top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Novo céu, e uma nova terra



“E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado sobre o Trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da Fonte da Água da Vida. Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.” (Apocalipse 21:1-8)

 

A Promessa do Senhor é esta vida nova, vida abundante, plena, em que não existirá mais sofrimento ou quaisquer espécies de dor e sofrimento, porque já teremos passado pela morte, ou já tivemos nossos corpos transformados e seremos semelhantes a anjos; não que seremos anjos, mas semelhantes, portanto, não teremos qualquer espécie de sentimentos, não reconheceremos parentes ou amigos, seremos todos adoradores de Deus, com ausência total de sentimentos e emoção, que é o principal causador de sofrimentos. Não existirão mais choro, lágrimas, tristezas, somente paz e alegrias por toda a eternidade, mas isso será somente para quem conseguir alcançar vida no Senhor, somente quem beber da Água da vida diretamente na Fonte, que é Jesus Cristo, e isso tem que ser feito agora, não é depois. Nós aceitamos passar por lutas e aflições aqui exatamente porque sabemos que somente vivendo afastados, apartados do mundo conseguiremos alcançar vida em Cristo. Se vivermos da maneira que o mundo pede, sugere, com certeza iremos para o lago que arde com fogo e enxofre. Temos que entender que esta é a realidade para todos, não é uma simples historinha, mas a realidade do nosso futuro: ou teremos paz ou tormento eternamente. Todos os que vivem na prática do pecado, ou que o aceitam e com ele concordam vão padecer. Por isto sempre alerto sobre nos calarmos diante do erro, do pecado, por medo de ofender, magoar ou chatear as pessoas, quem não podemos magoar é Cristo. Todos os covardes, os que se acovardam diante do erro, os que se calam irão passar toda a eternidade no lago que arde com fogo e enxofre, e não terão mais oportunidade de clamar misericórdia, porque não mais teremos o Advogado, somente o Juízo.

          “E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro. E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a Santa Jerusalém, que de Deus descia do céu. E tinha a Glória de Deus; e a sua luz era semelhante a uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal resplandecente.” (Apocalipse 21:9-11). Temos que ter a compreensão de que fomos chamados para sermos a noiva do Cordeiro, e como o Cordeiro é Santo, nós devemos também ser santos, portanto, temos que viver em santidade aqui e agora. Somos chamados para sermos o corpo de Cristo cuja Cabeça é Ele, portanto, se a Cabeça é Santa, todo o corpo tem que ser santo, se não for, não  faz parte do corpo Dele. Existe uma cidade para ser habitada, o Senhor veio,  sofreu e morreu para nos preparar lugar, e já preparou. Então,  o passaporte, o visto para entrarmos nessa cidade é santidade, assim, sabemos o que nos espera se estivermos vivendo de acordo com a vontade do Senhor. Nessa cidade, que é a Nova Jerusalém, a nossa casa, se formos realmente seguidores de Cristo, é um lugar maravilhoso de alegria e paz, cuja única lei é adorar o Senhor, Aquele que era, que é e que será sempre. “E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. Do lado do levante tinha três portas, do lado do norte, três portas, do lado do sul, três portas, do lado do poente, três portas. E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.” (Apocalipse 21:12-14).

 

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

Que Deus os abençoe.

 Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page