top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Firmes no Senhor



“Portanto, meus amados e saudosos irmãos, minha alegria e coroa, permanecei assim firmes no Senhor, amados. Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor. E peço também a ti, meu verdadeiro companheiro, que as ajudes, porque trabalharam comigo no Evangelho, e com Clemente, e com os outros meus cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida. Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor.” (Filipenses 4:1-5)

Essa recomendação de Paulo para a igreja, para os irmãos em Filipos, é uma advertência que serve para todos nós que somos comprometidos com o Senhor. Temos que permanecer firmes no Senhor, não fraquejarmos, não desanimarmos, por causa de lutas, tribulações que surjam em nossas vidas. Mas devemos sempre e todo o tempo agirmos como cristãos, isto é, sem nos importar com as coisas daqui, sempre estarmos olhando para o alto onde o nosso Mestre está sentado à direita do Pai. Nós, os que estamos mais firmes, temos a obrigação de ajudarmos os irmãos que são mais fracos na fé, temos que, se necessário, pegar as suas mãos e conduzi-los, pois o Senhor faz isto conosco, então façamos o mesmo com os nossos pares. Não é pelo fato de estarmos mais firmes, ou termos um crescimento maior, uma fé mais firme no Senhor, que demonstra que somos melhores, isso só serve para mostrar o Amor e a Misericórdia de Deus sobre as nossas vidas. Como pessoas convertidas a Cristo, como pessoas que conhecem o Senhor e que experimentam o Amor de Deus, temos que viver em constante alegria, sempre em regozijo, pois como poderíamos falar do Amor de Deus e das suas maravilhas se vivemos tristes, amargurados, nos lamentando? Seria contraditório. E as pessoas não iriam querer viver em Cristo, pois se nós, que falamos que o amamos e o conhecemos, vivemos em tristezas e amarguras, então é melhor elas permanecerem como estão no mundo. Portanto, ao nos entregarmos a Cristo, devemos aprender a desfrutar da sua alegria e saber que estamos caminhando para a vida eterna, para a salvação, para o Paraiso, onde passaremos por toda a eternidade. Busquemos a alegria no Senhor, e assim estaremos mostrando Cristo, estaremos evangelizando.

“Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”(Filipenses 4:6-8). Temos que aprender a nos dominar, a controlar nossas emoções, nossas carnes, ou vontade carnal, não podemos viver de acordo com a lógica e entendimento humano. Por isto, tenhamos paciência, que, inclusive, é um fruto (assim no singular) do Espírito, e não tenhamos pressa, confiemos no Senhor, creiamos Nele, sabendo que nada virá antes da hora, ou chegará atrasado, porque tudo só acontece na hora estabelecida, determinada pelo Senhor. A ansiedade só demonstra a nossa carnalidade, porque, se confiamos no Senhor e nos dominamos, é porque sabemos que todas as respostas, todas as dádivas vêm do alto. Mas o que precisamos, desejamos, temos de apresentar ao Senhor, temos de orar e entregar em suas mãos sabendo que é Ele quem rege todas as coisas, e se estivermos vivendo em conformidade com a sua Palavra, acontecerá no momento já determinado pelo Senhor. A nossa pressa, nossa ansiedade em nada nos ajuda, só serve para trazer desgastes e abalo emocional e psicológico, portanto, devemos evitá-la, porque os ansiosos estão agindo contrários à Palavra de Cristo, e com essa ação demonstram total falta de fé Nele. Devemos todo o tempo ocupar as nossas mentes com as coisas do alto, e tudo o que fizermos devemos analisar de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, é com isso que devemos ocupar a nossa mente. “O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco. Ora, muito me regozijo no Senhor por terdes finalmente renovado o vosso cuidado para comigo; do qual na verdade andáveis lembrados, mas vos faltava oportunidade.” (Filipenses 4:9-10).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino




19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page