• Pr. Henrique Lino da Silva

Milagres e salvação

“Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem, e todos passaram pelo mar. E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar, E todos comeram de uma mesma comida espiritual,E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo.” (1 Coríntios 10:1-4)

Deus tirou os hebreus do Egito, onde eram escravos, e com mão poderosa os guiou pelo deserto até Canaã, a terra prometida. Mas aqueles que saíram do Egito, nenhum deles entrou e não viu a promessa se cumprir em suas vidas, exceto Josué e Calebe. Eles viram todos os tipos de milagres acontecerem, viram as dez pragas do Egito acontecerem, viram o Mar Vermelho se abrir diante deles, e no deserto recebiam diariamente alimento enviado por Deus diretamente do Céu. Viram a água, saindo da Rocha, que eles bebiam e matavam a sua sede. Essa Rocha era Jesus. Todos esses hebreus experimentaram o cuidado de Deus, pois eles viram que nem mesmo as suas roupas estragavam. As pessoas têm que entender que receber milagres, bênçãos não é sinônimo de aprovação de conduta, não é ter a salvação garantida. Muitas pessoas acham que, por terem recebido uma bênção, ou terem sido alvo de um grande milagre de Deus, isso significa que Deus as ama e que podem fazer qualquer coisa que elas têm a salvação garantida. Mas não é essa a verdade, porque temos exemplos nesse povo, nesses hebreus, porque nunca existiu um povo que viu acontecerem tantos e tão grandiosos milagres em suas vidas, e eles todos, exceto dois, foram condenados a não entrar na promessa do Senhor. “Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto.” (1 Coríntios 10:5). Temos que compreender que foi o Senhor quem matou no deserto todos eles, porque a Bíblia nos diz isso. Portanto, sabemos que recebermos os cuidados, a proteção do Senhor, não quer dizer que estejamos fazendo o que é certo, porque os hebreus, apesar de estarem debaixo da nuvem que os protegia, do sol escaldante do deserto e da luz que iluminava e aquecia o acampamento à noite, eles foram derrotados, mortos, isto porque viviam em idolatrias outras, em plena desobediência aos preceitos do Senhor. “E estas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram.” (1 Coríntios 10:6). Tudo isso aconteceu para nós ficarmos sabendo e termos como exemplo, para termos ensinamentos e não praticarmos os mesmos atos. A Bíblia nos deixa exemplos para que possamos aprender e não cometermos os mesmos erros. A história de Israel serve para compreendermos o que acontece e aconteceu com as pessoas que obedeceram e com as que desobedeceram ao Senhor. Tendo esse conhecimento, sabemos que não podemos viver em erro, em desobediência, pois receberemos o mais duro castigo: enfrentaremos a morte eterna. Os que obedeceram, os que amaram e respeitaram o Senhor foram vencedores, como Josué e Calebe, que herdaram a terra prometida, se apossaram da herança, enquanto nem mesmo Moisés teve o privilégio de entrar na promessa, porque ele se deixou dominar por emoções. “Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar. E não nos forniquemos, como alguns deles fizeram; e caíram num dia vinte e três mil. E não tentemos a Cristo, como alguns deles também tentaram, e pereceram pelas serpentes. E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor.”(1 Coríntios 10:7-10). No deserto, os hebreus cometerem todos os tipos de pecados, inclusive fizeram o maior bacanal a céu aberto, quando Moisés estava no monte falando com Deus. Esse povo cometeu todos os tipos de idolatria, pois, mesmo vivendo debaixo de milagres, eles foram adorar e idolatrar outras coisas, chegaram a fazer um bezerro de ouro para ser motivo de sua adoração. Esse povo tinha toda a proteção do Senhor, nem mesmo comida eles tinham que fazer alguma coisa para conseguir, uma vez que o Senhor enviava-lhes todas as noites, mas mesmo assim eles murmuravam, reclamavam e sempre queriam mais, por isso eles foram mortos no deserto pelo Senhor. Mas isto não quer dizer que o Senhor falhou, que a sua promessa não se cumpriu, porque o Senhor guiou os descendentes, os filhos, os que nasceram no deserto para a promessa. Entre outras coisas, devemos observar se não vivemos resmungando, reclamando, murmurando, pois podemos estar pecando contra o Senhor. Podemos até estar no deserto, mas, mesmo no deserto, devemos ver o cuidado do Senhor conosco. Temos que nos observar para vermos se não estamos idolatrando algo, ou alguma pessoa, enfim, devemos vigiar para não estarmos pecando contra o Senhor, para que não venhamos enfrentar a morte. “Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos. Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar. Portanto, meus amados, fugi da idolatria.”(1 Coríntios 10:11-14). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram