• Pr. Henrique Lino da Silva

Escândalos



“E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem!” (Lucas 17:1)

Jesus, conversando, ensinando, explicando o Reino aos seus discípulos, lhes avisa que é aguardado, normal e esperado que aconteçam escândalos. Por isto não nos assustemos quando virmos, ouvirmos, ou de alguma maneira tomarmos conhecimento de escândalos que acontecem no meio denominado gospel, evangélico. Quando vemos pessoas supostamente cristãs cometerem atos absurdos, descobrimos que, apesar de estarem frequentando templos, são verdadeiros pecadores e até mais do que as pessoas profanas, ou de outras religiões ou sem religião. Quando vemos os escândalos que pastores estão cometendo, sabemos que isso aconteceu e vai acontecer ainda muito mais, porque já estava previsto, afinal, o Senhor nos alertou. Pessoas que se diziam religiosas, tementes a Deus, cometem absurdos que sabemos ser totalmente contrários à Palavra de Deus, e com isto o Evangelho do Senhor é denegrido. Mas, como o Senhor disse, coitado de quem pratica esses atos, pois o castigo deles será terrível. Temos que compreender que o Senhor não vai impedir ninguém de fazer o que quer, o que deseja, que é atender à vontade do nosso adversário, porque as pessoas cometem erros de maneira consciente, e são muitos os que fazem o que não devem mesmo sabendo que não poderiam, sabendo que Deus condena. Tais pessoas preferem atender à vontade da sua carne, e depois dizem que o Senhor as perdoará. Só que não perceberam que existe uma coisa chamada pecado consciente, que é imperdoável. Se temos consciência de que não podemos fazer algo e mesmo assim fazemos, estamos indo deliberadamente contra a Palavra contra o Senhor; neste caso, se temos pleno conhecimento da verdade, não seremos mais perdoados. “Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos.” (Lucas 17:2). Esses que deliberadamente cometem erros fazem com que outras pessoas com a fé fraca os sigam e venham a cometer algo semelhante, e assim por seus atos se afastam do Senhor. Mas a reponsabilidade dessa alma cairá sobre quem induziu, deu esse péssimo exemplo, e então sofrerá um castigo tão duro que Jesus disse que seria melhor que essa pessoa nem mesmo tivesse nascido. Por isso devemos estar sempre alertas, devemos estar atentos e jamais nos deixar ser seduzidos pelos pecados, não permitir que o nosso adversário venha com as suas setas malignas nos induzindo ao erro, pois o preço a pagar é muito alto.

“Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe. E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe.” (Lucas 17:3-4). Devemos sempre nos examinar, temos que olhar por nós mesmos e para nós, isto é, nos examinar sempre, constantemente, para ver se não estamos praticando pecados, erros. Um dos maiores pecados, do qual muitos ainda não compreenderam a gravidade, é a questão do perdão, porque, se não conseguirmos perdoar as pessoas, também com certeza não seremos perdoados pelo nosso Pai que está nos céus. Assim, ficamos sabendo que não existe nada absolutamente que não possamos perdoar. Por mais grave que seja a ofensa, o dano causado a nós por alguém, sabemos que temos a obrigação de perdoar essa pessoa, se tivermos compromisso com a vida. Também temos que compreender que perdoar é algo que devemos fazer, e não adianta ficarmos pedindo a Deus que nos ajude a perdoar alguém, nós que devemos que lutar contra nós mesmos, contra nossa vontade, nosso querer, porque Jesus disse: “Perdoai os nosso inimigos e as ofensas”. Ele não disse que iria nos fazer perdoar, sabemos da nossa obrigação. Não é fácil perdoar, mas devemos perdoar quantas vezes forem necessárias, quantas vezes a pessoa vier até nós e pedir perdão, não importa se ela vier a errar novamente; se pedir perdão, devemos perdoar sem pestanejar. O que podemos fazer é perdoar, e se sabemos que aquela pessoa é uma pecadora contumaz e que sempre vai errar e nos ferir e depois virá pedir perdão, então perdoamos e nos afastamos dela, para que não tenha a oportunidade de errar, de pecar contra nós, assim estaremos livrando ela e nós mesmos. “Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé. E disse o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria.” (Lucas 17:5-6). Quando os discípulos de Jesus ouviram a explicação do Senhor sobre a nossa obrigação de perdoar sempre que a pessoa vir até nós pedir perdão, eles perceberam o quão difícil seria, e pediram ao Senhor que aumentasse a fé deles, pois somente com muita fé conseguiremos perdoar determinadas pessoas em determinadas situações. Assim também nós devemos aprender a colocar a nossa fé em ação e sempre perdoar. Se a nossa fé for pequena, então que peçamos ao Senhor, pois Ele nos dará mais e mais, se realmente estivermos convertidos Nele, buscando fazer o que é certo, se estivermos comprometidos com a salvação. “E qual de vós terá um servo a lavrar ou a apascentar gado, a quem, voltando ele do campo, diga: Chega-te, e assenta-te à mesa? E não lhe diga antes: Prepara-me a ceia, e cinge-te, e serve-me até que tenha comido e bebido, e depois comerás e beberás tu? Porventura dá graças ao tal servo, porque fez o que lhe foi mandado? Creio que não. Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer.” (Lucas 17:7-10).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

19 visualizações0 comentário

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram