top of page
  • Foto do escritorPr. Henrique Lino da Silva

Escândalos



Disse Jesus a seus discípulos: É impossível que não venham tropeços, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequeninos. Tende cuidado de vós mesmos; se teu irmão pecar, repreende-o; e se ele se arrepender, perdoa-lhe. Mesmo se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; tu lhe perdoarás. Disseram então os apóstolos ao Senhor: Aumenta-nos a fé. Respondeu o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria. (Lucas 17:1-6)

Veja o que o Senhor Jesus nos, nos avisa que os tropeços viriam, como vemos tantos acontecerem constantemente, mas o que não podemos é ficar olhando para eles, mas devemos estar com os nossos olhos fixos no Senhor. A todos os momentos vemos falsos pregadores, falsos pastores, bispos, apóstolos, e pastoras como se isto existisse biblicamente, sabemos que apóstolos não existe mais, pois Paulo foi o ultimo deles, e pastoras nunca existiu e nem vai existir. Mas vemos estes e mais uma quantidade enorme de pessoas que se identificam como crentes, evangélicos, mas que vivem em praticas varias de pecados, e continuam indo a templos e praticando rituais, e se dizendo crer no Senhor. Não podemos olhar para estas pessoas e nem as terem como exemplos pois são as conhecidas pedras de tropeços, que Jesus diz que seriam melhor que elas morressem. Vemos os vários ensinos diferentes do Evangelho, exemplo é a questão do perdão, dizem que devemos perdoar a todos de maneira indiscriminadas, mas Jesus nos ensina que devemos perdoar quando a pessoa se arrepende e vem até nós pedindo perdão, então o perdoamos mesmos que ela faça isto setenta vezes sete. O que não podemos é perdoar alguém, que está em erro, e sem arrependimento, pois assim estaríamos concordando, com o erro dela, estaríamos apoiando e incentivando a continuarem no erro. Mas temos que entender que devemos amar e perdoar assim como Deus, e Ele para nos perdoar devemos nos arrepender e confessar os nossos pecados, caso contrario não teremos o seu perdão.

“Qual de vós, tendo um servo a lavrar ou a apascentar gado, lhe dirá, ao voltar ele do campo: chega-te já, e reclina-te à mesa? Não lhe dirá antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e serve-me, até que eu tenha comido e bebido, e depois comerás tu e beberás? Porventura agradecerá ao servo, porque este fez o que lhe foi mandado? Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis; fizemos somente o que devíamos fazer.” (Lucas 17:7-11) Mas para agirmos segundo as determinações do Senhor devemos ter fé e pratica-la, caso contrario seremos simplesmente mais um religioso, mais um hipócrita, mais um pertencente a este mundo dos evangélicos. Temos que ser cristãos, praticantes de Cristo, temos que colocar em pratica sua Palavra e não procurar viver de maneira emocional, carnal, temos que viver e andar em espirito. Nós não temos um deus bonzinho, pois este que se disfarça de bonzinho é o diabo, o nosso Deus, é sério, é Justiça, e a sua Palavra não muda, Ele age com rigor, se o obedecermos, vivermos Nele, então desfrutamos do seu Amor, caso contrário receberemos a sua ira, que se manifesta de várias formas. Temos que sempre estar exercitando a fé não só falando, pois, pela fé seremos salvos, pela fé faremos os montes se moverem, mas sem fé já estamos derrotados. Não basta orarmos, é necessário buscar conhecer cada vez mais do Senhor, para que possamos colocar em práticas suas ordenanças, porque nada adianta fazermos somente o que entendemos que devemos fazer, mas devemos procurar fazer sempre mais e mais, e para isto devemos buscar as orientações Dele, e as encontramos quando meditamos em sua Palavra. Porque se fizermos somente aquilo que achamos que sabemos, ou somente o que pregadores estão falando e ensinando, e não buscarmos aprender mais para fazer a vontade do Senhor, então somos servos inúteis. O filho procura sempre agradar o pai, temos exemplo em Jesus, e por isto foi e é vencedor, se queremos ser vencedores, devemos procurar imita-lo e agradar o nosso Pai sempre, pois caso contrario somos inúteis. “E aconteceu que, indo Ele a Jerusalém, passava pela divisa entre a Samária e a Galiléia. Ao entrar em certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, os quais pararam de longe, e levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem compaixão de nós! Ele, logo que os viu, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, enquanto iam, ficaram limpos. Um deles, vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças; e este era samaritano. Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.” (Lucas 17:11-19) Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço. Pr. Henrique Lino

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page