• Pr. Henrique Lino da Silva

Notificação

“Também vos notifico, irmãos, o Evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão.” (1 Coríntios 15:1-2)

Constantemente estamos levando a mensagem de Cristo a todos de inúmeras maneiras, mas não com bajulação ou querendo agradar as pessoas, e sim com o único objetivo de agradar a Cristo. Por isso o Evangelho que pregamos é o Evangelho de Jesus Cristo, e por tal motivo estamos sempre falando de santificação, estamos exortando para que as pessoas se arrependam e se rendam ao Senhor. Não ficamos falando de bênçãos, falamos da Promessa de vida eterna, falamos do Caminho que é Jesus e como devemos proceder para segui-lo. Todas as pessoas que aceitarem esse Evangelho, se se mantiverem Nele, com certeza serão salvas, pois esse é o Evangelho do Reino. Mas se não aceitam esse Evangelho, se não concordam, se acham difícil e pensam de forma diferente, com certeza estão desperdiçando a sua religião, a sua fé, porque não alcançarão a salvação. Os muitos evangelhos pregados, ensinados em vários templos, apesar de citarem o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), não conduzem à vida, pois estão preocupados com o momento atual, com bênçãos imediatas, estão querendo trazer conforto aqui. São evangelhos que engrandecem o homem, e não a Deus, e esses que os aceitam e o praticam estão longe do Senhor, são meramente religiosos. “Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (1 Coríntios 15:3-4). Temos que falar da Verdade Única, que Jesus, o Filho de Deus, se revestiu de carne e veio ao mundo. Ele que é o Verbo, a Palavra, estava no mundo e veio para ocupar o nosso lugar, para sofrer e morrer em nosso lugar, dando oportunidade a todos os que o reconhecerem como o Filho de Deus de serem salvos, digo reconhecer porque quem o reconhece lhe obedece, pratica a sua Palavra. Assim falamos da Bíblia, pois é isso que está nela, e não procuramos acrescentar ou tirar nada para agradar a quem quer que seja, por isto sabemos que Cristo morreu para que pudéssemos alcançar salvação, e não luxo, conforto ou realizações aqui, e é isso que pregamos. “E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.” (1 Coríntios 15:5-6). Nós falamos de fatos, e não de uma lenda, ou de algo abstrato. São fatos comprovados por todos os que creem e pelos que não creem. Sabemos que Jesus veio, e temos muitas testemunhas de que Ele veio, sofreu, foi humilhado, crucificado e morreu na cruz do Calvário, e depois seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ficou sob vigilância dos guardas. Ao terceiro dia Ele ressuscitou e apareceu várias vezes, para ser mais preciso, foram treze vezes, no período de quarenta dias, a várias pessoas e em situações diferentes. Quando Jesus apareceu ressurreto, ou seja, em corpo glorificado, Ele várias vezes fez questão de mostrar isto, pois se alimentou, comeu peixes, mel, pão, junto com os discípulos, e houve uma situação em que mandou tocarem Nele para se certificarem de seus ferimentos nas mãos, para que tivessem certeza de que era Ele. Jesus fez questão de provar que não era um fantasma, que estava em um corpo glorificado, e todos os que forem salvos Nele terão um corpo semelhante. Para que não houvesse dúvidas, certa feita Ele apareceu para mais de quinhentas pessoas de uma só vez, isto para que houvesse testemunhas. Também apareceu para os discípulos e deu mandamentos, ordenanças a todos. Não ficamos sabendo em nenhuma dessas vezes de Ele aparecer para falar de bênçãos, de coisas materiais aqui, de riquezas e prosperidades, não ficamos sabendo de Ele dizer a seus seguidores que iriam reinar aqui, mas sempre ao contrário, pois dizia que teríamos lutas e perseguições aqui. “Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo.”(1 Coríntios 15:7-8). Jesus apareceu depois de ressurreto, e todas as suas aparições tinham um motivo específico. Quando Ele apareceu a Tiago, seu meio-irmão, foi para o trazer para Ele, pois Tiago só se converteu após a sua morte e ressurreição. Quando apareceu por último a Paulo, foi para convocá-lo para a missão de ser um pregador, um divulgador do Evangelho. Paulo foi o último dos apóstolos, pois foi o último a ver Jesus. Sabemos pela Escrituras que apóstolo é somente quem viu Jesus, e todo o resto é falso, por isso sabemos que no nosso tempo não existe mais apóstolo. “Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois que persegui a igreja de Deus.” (1 Coríntios 15:9). Paulo atendeu ao chamado, à convocação do Senhor, abandonou a religião e se rendeu aos pés do Senhor, transformando-se em um dos maiores pregadores do Evangelho de Jesus Cristo. Por isto nós também convocamos em Nome do Nosso Senhor Jesus Cristo que todos se rendam ao Senhor, ao Evangelho de Jesus Cristo, e abandonem os falsos evangelhos ensinados em templos denominados evangélicos, católicos, espíritas. “Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a Graça de Deus, que está comigo. Então, ou seja eu ou sejam eles, assim pregamos e assim haveis crido.”(1 Coríntios 15:10-11). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram