top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Farão as mesmas obras



“Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai; e tudo quanto pedirdes em meu Nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu Nome, eu a farei. Se me amardes, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. a saber, o Espírito da Verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque Ele habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós. Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós.” (João 14:12-20)

       Jesus afirma que  todos os que creem Nele farão as mesmas obras, sinais, milagres que Ele fazia, e ainda farão muito mais, porque Ele iria para o Pai. Jesus já foi para o Pai e, portanto, quem realmente crê Nele pode e deve fazer os mesmos sinais e ainda muito mais, pois Ele, Jesus, está no Pai, e todos  os que fazem milagres no Nome Dele  não estão fazendo nada por si mesmos, é Ele, Jesus, quem está fazendo. Agora que Jesus está no Pai, ainda força e poder maior Ele tem, pois recebeu  toda autoridade no céu, na terra e embaixo da terra, portanto, Ele é o Senhor sobre tudo e todos. Assim, se crermos Nele, faremos grandes obras, grandes milagres e sinais no Nome Dele, porque, na verdade, somos somente instrumentos em suas mãos, quem tudo faz é Ele. Ainda diz que, se pedirmos alguma coisa no Nome Dele, Ele fará para que o Pai seja Glorificado através do Filho. Portanto, tudo é Ele, e se cremos Nele, sabemos o que podemos pedir, e não pediremos nada que seja contrário a sua vontade, e como pedimos somente o que está de acordo com Ele, então seremos atendidos. Por isso, há necessidade de conhecê-lo bem, para que assim possamos ter uma intimidade maior com Ele, até mesmo saber o que pedir em orações, para não o ofender com os nossos pedidos carnais e emotivos. Ele prometeu não nos deixar sós, e cumpriu, pois nos deu o seu Espírito. Mas, para o termos, para recebermos, é necessário obedecer aos seus mandamentos, a suas ordenanças, caso contrário, nada teremos.

         “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. Perguntou-lhe Judas (não o Iscariotes): O que houve, Senhor, que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo? Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha Palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada. Quem não me ama, não guarda as minhas palavras; ora, a Palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai que me enviou. Estas coisas vos tenho falado, estando ainda convosco. Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu Nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.” (João 14:21-26). Jesus faz questão de deixar claro que,  para amá-lo, é necessário obedecer-lhe, portanto,  conhecemos as pessoas que realmente amam o Senhor pela sua obediência a sua Palavra. Assim, entendemos que, se cremos, obedecemos a Ele, pois é impossível obedecer ao que não cremos, portanto, ao vermos uma pessoa que vive em obediência à Palavra do Senhor, sabemos que ela crê Nele e que o ama, portanto, sabemos que aquela pessoa pode interceder, orar por nós, e sabemos que o Senhor a ouve. Veja que um discípulo de Jesus, ainda sem entender, pergunta o porquê de Ele se manifestar a eles e não ao mundo, pois ainda não tinha entendido, compreendido o que Jesus estava falando. Jesus estava dizendo que só se manifestaria aos que obedecessem a sua Palavra. Vemos que Jesus não floreou a resposta em nada, foi direto e tornou a repetir que as pessoas que o amavam viviam na sua Palavra. Também disse de maneira clara que os desobedientes, todas as pessoas que não lhe obedecem é porque não o amam. Assim, sabemos que não é por ir a templos denominacionais, congregações, igrejas todos os dias, ou por cantar muito, ou orar, nem por fazer muito jejum que a pessoas demonstra amor a Ele. A nossa DEMONSTRAÇÃO DE AMOR PARA COM Cristo é quando o seguimos, quando vivemos a sua Palavra, quando só fazemos o que Ele disse para fazermos, e quando não permitimos nem mesmo pensar no que Ele disse não. Podemos, além de termos poder de realizar grandes milagres no Nome Dele, pedir o que sabemos que Ele irá nos atender, temos a segurança de saber que somos ouvidos por Ele. “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu. Eu vo-lo disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós creiais. Já não falarei muito convosco, porque vem o príncipe deste mundo, e ele nada tem em mim; mas, assim como o Pai me ordenou, assim mesmo faço, para que o mundo saiba que eu amo o Pai. Levantai-vos, vamo-nos daqui.” (João 14:27-31).

Leiam pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page