top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Extremamente organizado




“Quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos. E, se alguém vos disser alguma coisa, respondei: O Senhor precisa deles; e logo os enviará. Ora, isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Dizei à filha de Sião: Eis que aí te vem o teu Rei, manso e montado em um jumento, em um jumentinho, cria de animal de carga. Indo, pois, os discípulos e fazendo como Jesus lhes ordenara, trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram os seus mantos, e Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu os seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de Davi! bendito o que vem em Nome do Senhor! Hosana nas alturas! Ao entrar Ele em Jerusalém, agitou-se a cidade toda e perguntava: Quem é este? E as multidões respondiam: Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia.” (Mateus 21:1-11)

       Jesus tudo fez para se cumprir o que Deus já lhe tinha revelado anteriormente, através dos seus profetas, o que aconteceria, e aqui Ele já tinha deixado preparado o jumentinho para montar, e por isso mandou dois discípulos buscarem o animal juntamente com a sua cria para Ele montar e assim adentrar Jerusalém como estava escrito. Muitas pessoas entendem que Jesus simplesmente sabia que a jumenta estava ali por Ele ser Jesus, mas o fato é que Ele antecipadamente tinha deixado combinado isso com os seus donos, assim também como quando enviou discípulos ao encontro de um rapaz para lhe mostrarem onde seria o lugar para preparar a Ceia. Temos que compreender que Jesus era extremamente organizado, e por isso exige organização da nossa parte. Mas ninguém prestou atenção no fato de que Jesus montou em uma jumenta bravia e com cria, e ela não pulou ou fez qualquer coisa, o que com certeza é um milagre, pois sabemos que tentar montar jumenta que nunca foi montada e, principalmente, com cria é algo praticamente impossível. Também não atentam que as pessoas estavam idolatrando-o naquela hora, pois, por não meditarem, não conhecerem as Escrituras, achavam que Jesus iria assumir como rei de Israel, digo rei físico, para poder combater as guerras de Israel, uma vez que naquele momento Israel vivia dominada, subjugada por Roma, por César. Então eles estavam louvando-o, achando que Ele iria se levantar como rei de Israel, mas Jesus é o Rei dos reis, Senhor dos senhores para todo o sempre.

         “Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a fazeis covil de salteadores. E chegaram-se a Ele no templo cegos e coxos, e Ele os curou. Vendo, porém, os principais sacerdotes e os escribas as maravilhas que Ele fizera, e os meninos que clamavam no templo: Hosana ao Filho de Davi, indignaram-se e perguntaram-lhe: Ouves o que estes estão dizendo? Respondeu-lhes Jesus: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e de criancinhas de peito tiraste perfeito louvor? E deixando-os, saiu da cidade para Betânia, e ali passou a noite.” (Mateus 21:12-17). As pessoas entendem que ali estavam reconhecendo-o como o Filho de Deus, o Messias, mas não era isso, queriam Ele como rei, afinal, se Ele liderasse Israel, seria uma maravilha, pois faria muitos milagres. Mas, assim que Jesus entra em Jerusalém, se depara com o comércio no templo, então Ele expulsa os vendedores, os cambistas, e proíbe qualquer comércio no interior e até nas dependências do templo. Ainda hoje as pessoas querem alguém físico para adorar, para combater as suas guerras e para defendê-las, querem ser mimadas, protegidas, mas não querem crescer, assumir suas responsabilidades, e principalmente não querem ouvir Jesus e pegar as suas cruzes e o seguir. As pessoas não querem o Jesus Filho de Deus, querem um bonzinho, para fazer as suas vontades, para os mimar e assim terem tempo para continuar nos seus pecados. A bem da verdade, não querem salvação, querem desfrutar de prosperidade e sucesso aqui, e entendem que é a função de Jesus dar-lhes isso. Mas Jesus é o meu Rei e o de todos, portanto, simplesmente o seguimos em direção à vida eterna. “Ora, de manhã, ao voltar à cidade, teve fome; e, avistando uma figueira à beira do caminho, dela se aproximou, e não achou nela senão folhas somente; e disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti. E a figueira secou imediatamente. Quando os discípulos viram isso, perguntaram admirados: Como é que imediatamente secou a figueira? Jesus, porém, respondeu-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até, se a este monte disserdes: Ergue-te e lança-te no mar, isso será feito; e tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis.” ((Mateus 21:18-22).

 Leiam e pratiquem a Bíblia, mais especificamente o Novo Testamento.

 Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page