top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Obediência




“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é o nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou, ama também ao que Dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos; porque tudo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num. Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou - Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê, mentiroso o fez; porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.” (1 João 5:1-10)

      

        É necessário as pessoas terem a compreensão de que o amor de Deus se resume em obediência, não adianta falarmos que o amamos se não lhe obedecemos. Veja que temos o maior exemplo em Jesus, que veio ao mundo em obediência ao Pai e sofreu tudo, e mesmo sabendo por antecedência o que iria sofrer, perseverou até o fim, e foi o Cordeiro mudo. Portanto, devemos entender que tudo se resume em obediência, e não somente em orações ou ida a templos, nem mesmo fazer votos, participar de campanhas, ou dar boas ofertas, pois nada disso salva alguém. Devemos ser realistas e aceitar que ser cristão, amar Deus não é fácil, é difícil e complicado, mas, se estivermos em Cristo, se o amamos, então vivemos em obediência a Ele e mortificamos a nossa carne. A nossa vontade, os nossos desejos nada valem, o que importa é somente Jesus. O nosso Senhor, nosso Senhor Jesus, que é a Palavra, veio em carne e sangue, veio como qualquer ser humano e passou por todos os tipos de batalhas, e saiu vitorioso, e Ele tem as testemunhas que estão no Céu, que são Deus Pai, o Espírito Santo e a Palavra, que é Ele mesmo. Para podermos falar que somos cristãos, devemos concordar com Ele e vivermos em conformidade com os seus preceitos, caso contrário, seremos mentirosos e queremos também fazer o mesmo com Ele.

           “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a Vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a Vida. Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no Nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna. E esta é a confiança que temos Nele, que se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, Ele nos ouve. e, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que já alcançamos as coisas que lhe temos pedido. Se alguém vir seu irmão cometer um pecado que não é para morte, pedirá, e Deus lhe dará a vida para aqueles que não pecam para a morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. Toda injustiça é pecado; e há pecado que não é para a morte.” (1 João 5:11-17). Em resumo, Deus nos deu a vida eterna, isto porque Ele nos deu Jesus, e para que possamos ter vida eterna, temos que ter Jesus, e para termos Jesus, é necessário concordar com Ele, viver em obediência a Ele, caso contrário, somos simplesmente mentirosos. Portanto, se o conhecemos, se vivermos segundo a sua vontade, então, com certeza, sabemos o que podemos pedir, e tendo esse conhecimento, o que pedirmos nós receberemos, pois só fazemos pedidos de acordo com a sua vontade, e a Palavra se cumpre em nós, pois Ele é a própria Palavra. Assim, não seremos simplesmente religiosos, mas seguidores de Cristo, portanto, sabemos   para quem devemos orar. Há pessoas para as quais não devemos orar, porque estão pecando deliberadamente, e elas não serão perdoadas. Quando alguém está de maneira deliberada pecando, errando, quando sabe que Deus não aceita tal ato, não adianta orarmos por ela, porque não será perdoada, e o lugar que lhe resta é somente o sofrimento eterno.  Por esse motivo é necessário conhecermos bem o Senhor para vivermos segundo a sua Palavra, e quando nos dirigirmos a Ele em oração, sabemos que seremos ouvidos e atendidos. Quando a pessoa conhece a verdade, sabe quem é o Senhor, e mesmo assim resolve viver na prática do pecado, nada poderá salvá-la, não existe oração que possa fazê-la  se arrepender, pois já está morta espiritualmente. “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive pecando; antes o guarda aquele que nasceu de Deus, e o Maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no maligno. Sabemos também que já veio o Filho de Deus, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro; e nós estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna. Filhinhos, guardai-vos dos ídolos.” (1 João 5:18-21).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page