top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Moldar a nossa natureza a Cristo





“Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a Palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da Verdade. Mas, se ainda o nosso Evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a Luz do Evangelho da Glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da Glória de Deus, na face de Jesus Cristo. Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do Poder seja de Deus, e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos; E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal.” (2 Coríntios 4:1-11)

       Depois que conhecemos a Verdade do Evangelho, que é Cristo Jesus, procuramos viver em santidade e sempre nos desviar de tudo o que é contrário à Palavra de Deus. Mas isso não quer dizer que somos melhores do que as outras pessoas, ao contrário, é porque descobrimos que somos piores, que somos pecadores e rebeldes, portanto, estamos tentando moldar a nossa natureza a Cristo. Sabemos que todo o Poder vem do Senhor, e como necessitamos de vida, então temos que nos achegar a Ele, mesmo sabendo que a nossa origem é o pecado, sabemos que viemos da terra, que somos vasos de barro, sujeito às fraquezas, mas lutamos, combatemos diariamente para não cedermos, não cairmos. Por esse motivo procuramos viver a Verdade e não permitimos mentiras, prostituição ou outros tipos quaisquer de rebeldia à Palavra de Deus, porque batalhamos para alcançar a salvação, e assim sabemos e esperamos todos os tipos de lutas aqui, pois reconhecemos que estamos em guerra.

         “De maneira que em nós opera a morte, mas em vós a vida. E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos. Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco. Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para Glória de Deus. (2 Coríntios 4:12-15). Não somos enganados e nem enganamos ninguém. Atualmente é muito comum falarem de um evangelho ou de evangelhos diferentes, os quais dizem que ser cristão é viver aqui desfrutando de tudo do bom e do melhor, que não podemos passar por qualquer espécie de lutas. Mas nós aprendemos com Jesus, por isto sabemos que aqui o que nos espera são lutas e batalhas, são perseguições, discriminações, mas nós sabemos para onde vamos e o que queremos. Jesus não prometeu vida boa aqui, e sim, ao contrário, lutas, pois este mundo está morto no diabo, e se temos vida em nós, a morte nos ataca o tempo todo, mas sabemos que somos vencedores em Cristo Jesus. Por esse motivo, não desanimemos, ao contrário, perseveremos, pois sabemos qual é a nossa recompensa. “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” (2 Coríntios 4:16-18).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino 

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page