top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Não aceitaram



“Em Cristo digo a verdade, não minto (dando-me testemunho a minha consciência no Espírito Santo): Que tenho grande tristeza e contínua dor no meu coração. Porque eu mesmo poderia desejar ser anátema de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes segundo a carne; Que são israelitas, dos quais é a adoção de filhos, e a glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas; Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém. Não que a Palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas; Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência. Porque a Palavra da Promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho. E não somente esta, mas também Rebeca, quando concebeu de um, de Isaque, nosso pai; Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), Foi-lhe dito a ela: O maior servirá ao menor.” (Romanos 9:1-12)

       O apóstolo Paulo fala que ele mesmo poderia desejar ser maldito, amaldiçoado por causa dos seus irmãos carnais, isto é, por causa dos israelitas, dos judeus, pois a Palavra veio para eles, tudo se iniciou através deles, mas eles a rejeitaram, não aceitaram a salvação de nosso Senhor Jesus Cristo. Infelizmente, os judeus rejeitaram Jesus, e por isto, de maneira deliberada, rejeitaram a salvação, assim sabemos que todos os que não  se convertem a Cristo irão padecer por toda a eternidade. Paulo fala da tristeza que ele sentia de saber que os seus parentes, seus conterrâneos, os israelitas, não seriam salvos por não aceitarem Jesus como o Messias, o Salvador. O mundo se iniciou ali, no cristianismo, mas eles rejeitaram, perseguiram e prenderam Cristo e até hoje continuam perseguindo Jesus e idolatrando Moisés e Davi, que mostravam, apontavam e falavam da vinda de Jesus. Assim, apesar de citarem os nomes desses dois, nem mesmo eles ouvem Davi e Moisés, pois, se tal fosse, eles compreenderiam que Jesus é o Único Caminho. Vejo os evangélicos defenderem Israel como um povo que será salvo, mas não é essa a Verdade, pois, como eles não aceitaram, então não poderão ser salvos exatamente por causa da rejeição deles. Jesus veio “Estava Ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio Dele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu Nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus”. (João 1:14-16).

         “Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú. Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma. Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece. Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu Poder, e para que o meu Nome seja anunciado em toda a terra. Logo, pois, compadece-se de quem quer, e endurece a quem quer. Dir-me-ás então: Por que se queixa Ele ainda? Porquanto, quem tem resistido à sua vontade? Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?” (Romanos 9:13-21). O mundo denominado cristão, evangélico, não aceita falar que os de Israel não serão salvos, mas nós não podemos pautar as nossas decisões, falas, em emoções, e sim na Palavra de Deus, isso se realmente formos servos, seguidores de Cristo. Temos que falar da sua Palavra, temos que simplesmente ensinar, repetir o que Ele disse. Com certeza absoluta, assim como Paulo, todos os cristãos desejariam que todos os Israelitas, os judeus fossem salvos, mas, infelizmente, eles não aceitam, não permitem que Jesus os salve, uma vez que querem ser salvos por quem não tem condições de salvar ninguém: Moisés. Então, muitos podem tentar argumentar dizendo que, se os israelitas não forem salvos, é porque Deus falhou, mas basta observamos a Palavra do Senhor que entenderemos que é simplesmente a Palavra se cumprindo. E mais: jamais poderemos questionar as decisões do Senhor, pois Ele é soberano e Bom, e tudo o que Ele faz é perfeito, mas nós somos ingratos e arrogantes, e por isto rejeitamos a salvação. Os que não se humilharem diante do Senhor irão padecer irreversivelmente. “E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu Poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; Para que também desse a conhecer as riquezas da sua Glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, Os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?”(Romanos 9:22-24).

Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page