top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Foi obediente até a morte




“Porque eu desci do Céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E a vontade do que me enviou é esta: Que eu não perca nenhum de todos aqueles que me deu, mas que eu o ressuscite no último dia. Porquanto esta é a vontade de meu Pai: Que todo aquele que vê o Filho e crê Nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Murmuravam, pois, Dele os judeus, porque dissera: Eu Sou o Pão que desceu do Céu; e perguntavam: Não é Jesus, o filho de José, cujo pai e mãe nós conhecemos? Como, pois, diz agora: Desci do céu? Respondeu-lhes Jesus: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim. Não que alguém tenha visto o Pai, senão aquele que é vindo de Deus; só Ele tem visto o Pai. Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê tem a vida eterna. Eu Sou o Pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Este é o Pão que desce do Céu, para que o que dele comer não morra. Eu Sou o Pão vivo que desceu do Céu; se alguém comer deste Pão, viverá para sempre; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne.” (João 6:38-51)

       Jesus veio ao mundo em obediência a Deus Pai e foi vencedor, pois foi obediente até a morte, e morte em cruz. Sabendo o que aconteceria antecipadamente, perseverou até o final. Jesus deixou a sua Divindade e se revestiu de carne, e como ser humano comum cumpriu a missão designada por Deus, e não perdeu nenhuma das pessoas que Deus   enviou a Ele, o único que se perdeu foi Judas Iscariotes, mas também já tinha vindo para esse fim.  Ainda hoje todos que vêm ao Senhor, que são enviados por Deus, nenhum se perde. Por isso, sabemos que os que não permanecem na sã doutrina são pessoas que vieram, mas não foram enviadas por Deus. Todas as pessoas que são enviadas por Deus sabem que o seu alimento é Jesus, é o Evangelho, e não aceitam outro alimento, portanto, serão ressuscitadas no último dia e viverão por toda a eternidade com o Senhor. Ninguém pode vir a Jesus se não for enviado por Deus, por isto vemos tantos religiosos, tantos pecadores contumazes dizendo-se cristãos, evangélicos. Só os que são enviados por Deus é que amam se alimentar da carne de Cristo, todo o restante não o entende, não o compreende, e por isto o abandona.

         “Disputavam, pois, os judeus entre si, dizendo: Como pode este dar-nos a sua carne a comer? Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu Sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. Este é o Pão que desceu do Céu; não é como o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este Pão viverá para sempre. Estas coisas falou Jesus quando ensinava na sinagoga em Cafarnaum. Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Mas, sabendo Jesus em si mesmo que murmuravam disto os seus discípulos, disse-lhes: Isto vos escandaliza? Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O Espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são Espírito e são Vida.” (João 6:52-63). Assim como os religiosos da época, os fariseus e saduceus não entenderam, não compreenderam e não aceitaram a Palavra de Jesus, recusaram-se a se alimentar do único alimento que nos conduz para a vida. Da mesma maneira os religiosos desta geração também agem, pois não querem o Pão da vida, querem o pão deste mundo, pois estão comprometidos com as coisas deste mundo. Os que não foram enviados pelo Pai não se alimentam do Evangelho, não querem a carne de Jesus, o que buscam é o alimento mundano, são prosperidades, bênçãos, realizações e prazeres aqui, e não querem de forma alguma pegar a cruz e seguir após Jesus. Temos que entender que a nossa carne para nada serve a não ser para nós, como espíritos, a submetermos a Cristo, ao Espírito de Deus, mas só quem entende isso são os que foram chamados, os que querem se alimentar do Pão que desceu do Céu. “Mas há alguns de vós que não creem. Pois Jesus sabia, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E continuou: Por isso vos disse que ninguém pode vir a mim, se pelo Pai lhe não for concedido. Por causa disso muitos dos seus discípulos voltaram para trás e não andaram mais com Ele. Perguntou então Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós já temos crido e bem sabemos que tu és o Santo de Deus. Respondeu-lhes Jesus: Não vos escolhi a vós os doze? Contudo um de vós é o diabo. Referia-se a Judas, filho de Simão Iscariotes; porque era ele o que o havia de entregar, sendo um dos doze.” (João 6:64-71).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

 

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page