top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

JESUS FALANDO NO TEMPLO



“E, falando Jesus, dizia, ensinando no templo: Como dizem os escribas que o Cristo é filho de Davi?” (Marcos 12:35)

          Os religiosos, os praticantes de uma lei que não conhecem profundamente são os que mais erram e criam heresias, que são difundidas como sendo a Palavra de Deus. Por não conhecerem como deveriam a Palavra de Deus, os escribas, os que tinham a obrigação, o ofício de transcrever as Escrituras – uma vez que naquela época não existia máquina de tipografia e muito menos xerox -, eles ficavam transcrevendo a lei e sobre os profetas, mas não meditavam a respeito de tudo o que estava escrito, ou do que estavam escrevendo. Prova tal que eles difundiam e afirmavam que Jesus era filho de Davi, e, apesar de anos, séculos terem se passado, muitas pessoas, pregadores ainda ensinam, afirmam isso. Jesus combatia as heresias, os falsos entendimentos, a religiosidade, e por esse motivo, no templo, quando estava ensinando, pregando, Ele pergunta o que os escribas diziam sobre Ele ser filho de Davi. Eu sempre faço questão de ressaltar que Jesus se dedicava a ensinar o Evangelho, se dedicava a pregar a Palavra de Deus, não como muitos pensam que Ele veio somente para abençoar, curar e fazer milagres. Ele veio e começou o seu Ministério terreno foi pregando, ensinando, e agora no templo Ele traz mais um ensinamento com essa pergunta. Quem eles dizem que Ele é, porque, se falarem que é Filho de Davi, então as Escrituras estão se chocando, porque elas afirmam que Ele é Filho de Deus. Sabemos que a Palavra de Deus não se contradiz, mas, na própria escritura, vimos pessoas afirmarem, chamarem-no de filho de Davi, assim como foi o caso de um cego que ficou gritando para que Ele tivesse piedade dele e o curasse. Mas o seu chamamento foi exatamente chamando-o de filho de Davi. Não somente este, na verdade, quase todos os judeus assim pensavam e pensam até hoje. Os judeus até hoje se referem a Jesus como filho de Davi, mas devemos entender que isso não é possível, porque o mesmo Davi se referia a Ele como o Filho de Deus. Davi, profetizando em seus salmos, em nenhum momento se refere ao Salvador, ao Messias como seu filho, e também não sabemos de nenhum dos profetas chamarem, afirmarem que Jesus seria filho de Davi. Hoje vemos, ouvimos várias citações que se dizem bíblicas sem o serem, e também falam frases dizendo que foram ditas por Jesus ou por Deus, só que elas não se encontram na Bíblia. As pessoas afirmam muitas coisas, tais como          “não cai uma folha se não for a vontade de Deus”, ou “Deus escreve certo por linhas tortas”, e “o cair é do homem, mas o levantar é de Deus”, essas e mais um monte de citações que não existem na Bíblia.

 “O próprio Davi disse pelo Espírito Santo: O Senhor disse ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita Até que eu ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés. Pois, se Davi mesmo lhe chama Senhor, como é logo seu filho? E a grande multidão o ouvia de boa vontade.” (Marcos 12:36-37). Jesus então explica, questiona como Davi, sendo usado por Deus, chama Jesus de Senhor, e não é hábito em lugar algum os pais chamarem os filhos de Senhor, e sim os filhos chamarem os pais de Senhor. Davi, sendo usado por Deus em revelação, refere-se a Jesus como o Senhor, então como ele poderia ser pai de Cristo? Não há como Jesus ser filho de Davi se o conhecemos como o Filho de Deus. Portanto, devemos atentar para o que falamos ou ensinamos, porque podemos ser mentirosos, podemos estar difundindo heresias. Jesus só tem e teve um Pai, que é Deus, e Maria foi usada por Deus para que Jesus tivesse um nascimento, um surgimento humano, porque, para vencer, Ele tinha que vir na carne e suportar todas as fraquezas que o ser humano suporta. Jesus foi vencedor exatamente nisso, porque venceu sendo humano e mostrou que todos nós podemos vencer se estivermos Nele. Temos que ser inteligentes, temos que buscar entender, compreender a Palavra de Deus, e não ficarmos simplesmente aceitando o que nos falam. Temos que aprender a pesquisar, afinal, temos a nossa Bíblia, que não é para enfeite, mas para ser usada. Basta analisar que Maria ficou grávida pelo Espírito Santo, e não por José, apesar de este ser da linhagem de Davi, mas ele não teve nenhuma participação no nascimento de Jesus. Portanto, não podemos falar nem mesmo que Ele é descendente de Davi, uma vez que José nada teve a ver com o nascimento da criança Jesus, portanto, sabemos pela Escritura, pela Palavra de Deus, que Jesus é somente Filho de Deus. Veja que o próprio Jesus ensinou isto no templo. Ele mostrou a contradição dos escribas ao afirmarem que Ele era filho de Davi, mas sabemos que o nosso Mestre é Filho de Deus. Temos que saber que Davi foi um grande homem, extremamente abençoado por Deus, foi um homem que foi usado por Deus para guiar os hebreus, para libertá-los do jugo dos adversários, mas ele era somente um ser humano. Falamos é de Jesus, o Rei dos reis, aquele que é Deus, e, consequentemente, Filho de Deus, para isto que devemos atentar. “E, ensinando-os, dizia-lhes: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas, e das saudações nas praças, E das primeiras cadeiras nas sinagogas, e dos primeiros assentos nas ceias; que devoram as casas das viúvas, e isso com pretexto de largas orações. Estes receberão mais grave condenação.” (Marcos 12:38-40).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

 Pr. Henrique Lino

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page