor, porque o inferno é o lugar dos desobedientes, e do diabo ele é prisioneiro, e o único que tem as chaves de tudo é o Senhor. Vejo muitas pessoas nos púlpitos de templos e denominações fazendo um monte de coisas que acham ser o suficiente para entrar no Reino, e, paralelamente, cometem muitos erros e desobediências, e de maneira consciente, e mesmo assim acham que o Senhor não as punirá por causa de outras coisas que fazem achando que é o bem. Deus não se deixa enganar. “E virão do oriente, e do ocidente, e do norte, e do sul, e assentar-se-ão à mesa no Reino de Deus. E eis que derradeiros há que serão os primeiros; e primeiros há que serão os derradeiros.”(Lucas 13:29-30). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram