top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Fortalecer na Graça



“Tu, pois, meu filho, fortifica-te na Graça que há em Cristo Jesus; e o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.” (2 Timoteo 2:1-2)

O apóstolo Paulo, dando instruções para o jovem pastor Timóteo, orienta-o a permanecer, a se fortalecer na Graça que existe em Jesus Cristo. Paulo tinha pregado sobre Jesus, e outras pessoas também. Timoteo tinha ouvido, e nesse momento o apóstolo faz questão de trazer à sua memória, para que ele não esqueça e assim viva de acordo com o seu chamado. A missão que Paulo encarrega a Timóteo é penosa e difícil, pois escolher homens para serem pastores, para estarem à frente de igrejas, congregações ensinando o Evangelho de Jesus Cristo não era e não é fácil, porque são muitos os que querem o cargo, a posição, mas são poucos os capacitados, os que têm chamados, os que irão agir com responsabilidades. São muitos os que se autointitulam pastores e se dizem capazes, habilitados a ensinar, a cuidar de ovelhas, mas, na verdade, estão preocupados em cuidarem de si mesmos, e de maneira errada, porque não fazem o que o Senhor manda, ao contrário, são carnais e estão simplesmente preocupados com a lã das ovelhas. Portanto, devemos tomar muito cuidado em ungir alguém a pastor, convidar alguém para pastorear, porque nem todos são fiéis ao Senhor, e a nossa base é Cristo, não só para os pastores, mas para todas as pessoas. “Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.” (2 Timoteo 2:3-4). Temos que compreender que ser pastor, receber o chamado de pastor é viver, dedicar a sua existência, sua vida, seu tempo integralmente a estar a serviço do Reino. São poucos os pastores legítimos que conhecemos, porque a sua maioria estão envolvidos com coisas deste mundo, muitos têm empresas, negócios fora, e não raro muitos têm um trabalho secular, porque querem viver de forma luxuosa, confortável, não querem se contentar com o Maná que o Senhor nos dá. O pastor é sustentado, alimentado e cuidado pela igreja, não terá luxo, mas o necessário para ele e a sua família viverem. Vários pastores dessas igrejas modernas criam campanhas, vivem pedindo ofertas, mandando as ovelhas fazerem votos para que eles tenham cada vez mais.

“E também se um atleta lutar nos jogos públicos, não será coroado se não lutar legitimamente. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo.” (2 Timóteo 2:5-7). Assim como os soldados, quando estão em missão, estão lutando, eles estão em local, em um país combatendo, eles não se envolvem em nenhuma questão local, ou seja, eles não compram nada, não investem, somente fazem o que foram designados a fazer. Portanto, sabemos que, se nós também somos soldados de Cristo, fomos convocados para liderar o seu rebanho, também não podemos nos envolver com quaisquer coisas. Assim como o soldado recebe a sua ração, alimento do quartel, nós também somos alimentados pelo Senhor, não temos que fazer outra coisa qualquer. Assim também um esportista, se não treinar, se capacitar, em uma corrida, por exemplo, se não correr de acordo com o regulamento, será desclassificado. Temos que entender que tudo tem normas, há leis que devem ser seguidas, e, se não forem, receberemos as devidas punições. No caso de desobediência ao Senhor, as consequências são morte, sofrimento, derrota eterna. Assim também como um lavrador, um agricultor é o primeiro a desfrutar das suas colheitas, a se alimentar do fruto do seu trabalho, nós também somos alimentados, sustentados pelo Senhor. Temos que nos contentar com o que o Senhor nos dá e não ficarmos buscando nos envolver, ou desfrutar de coisas aqui, pois assim estaremos em desobediência, e o preço a pagar é muito alto. Não podemos aceitar sermos pastores por causa de títulos, ou por interesses financeiros, mas sim por amarmos as ovelhas do Senhor, e também saber que devemos viver em obediência e dedicar tempo integral ao pastoreio. “Lembra-te de Jesus Cristo, ressurgido dentre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho, pelo qual sofro a ponto de ser preso como malfeitor; mas a Palavra de Deus não está presa. Por isso, tudo suporto por amor dos eleitos, para que também eles alcancem a salvação que há em Cristo Jesus com Glória eterna.” (2 Timoteo 2:8-10).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

filhinhos

Comments


bottom of page