top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Para o Senhor



“Todos os servos que estão debaixo do jugo considerem seus senhores dignos de toda honra, para que o Nome de Deus e a Doutrina não sejam blasfemados. E os que têm senhores crentes não os desprezem, porque são irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que se utilizam do seu bom serviço, são crentes e amados. Ensina estas coisas.” (1 Timóteo 6:1-2)

Todas as pessoas que se identificam como cristãs, ou que se auto intitulam seguidoras de Cristo, devem ser realmente cristãs vinte quatro horas por dia, não somente nas ações, e sim, principalmente, nos pensamentos. Um exemplo muito comum no meio denominado evangélico é o de pessoas que se dizem crentes, mas são péssimas funcionárias, são preguiçosas, não fazem um trabalho decente, além de sempre terem uma desculpa para não trabalhar. Elas deveriam entender que o funcionário, não importa qual posição que ocupe, pode ser um simples trabalho de serviços gerais, ou um alto executivo, também não faz diferença se é empresa privada, pública, ou se presta serviço para uma pessoa física, também não importa a religião ou a fé do empregador, o que importa é que houve um acordo para a prestação de serviço, e temos que compreender que, quando aceitamos trabalhar para alguém, estamos vendendo o nosso trabalho, nosso tempo, consequentemente, o nosso patrão está comprando, pagando pelo nosso tempo, e se somos honestos, se somos cristãos, entregamos o que vendemos. Ensinaram a nós que tudo o que fazemos deve ser feito como fosse diretamente para o Senhor, portanto, devemos sempre apresentar o nosso melhor. Se o nosso patrão, chefe, for uma pessoa má, se nos criticam, ou se os nossos colegas de trabalho fazem críticas pela maneira como trabalhamos, se estivermos fazendo certo como se fosse para o Senhor, demos Glórias a Deus. Quem procura defeito no patrão alegando qualquer coisa ou o salário ser baixo está errando, porque, se não estiver de acordo, deve pedir demissão e ir em busca do que lhe agrada. O que não pode é agir de maneira desonesta. Se os nossos patrões, chefes, forem crentes, temos ainda mais motivo para sermos fiéis, porque são pessoas que também trabalham para o Reino. Devemos, sempre, em tudo que fizermos, trabalharmos como se fosse para o Senhor, para que o seu Nome seja Glorificado, e não difamado.

“Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, injúrias, suspeitas maliciosas, disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro; e, de fato, é grande fonte de lucro a piedade com o contentamento.” (1 Timóteo 6:3-6). As pessoas gostam de alegar que trabalham de má vontade, ou que enrolam no trabalho porque ganham pouco, mas para nós, crentes de verdade, a nossa prioridade é servir o Senhor, e não nos preocuparmos com bens materiais, não nos voltarmos para juntar bens aqui, uma vez que sabemos que aqui não é a nossa casa. Temos que tomar muito cuidado, porque não devemos em hipótese alguma supervalorizar o dinheiro ou quaisquer bens materiais, porque aqui o que vier em nossas mãos é para usarmos, e dedicarmos todo o nosso tempo a juntar tesouro no céu, onde não há traça e nem ladrões. Em todas as confusões, guerras, mortes, sempre estão envolvidas as questões financeiras, como o poder, o dinheiro, basta vermos, quando alguém de posse falece, a família se envolve em brigas e discórdias por causa de partilhas, por algo que não trabalharam para obter. Todo o mal vem através do dinheiro, porque sabemos que é um deus, mamom, e ele domina sobre todos os materialistas, os carnais, os mundanos, e se somos de Cristo, esse deus não tem poder sobre nós, uma vez que sabemos que o dinheiro nada vale, pois nada levaremos daqui. Assim, o que vem em nossas mãos usamos em nós mesmos e para ajudar o próximo. Nosso tesouro está em Jesus, então devemos praticar o Evangelho, viver Jesus, pois é o tesouro que teremos por toda a eternidade. “Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos de aqui levar; tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:7-8).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino




22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


bottom of page