top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Fortalecido pelo Espírito



“Jesus, pois, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão; e era levado pelo Espírito no deserto, durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. E naqueles dias não comeu coisa alguma; e terminados eles, teve fome.” (Lucas 4:1-2)

Jesus Cristo, após ser batizado no Rio Jordão por João Batista, foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto exatamente para ser tentado pelo diabo. Jesus estava como homem, como um ser humano comum, como qualquer um de nós, por tal motivo, estava sujeito às mesmas tentações que qualquer um de nós. Apesar de Ele não ter pecado, Deus Pai autorizou, permitiu que o diabo o tentasse, para que Ele pudesse se fortalecer e mostrar a sua obediência, fé, confiança. Devemos também entender que muitas vezes nós somos conduzidos ao deserto não por falha nossa, mas para sermos capacitados, tratados pelo Pai. Nenhum ministério começa na vida de qualquer pessoa sem ela primeiro passar pelo deserto. Jesus ficou quarenta dias no deserto sendo tentado pelo diabo, e durante todo esse tempo não se alimentou de nada, estava somente vivendo fortalecido pelo Espírito. Devemos entender que, quando os ataques do diabo estão mais acirrados é que devemos fazer jejum, porque essa é a função do jejum: quebrar, enfraquecer a nossa carne, enquanto nos fortalecemos espiritualmente, porque, para resistirmos a todas as setas, ataques do nosso adversário, temos que estar fortes espiritualmente, e essa força não se manifesta porque falamos alto, gritamos, cantamos ou oramos fortemente, mas porque nos mantemos na Palavra como Jesus fez. “Disse-lhe então o Diabo: Se tu és Filho de Deus, manda a esta pedra que se torne em pão. Jesus, porém, lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem.” (Lucas 4:3-4). O diabo sempre irá nos tentar de acordo com a vontade da nossa carne. Veja que ele esperou Jesus estar com bastante fome, para dar uma sugestão a Ele de agir com as suas próprias mãos, e se Jesus tivesse dado ouvido a ele, com certeza teria sido derrotado, assim como Adão foi no Paraíso. Mas Jesus respondeu na Palavra e não se deixou ser influenciado pela sugestão do diabo. Assim é o diabo, que continua dando sugestões para as pessoas agirem com as suas próprias mãos, não esperarem no Senhor, ou ajudarem o Senhor, e por isto elas estão fracassando. São pessoas que não conseguem confiar seus casamentos, seus cônjuges nas mãos do Senhor, mas querem fazer alguma coisa para ajudar.

“Então o Diabo, levando-o a um lugar elevado, mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo. E disse-lhe: Dar-te-ei toda a autoridade e glória destes reinos, porque me foi entregue, e a dou a quem eu quiser; se tu, me adorares, será toda tua. Respondeu-lhe Jesus: Está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele servirás. Então o levou a Jerusalém e o colocou sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito, que te guardem;. e eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.” (Lucas 4:5-11). O diabo então mostra tudo o que o mundo oferece de luxo, de fartura, toda a glória do mundo, tudo o que a maioria dos seres humanos busca, e deixa bem claro que ele poderia dar para quem ele quisesse, pois Deus tinha dado a ele. Mas Jesus rejeitou, e na Palavra. Hoje em dia o diabo não precisa oferecer nada para as pessoas, pois elas é que estão atrás do diabo pedindo prosperidade; dedicam suas vidas a ganhar dinheiro, a obter coisas, e o diabo as escraviza aqui e depois por toda a eternidade. Os falsos pastores, os falsos pregadores oferecem todos os tipos de prosperidade em seus templos, mas, apesar de citarem o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), eles estão a serviço do reino das trevas. É engano as pessoas acharem que Deus está preocupado com que elas tenham riquezas e bens aqui, pois esse tipo de prosperidade quem dá é o diabo. O diabo conhece a Palavra muito mais do que qualquer ser humano, a diferença é que ele não é praticante, ele não obedece, por isto ele é o diabo. Agora vemos que ele, usando a Palavra de Deus, tenta Jesus, o que, claro, também foi rejeitado pelo Senhor, sempre na Palavra. As pessoas hoje aceitam essa sugestão do diabo, pois fazem todos os tipos de loucura dizendo ser do Senhor e que Ele os protegerá, só que são derrotados, pois não podemos tentar o nosso Deus. “Respondeu-lhe Jesus: Dito está: Não tentarás o Senhor teu Deus. Assim, tendo o Diabo acabado toda sorte de tentação, retirou-se Dele até ocasião oportuna.” (Lucas 4:12-13).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page