• Pr. Henrique Lino da Silva

Guerras e pelejas

“De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?” (Tiago 4:1)

Todos nós deveríamos pensar o porquê de termos tantos problemas, tantas lutas, tantos sofrimentos, deveríamos analisar o porquê de tudo isso. Especialmente os cristãos, que dizem conhecer o Senhor, são os que deveriam conhecer mais do Evangelho, pelo menos em tese, uma vez que a maioria dos que se dizem evangélicos carregam as suas Bíblias. As nossas lutas são provocadas por nós mesmos; se estamos atolados em dívidas, é porque compramos mais do que deveríamos, fizemos contas sem ter com o que pagar, ou contamos com o que ainda não tínhamos em mãos. Se estamos passando por lutas em nossos casamentos, é porque nós não agimos como deveríamos, não tratamos os nossos cônjuges como deveríamos, como o Senhor determina, porque a separação, a destruição de um lar nunca é por causa de uma só pessoa, mas dos dois. Se temos problemas de saúde, é porque não cuidamos dos nossos corpos como deveríamos, nos alimentamos mal, não fazemos exercícios, nos expomos a climas e situações várias. Se temos problemas psicológicos, é porque arrumamos tantos problemas que eles acabam tirando o nosso sono, nos deixando preocupados. Por esse motivo não dormimos direito, temos insônia, e às vezes passamos por síndrome do pânico, por depressão, e tudo por causa de problemas que nós mesmos procuramos. Um abismo chama outro, um problema conduz a outros, assim sucessivamente, e perdemos a paz, isto porque não ouvimos o Senhor. “Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis.” (Tiago 4:2). As pessoas fazem comparações com as vidas de outras, querem ter o que os outros têm, desejam muitas vezes ser superiores, ter algo melhor, e muitos trabalham mais de doze horas por dia para ganhar mais, para adquirir bens, para ter conforto e luxo. Pensando no futuro, querem se aposentar bem, querem na velhice ter fartura, mas nem mesmo sabem se vão ficar idosos. Fazem planos e se esmeram em cumpri-los, pois desejam ter, obter, mas muitos são os que se dedicam a vida toda à busca de dinheiro e se esquecem de cuidar da família, da saúde, de si mesmos. Guardam os seus dinheiros e não se permitem gastar com eles mesmos, porque querem economizar, e por tal motivo sempre estão trazendo problemas e guerras para si mesmos e para os outros também. “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” (Tiago 4:3). Os que se dizem cristãos vão aos templos, a suas congregações, para fazerem pedidos que na verdade são contrários à Palavra de Deus, isso porque não meditam no Evangelho, que diz que o Senhor não tem compromisso com coisas materiais. Portanto, pedem bênçãos essas e aquelas, e nunca as recebem, porque os pedidos apresentados são contrários à Palavra de Deus. Na verdade eles estão pecando em fazê-los. Como pregadores espertalhões é o que não falta, eles ensinam as pessoas a tentarem negociar com Deus, a tentarem comprar as suas bênçãos, porque é exatamente isso o que esses pregadores desejam. As pessoas participam de votos, de desafios e de campanhas, tudo para tentarem se dar bem, para conseguirem obter lucros e realizações, prova tal que basta observamos os templos dos pregadores de prosperidade que veremos uma multidão levando ofertas e mais ofertas, e querendo que o Senhor as multiplique. Assim, as pessoas fazem pedidos e mais pedidos e nunca são atendidas, porque estão pedindo errado. “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” (Tiago 4:4). Adúlteros e adúlteras é do que o Senhor os chama. Temos que entender que a palavra adúltero não se enquadra somente na questão de traição entre marido e mulher, mas sim em tudo aquilo que é adulterado, falsificado, e todos esses estão adulterando a Palavra de Deus. Não podemos esquecer que o compromisso do Senhor conosco, a Promessa, é de vida eterna, vida em abundância, vida eterna, e não uma vida feliz e rica aqui, mesmo porque esse mundo já está morto no diabo, porque o príncipe deste mundo não é Jesus. Quando estamos amando o mundo e o que ele oferece, estamos longe do Senhor, e por isto não tem lógica pedir ao Senhor que nos dê conforto, bens, riquezas, ou coisas materiais, porque Ele não prometeu isso. Muito pelo contrário, o Senhor deixou claro que aqui teríamos lutas, passaríamos por aflições, por todas as espécies de lutas, mas, se perseverássemos, alcançaríamos a vitória Nele. Todos os que vivem no mundo, para o mundo tentando desfrutar do melhor deste mundo são vistos, considerados pelo Senhor como inimigos, adversários. “Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes? Antes, Ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (Tiago 4:5-6). O Espírito Santo, que é o Espírito de Deus, tem ciúmes de nós e não divide a Glória Dele com ninguém, portanto, exige fidelidade se estivermos citando o seu Nome (que é Santo para sempre Amém), mas se não estivermos vivendo segundo a sua vontade, somos considerados seus inimigos. Por isso devemos aprender a nos entregar totalmente ao Senhor, abandonar as coisas do mundo e nos humilhar diante do Senhor, pois no momento certo Ele nos exaltará. “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e Ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e Ele vos exaltará.”(Tiago 4:7-10). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram