top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Fomos perdoados



“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado. Para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus.” (Romanos 8:1-8)

Não importa o que fizemos no passado, ou quanto pecadores fomos, se nos arrependermos e confessarmos a Deus, pedirmos perdão a Deus em Nome do Senhor Jesus, então não existem mais pecados, pois fomos perdoados, e o Senhor não se lembrará mais dos nossos pecados. Todas as pessoas que abandonam o pecado, o erro, a rebeldia e se humilham na presença do Senhor são perdoadas e são novas criaturas. Todas as pessoas que resolvem viver segundo o Espírito, ou seja, direcionados pelo Espírito de Deus, e não mais segundo a vontade da carne, são novas criaturas refeitas em Cristo. Por isto não há mais condenação, não há mais a sentença de morte sobre a vida delas, porque são novas pessoas em Cristo, e quando somos novas pessoas em Cristo, não mais vivemos de forma emocional, nós vivemos segundo o Espírito. A antiga lei não tinha condições de nos libertar do pecado, mas Jesus veio e nos libertou, e assim todas as pessoas que decidem viver segundo as suas diretrizes são novas criaturas e se encaminham para a salvação, para viverem eternamente ao seu lado, se perseverarem até o fim.

“Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele. Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai!” (Romanos 8:9-15). As pessoas que estão em Cristo, ou seja, vivem segundo os preceitos estabelecidos pelo Senhor, não mais estão na carne, e assim têm o Espírito Santo, mas, se não vivem o Evangelho de Jesus Cristo, que é o próprio Jesus, então não pertencem a Ele. Mas todos os que têm o Espírito Santo – e isso avaliamos não através de emoções, arrepios ou por enrolar a língua, gritar dançar, mas pela obediência aos preceitos Dele. Então, se têm o Espírito, têm vida, porque, se têm fé, sabem que Deus Pai ressuscitou o seu Filho depois que Ele tinha falecido na cruz do calvário, e também nos ressuscitará, pois temos o seu Espírito, que faz habitação em nós. Assim, devemos não a carne, mas ao Espírito, pois é Ele que nos dará vida, desta maneira sabemos que não podemos viver para agradar a nossa carne, fazer as nossas vontades, nosso querer, mas vivermos para agradar o Senhor nosso Deus, que deu a vida por cada um de nós. A nossa carne, a nossa vontade nos conduz para a morte, portanto, não sejamos emocionais, e sim espirituais, pois emoção é terrena, o espírito é do alto, é do Senhor. “O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com Ele padecemos, para que também com Ele sejamos glorificados. Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus.” (Romanos 8;16-19).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page