top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Espírito de covardia



“Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. Portanto não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa comigo dos sofrimentos do Evangelho segundo o poder de Deus, que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e a Graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos, e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual destruiu a morte, e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo Evangelho, do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre.” (2 Timóteo 1:7-11)

Temos que compreender que cristão não pode ser covarde, não pode ser medroso, porque seria contraditório alguém dizer que é servo do Senhor, que o conhece, e mesmo assim viver com medo. Quem é cristão, quem conhece Deus nada teme, a não ser o Senhor, pois sabe que nada poderá acontecer sem a vontade ou permissão do Senhor. Assim, com isso nos sentimos intrépidos ao falarmos do Evangelho abertamente sem nos preocupar com o que as pessoas pensam. Todos nós temos a obrigação de pregar e viver o Evangelho, pois através do nosso testemunho as pessoas se renderão a Cristo, portanto, temos que ser cristãos autênticos, ser cristãos em toda parte e local. Seja onde estivermos, todos têm que olhar e ver, saber que ali há um cristão, um seguidor de Jesus, e isto independentemente de eles gostarem ou não; podemos ser expulsos, ofendidos, criticados, porém sabemos que é esperado esse tipo de luta na vida dos cristãos, pois o nosso Mestre foi muito mais perseguido. É nosso dever sempre mostrar o que é pecado, e não concordar com ele, com medo de perder amizades, estima, ou não sermos mais convidados pelos amigos, parentes, ou sermos demitidos de um trabalho. Temos a obrigação de falar a verdade, e quem é da verdade nos apoiará. Nada tememos, pois, estando o Senhor ao nosso lado, o mundo inteiro pode se levantar contra nós que, mesmo assim, sabemos que seremos vencedores, pois maior é Deus que está conosco do que o inimigo que está no mundo.

“Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que Ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia. Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido na fé e no amor que há em Cristo Jesus; guarda o bom depósito com o auxílio do Espírito Santo, que habita em nós. Bem sabes isto, que me abandonaram todos os que estão na Ásia, entre eles Fígelo e Hermógenes.” (2 Timóteo 1:12-15). Como o próprio Senhor Jesus nos fala pela sua Palavra, todos podem nos abandonar, inclusive nossos pais, mas, se estivermos vivendo com o Senhor, Ele jamais nos abandonará. Uma mãe pode se esquecer de um filho que ainda esteja amamentando, mas Deus jamais se esquecerá de nós. O problema é que muitos, na hora do aperto, das lutas, negam o Senhor, pois têm medo, são covardes, e essa covardia os conduz à morte, pois estão longe, distantes de Deus. Devemos temer Deus, pois Ele pode nos matar e ainda lançar as nossas almas no inferno, mas o ser humano nada pode contra nós, e se está acontecendo algo conosco, é porque é desejo do Senhor, ou pelo menos Ele permitiu. Nada nem ninguém tem condições de fazer nada sem o conhecimento e consentimento do Senhor. Não podemos ter medo da solidão, de ficarmos sós, por não agradarmos as pessoas. Devemos nos consolar com o Senhor, com a nossa companhia sendo a Dele, temos tudo, assim todo o tempo procuramos ser o Evangelho, falar e ensinar, para que mais pessoas venham conhecer esse Deus Grandioso e Amoroso, que salva, liberta e cura. Portanto, sejamos sempre corajosos, intrépidos, e nunca olhemos para o mundo ou para as pessoas, olhemos para o Senhor, amemos o próximo, porque o Senhor nos mandou amar o próximo como a nós mesmos. Condenemos o pecado em todas as instâncias porque o Senhor o condenou na carne e morreu por ele. Assim, procuremos ser verdadeiros seguidores de Cristo, somos lâmpadas em um mundo em trevas e iluminamos, não há condições de passarmos despercebidos, somos sal, damos gosto, sabor, não é possível, sendo cristãos, passarmos desapercebidos. Tenham coragem, tenham fé em Deus e vivam o Evangelho. “O Senhor conceda misericórdia à casa de Onesíforo, porque muitas vezes ele me recreou, e não se envergonhou das minhas cadeias; antes quando veio a Roma, diligentemente me procurou e me achou. O Senhor lhe conceda que naquele dia ache misericórdia diante do Senhor. E quantos serviços prestou em Éfeso melhor o sabes tu.” (2Timoteo 1:16-18).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

filhinhos

Comentários


bottom of page