top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Fermento dos fariseus



“Ajuntando-se, entretanto, muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou Jesus a dizer primeiro aos seus discípulos: Acautelai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Mas nada há encoberto, que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser conhecido. Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falaste ao ouvido no gabinete, dos eirados será apregoado. Digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo, e depois disso nada mais podem fazer. Mas eu vos mostrarei a quem é que deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, digo, a esse temei. Não se vendem cinco passarinhos por dois asses? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. Mas até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois mais valeis vós do que muitos passarinhos. E digo-vos que todo aquele que me confessar diante dos homens, também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus; mas quem me negar diante dos homens, será negado diante dos anjos de Deus. E a todo aquele que proferir uma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado.” (Lucas 12:1-10)

Jesus estava sempre aproveitando a oportunidade quando ajuntavam muitas pessoas para o ouvir, aí então Ele os evangelizava, ensinava o Evangelho. Diante da multidão, Jesus está dizendo para as pessoas tomarem cuidado com o fermento dos religiosos, que é o ensino deles, porque, infelizmente, as pessoas vão em busca de tudo o que tem aparência de santidade sem investigar primeiro se de fato é assim, e muitos acabam presos nesse laço. Não existe nada que não há de ser descoberto, e à luz do Evangelho vemos as heresias, as religiões que nada mais são do que seitas, as quais, apesar de terem aparência de praticar e ensinar sobre Deus e Jesus, na verdade ensinam contra. Quando estamos frequentando lugares onde citam qualquer coisa, mas não ensinam sobre Jesus, que não fundamentam as suas pregações em santidade, que não mostram o resultado das desobediências e a vontade da carne, esses lugares nada mais são do que o passaporte para o inferno. As pessoas, os pregadores, as religiões que não agem assim são inimigas de Cristo.

“Quando, pois, vos levarem às sinagogas, aos magistrados e às autoridades, não estejais solícitos de como ou do que haveis de responder, nem do que haveis de dizer. Porque o Espírito Santo vos ensinará na mesma hora o que deveis dizer. Disse-lhe alguém dentre a multidão: Mestre, dize a meu irmão que reparte comigo a herança. Mas ele lhe respondeu: Homem, quem me constituiu a mim juiz ou repartidor entre vós?” (Lucas 12:11-14). Não devemos ter medo de nada, digo absolutamente nada, a não ser de Cristo, pois nada pode nos acontecer sem a vontade ou permissão Dele. Não temos que ficar preocupados em nos enriquecer, em ganhar dinheiro sempre mais e mais, porque nada levaremos deste mundo, digo coisas materiais, dinheiro, propriedades, veículos, títulos, tudo ficará aqui, pois são coisas daqui. O que temos que fazer é viver segundo os preceitos do Senhor, pois assim estaremos reunindo riquezas para a vida eterna. Jesus não está preocupado com a herança material de ninguém, não está comprometido em dar dinheiro ou riquezas às pessoas, mesmo porque são incompatíveis com o Reino de Deus. Jesus veio para nos dar vida em abundância, mas não é aqui, porque por aqui somente peregrinamos. Devemos aprender a nos contentar em termos um teto sobre a nossa cabeça e alimento para comermos, e isto o Senhor nos dá, e não ficarmos perdendo tempo em busca do que só nos afasta do Senhor. As religiões, as seitas que vivem ensinando que o Senhor vai dar riquezas e prosperidade financeira, econômica às pessoas, estão simplesmente enganando-as, pois estão pregando contra Cristo, uma vez que Ele deixou claro que dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus. Assim, constantemente devemos atentar sobre a denominação, congregação que estamos frequentando, se realmente ensina sobre Cristo, sobre a Palavra Dele, ou se está falando de maneira sorrateira contra Ele. Não podemos esquecer que, se estamos frequentando esses lugares, se estamos participando das suas reuniões, é porque concordamos, e se concordamos com ensinos e pessoas que falam contra o Evangelho, é porque nós também pensamos e concordamos, assim também somos inimigos de Deus, e os inimigos Dele serão todos destruídos. “E disse ao povo: Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui. Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância; e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens; e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te. Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. E disse aos seus discípulos: Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, nem quanto ao corpo, pelo que haveis de vestir. Pois a vida é mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário.” (Lucas 12:15-23).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page